Bebidas que aumentam a pressão arterial

· 25 de janeiro de 2018
Embora seja conveniente evitá-las em casos de pressão alta, também devemos reduzir seu consumo se quisermos cuidar de nossa saúde cardiovascular.

A hipertensão é um risco para a saúde. Os danos que ela pode causar são diversos, caso não seja tratada e controlada. Por este motivo, é preciso estar atento ao consumo de bebidas que aumentam a pressão arterial.

Perigos da hipertensão

Um dos perigos da hipertensão é que ela pode causar consequências para o organismo sem que notemos sintomas.

Por esta razão, ela é considerada uma doença silenciosa. A hipertensão pode piorar a qualidade de vida devido ao mal-estar constante, e pode até causar um ataque cardíaco.

Apesar da gravidade, existem tratamentos que, acompanhados por mudanças no estilo de vida, podem ajudar a controlá-la.

Quais são as complicações mais comuns?

Dano arterial

Mulher com dor de cabeça

As artérias, em condições ótimas, são flexíveis e possuem elasticidade e força. Quando a pressão aumenta, as artérias podem se danificar e se estreitar, afetando as células que recobrem seu interior e engrossando-as e endurecendo-as.

As gorduras consumidas na alimentação se incorporam à corrente sanguínea. Com o tempo, as células danificadas vão se acumulando.

Esta alteração afeta o fluxo de sangue até diversas partes do corpo (cérebro, pernas, coração e outros, como os rins).

Aneurisma

O passar constante do sangue por uma artéria danificada pode causar um aumento no tamanho da sua parede, formando um aneurisma.

Se ele estoura, causa uma hemorragia interna que coloca a vida da pessoa em grave perigo.

Coração

Saúde cardiovascular

Se a pressão arterial está elevada, pode afetar o coração, já que este é o órgão encarregado de bombear sangue para todo o corpo.

Decorrente da dificuldade para que o sangue flua, a hipertensão pode causar dores no peito, arritmas e até infarto.

Também podem ocorrer danos cerebrais por causa de um ataque isquêmico transitório, que é a interrupção breve da irrigação cerebral.

Estes são alguns dos problemas graves que podem surgir se não controlarmos uma pressão arterial alta.

Quais são as bebidas que aumentam a pressão arterial?

Existem maneiras de prevenir e tratar a hipertensão. Uma delas é evitando estas bebidas que aumentam a pressão arterial.

Bebidas isotônicas

Bebidas isotônicas

São as bebidas que têm uma grande capacidade de reidratação e em cuja composição está incluída uma dose de sódio. Especificamente o cloreto de sódio e o bicarbonato de sódio.

O sódio é prejudicial para as pessoas com pressão alta. Por esta razão, é recomendável não consumir alimentos ou bebidas que contenham este elemento.

Bebidas energéticas

As pessoas que têm doenças cardíacas ou pressão alta devem evitar o consumo de bebidas energéticas.

Diversos estudos indicam que pessoas saudáveis que as consumiram aumentaram sua pressão arterial.

As bebidas energéticas contêm taurina e cafeína. Os pesquisadores acreditam que estas substâncias podem ser responsáveis pelo aumento da pressão arterial e da frequência cardíaca.

Todas as marcas cuja promessa é aumentar os níveis de energia contêm cafeína e taurina em maior ou menor medida. Estas substâncias provocam um forte impacto na pressão arterial.

Uma maneira de exemplificar a situação é que tomar uma bebida energética é equivalente a tomar 2 xícaras de café.

Não se deve confundir as bebidas energéticas com as bebidas hidratantes ou específicas para atletas. As segundas têm o objetivo de recompor o corpo após um forte desgaste físico.

Café e chá

Xícara de café

Seu consumo moderado costuma ser recomendado em caso de pressão baixa. Pelo mesmo motivo, estas bebidas podem ser nocivas para quem sofre de hipertensão.

O café está entre as principais bebidas que aumentam a pressão arterial. Seu consumo, inclusive para pessoas sem hipertensão, deve ser moderado.

Álcool

Ainda não se sabe ao certo quais fatores fazem com que o álcool cause uma elevação da pressão arterial.

No entanto, sabe-se que quando há álcool na corrente sanguínea, ocorre uma interferência na chegada de oxigênio ao coração.

Dado que a chegada se dificulta, o coração é obrigado a bombear mais forte. Desta forma, tenta compensar o envio de oxigênio e nutrientes a outras partes do corpo.

Como pudemos ver, as bebidas que aumentam a pressão arterial são muito comuns nas dietas de inúmeras pessoas.

Por este motivo, um tratamento contra a hipertensão faz com que seja necessário fazer mudanças no estilo de vida de alguns indivíduos.

Estas mudanças, como o caso de evitar o consumo destas bebidas, têm como objetivo proteger o sistema circulatório dos hipertensos.