Leite de soja: Quais são seus benefícios?

Leite de soja: Quais são seus benefícios?

Última atualização: 09 Março, 2019

O leite de soja é feito, obviamente, a partir da soja seca com água. Além disso, oferece um teor nutricional similar ao leite de vaca.

É uma boa opção e possui pouca gordura, além de ser excelente para pessoas que apresentam intolerância à lactose, vegetarianos e veganos.

Teor nutricional

Vitaminas e minerais

O leite de soja oferece vitaminas do grupo B, como a B2. 

Além disso, cada 250 ml apresenta 0,50 mg de vitamina D e aproximadamente 300 mg de cálcio.

Gorduras

Um copo de leite de soja contém 4 gramas de gordura, das quais apenas 0,5 gramas são gordura saturada. O leite também não possui gorduras trans, nem colesterol, sendo assim uma boa opção para uma dieta saudável.

Macronutrientes

Um copo de leite de soja com 250 ml proporciona 100 calorias, 8g de carboidratos e 7g de proteínas. Dessa forma, é comparável, em termos nutricionais, ao leite de vaca

Tofu e feijão de soja
Em termos nutricionais, o leite de soja pode ser comparado ao leite de vaca.

Benefícios do leite de soja para o organismo

– O leite de soja é uma alternativa saudável ao leite animal, já que é uma boa fonte de proteínas, contendo todos os aminoácidos essenciais, ácidos graxos, vitaminas, minerais e fitonutrientes.

– Não contém colesterol, ajudando dessa forma a reduzir os níveis de colesterol no sangue. Além disso,  contém uma quantidade insignificante de gordura saturada, o que o torna saudável pra o coração, bem como ajuda a reduzir o risco de incidência de doença arterial coronária.

– É uma alternativa saudável para pessoas que sofrem alergias ou intolerância a lactose ou a cafeína

– Além disso, é uma alternativa para pessoas com intolerância ao glúten.

leite de soja

Contraindicações

– Os produtos de soja contém isoflavonas, que podem interferir no funcionamento dos hormônios da tireoide, por isso, pessoas que apresentam problemas na tireoide não devem consumir esse tipo de leite.

– A soja pode ser um alergênico reativo para algumas pessoas que podem acabar por desenvolver reações anafiláticas. Então, corte o consumo caso apresente sintomas como urticária, inflamação na garganta, dificuldade para respirar e colapso circulatório.

– Pessoas que tomam constantemente grandes quantidades de produtos de soja, podem apresentar quatro vezes mais probabilidade de desenvolver problemas cognitivos, como de memória e aprendizagem.

– Caso você não esteja acostumado (a) a consumir produtos de soja, pode apresentar alguns problemas gastrointestinais, tais quais náuseas e prisão de ventre, problemas para conciliar o manter o sono e enxaqueca.

Pode interessar a você...
Por que consumir soja?
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Por que consumir soja?

Descubra os benefícios de consumir soja e entenda de que modo este alimento pode ajudá-lo a ter uma saúde melhor e prevenir doenças.



  • Tokede, O. A., Onabanjo, T. A., Yansane, A., Gaziano, J. M., & Djoussé, L. (2015). Soya products and serum lipids: A meta-Analysis of randomised controlled trials. British Journal of Nutrition114(6), 831–843. https://doi.org/10.1017/S0007114515002603
  • Kietsiriroje, N., Kwankaew, J., Kitpakornsanti, S., & Leelawattana, R. (2015). Effect of phytosterols and inulin-enriched soymilk on LDL-cholesterol in Thai subjects: A double-blinded randomized controlled trial. Lipids in Health and Disease14(1). https://doi.org/10.1186/s12944-015-0149-4
  • Isoflavone metabolites and their in vitro dual functions: they can act as an estrogenic agonist or antagonist depending on the estrogen concentration. Division of Endocrinology, Department of Internal Medicine, Cheil General Hospital and Women’s Healthcare Center, Sungkyunkwan University School of Medicine (2006) 1-19
  • Interaction of phytoestrogens with estrogen receptors alpha and beta. Department of Molecular and Cellular Biology, Faculty of Pharmaceutical Sciences, Kanazawa University, Ishikawa, Japan. 2001 Apr;24(4):351-6.
  • Taku, K., Melby, M. K., Kronenberg, F., Kurzer, M. S., & Messina, M. (2012). Extracted or synthesized soybean isoflavones reduce menopausal hot flash frequency and severity. Menopause: The Journal of The North American Menopause Society, 19(7), 776–790. https://doi.org/10.1097/gme.0b013e3182410159
  • Phytic acid changes in soybeans fermented by traditional inoculum and six strains of Rhizopus oligosporus. K.A. BUCKLE (1985)
    https://onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1111/j.1365-2672.1985.tb01709.x
  • Anti-thyroid isoflavones from soybean: isolation, characterization, and mechanisms of action. National Center for Toxicological Research, Jefferson, Arizona. 1997 Nov 15;54(10):1087-96.
  • Zheng X, Lee SK, Chun OK. Soy Isoflavones and Osteoporotic Bone Loss: A Review with an Emphasis on Modulation of Bone Remodeling. J Med Food. 2016;19(1):1–14. doi:10.1089/jmf.2015.0045
  • Chen, M., Rao, Y., Zheng, Y., Wei, S., Li, Y., Guo, T., & Yin, P. (2014). Association between soy isoflavone intake and breast cancer risk for pre- and post-menopausal women: A meta-analysis of epidemiological studies. PLoS ONE9(2). https://doi.org/10.1371/journal.pone.0089288
  • Hamilton-Reeves, J. M., Vazquez, G., Duval, S. J., Phipps, W. R., Kurzer, M. S., & Messina, M. J. (2010). Clinical studies show no effects of soy protein or isoflavones on reproductive hormones in men: Results of a meta-analysis. Fertility and Sterility94(3), 997–1007. https://doi.org/10.1016/j.fertnstert.2009.04.038