Benefícios do limão para emagrecer

28 de dezembro de 2019
Além de conter vitamina C, o limão é uma fruta rica em fibras, que pode apoiar o processo de digestão e eliminação de líquidos e resíduos. Falaremos mais sobre o assunto abaixo.

O limão é uma fruta rica em fibras e vitamina C. É comumente consumida de várias maneiras e, de acordo com as crenças, pode apoiar a perda de peso e fornecer outras contribuições ao organismo, para mantê-lo saudável.

Abaixo, revisaremos a contribuição nutricional dessa fruta e, em seguida, aprofundaremos a relação entre o seu consumo e a perda de peso.

Contribuições nutricionais do limão

Suco de limão

A Fundação Espanhola de Nutrição explica que o limão é um alimento que contém vitamina C, ácidos orgânicos e flavonoides. De uma porção de 100 gramas, você pode obter: 

  • 44 calorias
  • 1 g de fibra
  • 12 mg de cálcio
  • 0,7 g de proteína
  • 149 mg de potássio
  • 50 mg de vitamina C

Além de conter minerais como potássio e cálcio, também contém ferro, iodo, magnésio, zinco, selênio, sódio, potássio e fósforo. Quanto às vitaminas, o limão contém: vitamina A, vitaminas do grupo B (B1, B2, B6, ácido fólico), C e D, entre outras.

Os carboidratos presentes nesta fruta são principalmente glicose, frutose e sacarose. Finalmente, também contém ácidos graxos, como o palmítico e o linoleico, embora em menor grau que os sais e as vitaminas.

Por tudo isso, o limão é uma fruta recomendada para complementar uma dieta saudável.

Logicamente, seu sabor ácido complica seu consumo como um pedaço de fruta inteira. No entanto, existe a possibilidade de obter suas múltiplas contribuições espremendo o limão e bebendo o suco misturado com água ou adicionando o suco (como molho) a um prato.

Agora, o suco dessa fruta pode ajudá-lo a emagrecer? Vamos ver abaixo.

Benefícios do limão para emagrecer

Benefícios do limão para emagrecer

O limão pode atuar como uma espécie de diurético natural. Portanto, além de auxiliar o processo de digestão, promove o trânsito intestinal e ajuda o corpo a expulsar os líquidos retidos.

Por outro lado, o limão é rico em flavonoides, compostos antioxidantes que contribuem para a saúde de todos os órgãos e sistemas do corpo.

Acredita-se também que esses flavonoides possam ajudar a reduzir o conteúdo de gordura no sangue, impedindo o acúmulo de placas de gordura nas paredes arteriais. Além disso, a assimilação de seus polifenóis poderia ajudar a reduzir a quantidade de lipídios acumulados nos tecidos. 

Por outro lado, considera-se que o ácido cítrico ajudaria a maximizar a função das enzimas do corpo e a melhorar a atividade hepática.

Como dissemos, o limão também tem um alto teor de fibras, especificamente a  pectina. Essa fibra do tipo solúvel ajuda a obter saciedade  Assim, nos permitirá ter mais controle sobre a ingestão de alimentos.

Dessa forma, reduziremos as quantidades de alimentos a valores mais adequados para o corpo, contribuindo diretamente para a perda de peso.

O limão ajudaria a aliviar o inchaço e impediria a retenção de líquidos.

Como aproveitar os benefícios do limão para emagrecer? 

Limão para emagrecer

O suco de limão espremido e misturado com água pode ser tomado frio e quente. No entanto, beber quente pode proporcionar um benefício adicional, pois poderia facilitar a evacuação.

Recomenda-se beber um copo de água morna com limão todos os dias para evitar a constipação.

Conclusão

O limão pode ajudá-lo a perder peso, mas apenas dentro do contexto de um estilo de vida saudável. Aproveite-o de maneira prudente e, se tiver dúvidas sobre como consumir uma dieta equilibrada, dependendo das suas necessidades, consulte o seu médico.

Uma dieta equilibrada, a prática de exercícios físicos diários e, em geral, a manutenção de hábitos de vida saudáveis, é o que realmente proporcionará saúde e bem-estar, não apenas o consumo de suco de limão.

  • Fukuchi, Y., Hiramitsu, M., Okada, M., Hayashi, S., Nabeno, Y., Osawa, T., & Naito, M. (2008). “Lemon Polyphenols Suppress Diet-induced Obesity by Up-Regulation of mRNA Levels of the Enzymes Involved in β-Oxidation in Mouse White Adipose Tissue”, Journal of Clinical Biochemistry and Nutrition, 43(3), 201–209
  • Kang DE1, Sur RL, Haleblian GE, Fitzsimons NJ, Borawski KM, Preminger GM., “Long-term lemonade based dietary manipulation in patients with hypocitraturic nephrolithiasis”J Urol. 2007 Apr;177(4):1358-62; discussion 1362; quiz 1591.
  • Aras B, Kalfazade N, Tuğcu V, Kemahli E, Ozbay B, Polat H, Taşçi AI., “Can lemon juice be an alternative to potassium citrate in the treatment of urinary calcium stones in patients with hypocitraturia? A prospective randomized study”, Urol Res. 2008 Dec;36(6):313-7.