Por que sentimos pontadas no coração?

Embora possam nos alertar a respeito de problemas importantes, as pontadas no coração também podem ser decorrentes de situações de estresse ou surgir por culpa de maus hábitos.

Você já sentiu pontadas no coração alguma vez? O coração é o órgão que mais trabalha dentro do corpo humano. Ele bate aproximadamente 115 mil vezes por dia, 80 vezes por minuto e 42 milhões de vezes por ano, inclusive quando estamos descansando.

Desta maneira, o coração se encarrega de bombear o sangue limpo, rico em oxigênio e diversidade de nutrientes para cada tecido de nosso corpo.

Apesar do quão perfeito pode parecer o sistema cardiovascular, é comum que ocorra uma grande variedade de coisas que podem afetar seu funcionamento ou que indiquem algum problema no mesmo.

Entre elas encontramos as pontadas no coração, que embora possam ser muito comuns, não têm a causa tão amplamente conhecida.

Se você quer saber mais sobre as pontadas no coração, sugerimos continuar lendo este artigo.

O que são exatamente as pontadas no coração?

Dor no peito

Assim como sua descrição indica, refere-se à sensação desagradável de sentir pontadas ou pequenos golpes em nosso coração e peito.

Elas costumam surgir sem aviso prévio e, entre outros sintomas, geram:

  • Dificuldade para respirar
  • Mal-estar no peito
  • Dor
  • Estresse
  • Ansiedade

Por que sentimos pontadas no coração?

As pontadas no coração podem estar associadas a uma ampla variedade de coisas, mas algumas das mais comuns são:

1. Tensões musculares

A sensação de pontadas costuma se dever, em sua grande maioria, às tensões musculares, e isso pode ocorrer com muita facilidade nos momentos em que tomamos muito ar.

Para aliviar a situação, o melhor que podemos fazer é:

  • Manter a calma
  • Respirar suavemente
  • Permitir que a dor desapareça sozinha

2. Ansiedade e estresse

Mulher estressada no trabalho

A ansiedade e o estresse podem ser as causas diretas da sensação de pontadas no coração, e isso se deve ao fato de que ambos submetem o corpo a condições de tensão excessiva.

Também é comum que as pontadas não surjam no momento de tensão. Pelo contrário, elas aparecem em maior quantidade quando você está em estado de repouso.

3. Hiperatividade

Ao mesmo tempo, quando nosso ritmo cardíaco está elevado, costumamos respirar com maior intensidade, o que pode causar as pontadas no coração.

4. Pericardite

A pericardite é uma doença causada pela inflamação do pericárdio. Esta é a camada que recobre o coração e que tem as seguintes funções:

  • Armazena o líquido que lubrifica e reduz a fricção do coração.
  • Limita o deslocamento do mesmo.
  • Distribui a pressão do coração.
  • Isola o coração, evitando possíveis infecções.

Embora não suponha grandes riscos, esta inflamação pode diminuir com medicamentos anti-inflamatórios.

5. Arritmias

As arritmias implicam uma alteração no ritmo cardíaco, fazendo com que fique maior ou menor do que o normal, podendo chegar a provocar fortes pontadas.

Esta condição pode surgir por causa de:

  • Consumo de tabaco
  • Ansiedade
  • Estresse
  • Consumo de cafeína
  • Excesso de exercícios
  • Obesidade

6. Infarto do miocárdio

O miocárdio é o tecido muscular do coração que se encarrega de bombear o sangue pelo sistema circulatório por meio da contração.

A falha ou infarto deste tecido pode causar fortes pontadas devido ao fato de que uma parte do coração deixa de receber o sangue que requer para o seu funcionamento.

O que pode determinar se alguém sofrerá de pontadas no coração?

Mulher sentindo pontadas no coração

Embora todos possam ter esta desagradável sensação, alguns fatores podem aumentar a chance de sofrer problemas cardíacos.

Entre eles encontramos:

  • Hipertensão
  • Obesidade
  • Fumar
  • Colesterol alto
  • Sedentarismo
  • Idade avançada

O que fazer ao sentir dores no coração?

É preciso entender que perder a calma não serve de nada. O melhor que podemos fazer é:

  • Relaxar
  • Acalmar a nossa respiração
  • Fazer massagens na região afetada
  • Beber água
  • Esperar que a sensação desapareça

Caso apresente este problema com muita regularidade, recomendamos consultar um médico de confiança.

O especialista se encarregará de avaliar a saúde do seu coração por meio de um eletrocardiograma e receitará medicamentos caso os mesmos sejam necessários.

Recomendados para você