Benefícios e propriedades da salsa

· 13 de agosto de 2013
A salsa é uma planta aromática que pode nos trazer muitos benefícios. Conheça os usos e propriedades da salsa e matenha uma dieta saudável.

A salsa é uma planta aromática cujas propriedades podem nos trazer muitos benefícios. Entre eles o de purificar os órgãos vitais, tratar e controlar a hipertensão, além de ser um poderoso antioxidante.

Hoje vamos focar nas propriedades que essa planta possui, seus usos e como ela pode beneficiar a nossa saúde, além das maneiras como podemos inserir o uso da salsa em nossa alimentação.

Utilidade da salsa

Além de ser uma erva aromática de uso bastante comum em diferentes receitas culinárias e apreciada por chefes importantes em todo o mundo, também pode ser usada de maneira medicinal.

Dentre os seus usos medicinais, podemos citá-la como remédio natural para purificar os rins, simplesmente porque essa planta possui grande capacidade diurética, que acaba por estimular a função renal, facilitando a eliminação de líquidos do organismo.

Também é utilizada para tratar e melhorar a hipertensão e a osteoporose.

A salsa contém minerais como, cálcio, ferro, fósforo e enxofre. Devido a esse teor em ferro, ela é recomendada para pessoas que sofrem de anemia e/ou anorexia, e aquelas que apresentam fraqueza, fadiga ou cansaço físico. Pode ser consumida crua em saladas, ou tomada em forma de infusão.

Como dito anteriormente, é rica em cálcio e, por essa razão, eficaz no combate à osteoporose. Seu consumo é recomendado para crianças e atletas para fortalecer os ossos, já que essas pessoas são submetidas a esforços maiores.

Leia também: Prepare remédios ricos em cálcio para prevenir a osteoporose

Além do mais, a salsa também ajuda na digestão; é recomendado tomar uma xícara da infusão de salsa antes das refeições, assim teremos uma melhor digestão, evitando espasmos intestinais, digestão lenta e prisão de ventre.

Outro fator importante é que ajuda a desinflamar algumas regiões e atua como anestésico. Ao aplicarmos emplastros de salsa moída é possível adormecer a região dolorida ou machucada.

Outras propriedades da salsa

Outra grande propriedade da salsa é a sua capacidade antioxidante; ela é ideal e muito efetiva para limpar e rejuvenescer a pele, fortalecer unhas e cabelos, controlando e evitando a queda.

A salsa também é antineurálgica devido à uma substancia chamada apiol, oleosa e muito utilizada para curar febres intermitentes e neuralgias.

É muito rica em vitamina C, o que a torna igualmente útil em tratamentos o regimes alimentícios que podem ser seguidos para prevenir o surgimento de cânceres, problemas cardíacos, cataratas e infecções. Fortalece o sistema imunológico ao aumentar as defesas.

Descubra: Creme de vitamina C: antioxidante e regenerador cutâneo

Formas de consumir a salsa

Como já mencionado, você pode comê-la crua em saladas, misturando com diferentes verduras ou em vitaminas combinada com quaisquer frutas, no café da manhã ou nos pratos principais.

Também é possível preparar uma infusão de salsa como bebida quente. Tome uma xícara antes de cada refeição para ter uma boa digestão.

Desse modo, concluímos que essa erva aromática não pode faltar em nossa casa, principalmente se tivermos a sorte de manter uma horta onde plantá-la e consumi-la naturalmente. Afinal, não há nada melhor do que isso; o consumo de salsa fresca para aproveitar ao máximo suas propriedades.