Benefícios de quebrar a rotina

16 de julho de 2019
Conheça alguns benefícios de quebrar a rotina e maneiras de alcançá-la. Se a monotonia ameaça seu bem-estar, o que você está esperando para experimentar essas dicas?

Certamente você sabe que há benefícios em quebrar a rotina diária.

No entanto, você realmente conhece todos eles? Se você acha que está perdendo algum, não deixe de dar uma olhada nos que estamos prestes a comentar aqui.

Antes disso, vamos rever o que se entende por rotina e quando ela se volta contra nós.

O conjunto de ações que realizamos diariamente por obrigação pode facilmente nos levar ao tédio, porque ocorre da mesma maneira, no mesmo lugar, ao mesmo tempo.

Em outras palavras, a repetição contínua de várias ações nos cansa e nos faz sentir que os dias, no final, são praticamente os mesmos.

Todos os dias o alarme dispara, abrimos os olhos, olhamos para o relógio, levantamos e corremos para começar o nosso primeiro ritual: ir ao banheiro.

Quando terminamos o café da manhã, percebemos que o fim de semana já passou.

Começou outro dia de trabalho, mais uma vez há trânsito, mais uma vez isso e aquilo deve ser feito.

O que é rotina?

Quebrar a rotina combate a depressão

Ao repetir uma ação no tempo, isso se torna um hábito, e como mencionado acima, a rotina é um conjunto de hábitos. Agora, esse conjunto é o que define muito do estilo de vida de cada pessoa.

Como você deve ter intuído, a rotina não inclui mudanças significativas nas ações.

E dependendo de como uma rotina é organizada, uma pessoa pode se beneficiar dela ou não.

Por exemplo, uma rotina que nos ajuda a levar um estilo de vida disciplinado pode levar à proatividade e ao sucesso em alcançar nossos objetivos.

Assim, uma rotina em si não é uma causa de opressão, mas sim a maneira como ela é estruturada.

Portanto, ao falar dos benefícios de quebrar a rotina, faz-se referência àquela cuja estrutura não nos proporciona bem-estar a curto, médio ou longo prazo.

A chave então se torna uma boa organização, baseada não apenas em deveres, mas também em outros tipos de prioridades.

Leia também: Quando os fatores emocionais prejudicam o corpo?

Como a rotina afeta a saúde?

Quantas vezes não vimos aquele personagem cinza que faz a mesma coisa dia após dia e que não gosta da vida?

Bem, esse personagem é a imagem de uma má estruturação da rotina.

Ele chegou a um ponto morto por se concentrar em um aspecto (que normalmente é o dever) e agora, não se sente bem com nada.

Nesse sentido, uma rotina mal organizada, que não integra responsabilidades e prazeres de maneira equilibrada, pode afetar nossa saúde emocional e levar a transtornos psicossomáticos: depressão, ansiedade e estresse, principalmente.

Benefícios de quebrar a rotina

O estresse é provocado pela rotina

  • Aprende-se a ser mais aberto com as possibilidades e isso automaticamente ajuda a ver a realidade com uma perspectiva mais ampla.
  • A nível pessoal, aprende-se a conceder a si mesmo autorizações, dá a si mesmo melhores margens de tempo, além de estabelecer e atingir metas mais realistas.
  • Você aprende a investir melhor o tempo e deixa de vê-lo como um inimigo.
  • Ganha-se pontos em criatividade e alegria, o que nos permite estabelecer conexões de qualidade com as pessoas e gerar laços saudáveis. Isso faz com que nosso bem-estar também aumente.
  • Obviamente, quebrar a rotina te ajuda a se desconectar e recarregar as energias.
  • Outro benefício de quebrar a rotina está ligado à realização de coisas com maior prazer e paixão. Por isso, você obterá excelentes resultados e, acima de tudo, uma grande satisfação pessoal.

Veja ademais: Como desenvolver a inteligência emocional da criança

Dicas para quebrar a rotina

As dicas a seguir são muito simples, mas têm uma eficácia real. Por isso, definitivamente, te ajudarão a aproveitar os benefícios de quebrar a rotina em pouco tempo. Encorajamos você a experimentar várias dicas.

Não fique com apenas uma, pois a ideia é tentar viver novas experiências.

Lembre-se de que a mudança é muito boa para nós, se soubermos aproveitá-la.

1. Faça pequenas mudanças a cada 2 ou 3 dias

Gerencie seu tempo para evitar estresse

Altere a lista de músicas que você costuma ouvir para ir trabalhar ou vá em frente e tente uma nova estação de rádio.

E se você tem o hábito de ouvir as notícias, dê a si mesmo permissão para mudar isso.

Por exemplo: um dia você não as ouve, outro dia as lê no jornal. E então, no outro, tenta discutir as novidades com seus colegas de trabalho.

2. Mude sua rota

Evite sempre tomar o mesmo caminho para ir aos diferentes locais: casa, academia, escritório, padaria, etc.

Você não só vai se distrair, como também pode ser que descubra algo interessante nesse novo caminho.

3. Varie o seu cardápio

Se o cardápio da semana passada se repetir novamente, chegou a hora de mudar.

Se na quarta-feira você tiver que comer macarrão, passe para a sexta-feira e brinque com outras opções dentro do seu orçamento.

A ideia é que você alterne as opções, sem que isso seja uma dificuldade.

Por outro lado, uma nova receita sempre vem a calhar. Lembre-se que existe um mundo de sabores do qual você pouco conhece.