Os benefícios do alho em jejum

· 16 de setembro de 2013
Apesar do cheiro um pouco desagradável para muitas pessoas, o alho pode proporcionar uma grande quantidade de benefícios ao nosso corpo. Veja alguns desses benefícios quando você consome o alho em jejum.

Apesar do cheiro um pouco desagradável para muitas pessoas, o alho pode proporcionar uma grande quantidade de benefícios ao nosso organismo, além de ser uma hortaliça muito utilizada em diversos pratos para proporcionar aquele sabor inconfundível. Neste artigo, falaremos sobre os benefícios do alho em jejum.

O sabor do alho é muito forte e levemente picante, o cheiro característico não agrada a todos, mas ainda assim, ele é o preferido por cozinheiros e donas de casa, já que o sabor que oferece a todos os pratos não pode ser substituído por nada; além disso, tem grande quantidade de propriedades medicinais, sobre as quais falaremos agora.

Desde quando os benefícios do alho são conhecidos?

O alho é originário da Ásia Central e seu uso na medicina alternativa é conhecido desde o terceiro milênio antes de Cristo, na Índia e antigo Egito.

Seus benefícios são conhecidos há muito tempo, e ainda que tenha feito parte de crenças populares que foram transmitidas de geração em geração, muitas pesquisas científicas puderam comprovar que suas famosas propriedades são reais e eficazes.

benefícios do alho em jejum

Quais doenças podemos combater e evitar ao consumir alho?

Estudos científicos recentes demonstraram que o consumo regular do alho elimina as bactérias de nosso organismo e que, além disso, o alho é benéfico quando o assunto são bactérias e micro-organismos nocivos por ser um poderoso antibiótico natural.

Com essa perfumada hortaliça também é possível tratar naturalmente a pressão arterial alta, o reumatismo, a diarreia e as dores estomacais provocadas por parasitas; também tem a capacidade de reduzir o esgotamento físico e as doenças nervosas.

Outro destaque é que pode ser um poderoso estimulante do apetite, ajuda na boa digestão de alimentos, evita a acidez estomacal, ativa a circulação, o que ajuda o coração a funcionar melhor, e é um bom protetor do fígado e da vesícula, mantendo-os saudáveis e resistentes.

Por que é bom consumir alho em jejum?

Leia também: Sopa de cebola e alho, a receita para aumentar as defesas

Consumir o alho em jejum é uma ótima maneira de desintoxicar o organismo, além disso, se consumido de forma contínua e a longo prazo, podemos prevenir certos tipos de câncer, diabetes e problemas relacionados aos nervos e estados depressivos.

Para obter todos e cada um dos benefícios que o alho oferece, devemos consumi-o preferencialmente cru, já que ao cozinhá-lo, perdemos muitas de suas valiosas propriedades.

Na pior das hipóteses, o sabor parece muito forte devido ao teor de enxofre que o alho contém, mas se analisarmos todos os benefícios que essa hortaliça nos oferece, o cheiro passa a ser o menor dos problemas e passamos a consumi-lo sem tanta ressalva.

O mais recomendado é comer dois dentes de alho em jejum ao dia. Dessa forma, poderemos usufruir de suas propriedades curativas.

Lembre-se de que para evitar o sabor forte e o cheiro que fica depois de comer o alho, podemos optar por comprimidos naturais próprios para eliminar esse tipo de efeito. Também podemos tomar um suco de limão ou mastigar uma folha de menta. O importante é que não nos privemos de obter os benefícios desse maravilhoso produto natural.

Imagens oferecidas por: Fernando Stankuns, hbescan e FotoosVanRobin