Cabelo suave e escuro com óleo de alecrim

· 5 de fevereiro de 2015
O óleo de alecrim fortalece o folículo piloso e previne a queda de cabelo. Por ser um óleo forte, recomenda-se misturá-lo com algum outro tipo de óleo ou azeite antes de aplicá-lo.

Uma das melhores alternativas para cuidar da saúde do cabelo e evitar o surgimento precoce de fios brancos é o óleo essencial de alecrim.

Assim, para conseguirmos um cabelo suave e de um tom escuro mais profundo, não é preciso gastar muito em  tratamentos químicos caros, que a longo prazo podem gerar efeitos prejudiciais ao cabelo.

O alecrim tem sido utilizado desde a antiguidade na gastronomia e também com diferentes finalidades medicinais.

Mas além de ser bom para a saúde, descobriu-se que é um bom aliado da beleza, já que possui propriedades que promovem a saúde do cabelo.

Além disso, lhe dão um brilho muito especial, evitam a queda e os incômodos fios brancos, que são um dos sinais de envelhecimento.

Por que o alecrim é bom para o cabelo?

O alecrim é um arbusto de origem mediterrânea. Conhecido por suas propriedades revitalizantes e antissépticas que estimulam as raízes do cabelo, evitando problemas como a queda e favorecendo seu crescimento.

O alecrim estimula a circulação sanguínea e graças a isto nosso cabelo parece saudável e sedoso. Além disso, demonstrou-se muito efetivo para escurecê-lo. Também ideal para realçar a cor dos cabelos castanhos ou negros, evitando assim o surgimento de fios brancos.

alecrim

As formas tradicionais de utilização do alecrim no cabelo são através de seu óleo essencial ou de sua infusão. A forma de aplicação é diferente e pode ser incluída em diferentes tratamentos para o cabelo.

Leia também: 5 tratamentos com aloe vera para fortalecer o cabelo

Como utilizar o óleo de alecrim no cabelo?

Os especialistas recomendam aplicar o óleo essencial de alecrim combinado com outro tipo de óleo, como por exemplo, de amêndoas, de oliva ou de coco.

Não é recomendado aplica-lo diretamente no cabelo porque é um óleo muito forte e pode causar efeitos adversos. Também pode ser adicionado ao xampu e/ou condicionador para aproveitar suas propriedades em cada lavagem.

Se você escolheu misturar o óleo essencial de alecrim com outro dos bons óleos para o cabelo, o ideal é espalha-lo bem por todo o couro cabeludo e a extensão do cabelo, fazendo massagens circulares suaves. Deixe atuar por 20 minutos e, em seguida, enxágue com água fria.

Tratamento para prevenir e reduzir a queda do cabelo

Caida-cabello

O óleo essencial de alecrim possui propriedades que ajudam a combater a excessiva queda de cabelo.

Seu uso estimula os folículos pilosos e previne o envelhecimento precoce.

Este tratamento combina todas as propriedades do alecrim para combater e prevenir a queda anormal de cabelo, além de ajudar a tratar problemas como a caspa.

Não deixe de ler: Mitos sobre a queda de cabelo

Ingredientes

  • 5 gotas de óleo essencial de alecrim
  • 2 ramos de alecrim seco
  • ¼ de azeite de oliva

Modo de Preparo

Primeiramente, esquente o azeite de oliva e misture com os ingredientes restantes em uma vasilha de vidro escuro.

Deixe a mistura repousar até o óleo ficar morno. Em seguida, aplique por todo o couro cabeludo e a extensão do cabelo, envolvendo uma toalha quente na cabeça.

Por fim, deixe o óleo atuar por meia hora e enxágue com água fria.

Tratamento para suavizar e escurecer o cabelo

Cabelo-charmoso-e-saudável

O alecrim é uma planta ideal para prevenir e combater o surgimento de fios brancos precoces, já que tem propriedades que ajudam a realçar as tonalidades escuras. Não é recomendado para cabelos claros, precisamente porque pode escurecê-los.

Ingredientes

  • 4 colheres de sopa de alecrim
  • 10 gotas de óleo essencial de alecrim
  • ½ litro de água

Modo de Preparo

Em uma panela ponha água para ferver e assim que estiver no ponto de ebulição adicione as quatro colheres de sopa de alecrim e as 10 gotas de óleo essencial.

Deixe no fogo baixo por 2 minutos, em seguida retire e deixe repousar até ficar morno.

Uma vez pronto, coe e utilize a água restante como último enxágue do cabelo. Após enxaguar o cabelo com esta água, penteie por uns 2 minutos e seque. O tratamento deve ser feito durante 5 dias seguidos e deve deixar o cabelo descansar por dois.

Contraindicações:

  • O óleo essencial de alecrim não deve ser utilizado durante a gravidez ou lactação, também não é recomendado para pessoas com epilepsia. Para tirar as dúvidas recomenda-se consultar um especialista antes de utilizar o óleo essencial de alecrim como tratamento para o cabelo.
  • Lembre-se que por ser um tratamento natural os resultados podem tardar um pouco mais, por isso devem ser feitos frequentemente.

Porte, A., & Godoy, R. L. D. O. (2001). Alecrim (Rosmarinus officinalis L. ): Propriedades antimicrobiana e química do óleo essencial. Boletim Do Centro de Pesquisa e Processamento de Alimentos. https://doi.org/http://dx.doi.org/10.5380/cep.v19i2.1233

Epamig. (2010). Plantas medicinais e aromáticas. Informe Agropecuário. https://doi.org/NLM QV 766