6 aspectos que causam fadiga durante o dia

· 27 de janeiro de 2018
Às vezes a falta de energia e a fadiga extrema podem surgir devido à falta de glóbulos vermelhos, o que dificulta o processo de oxigenação de tecidos e do cérebro.

Você sabe quais são alguns dos aspectos que causam fadiga? Este é um sintoma comum caracterizado pela falta de força para realizar atividades que requerem esforço físico ou mental.

Pode ser moderada ou intensa, dependendo da causa e da preparação física que o paciente tem para enfrentá-la.

Aqueles que têm um estilo de vida sedentário, especialmente os obesos, podem experimentar esse desconforto de forma mais severa, mesmo com uma caminhada simples.

No entanto, independentemente disso, existem outros fatores que podem desencadeá-la apesar de ter uma boa condição física.

Hoje queremos falar sobre alguns aspectos que causam fadiga ao longo do dia para que você não hesite em levá-los em consideração se sofrer com este problema de forma recorrente.

Aspectos que causam fadiga

1. Hipotireoidismo

Hipotireoidismo

O hipotireoidismo é uma condição que ocorre quando a glândula tireoide não produz hormônios suficientes para regular o metabolismo do corpo.

É uma das causas frequentes de fadiga e, de fato, faz com que a pessoa sinta fraqueza e desânimo apesar de estar em repouso.

Existem dois componentes-chave para suspeitar de que este sintoma está relacionado a esta alteração da tireoide:

  • A intolerância que o paciente tem ao fazer esforços, mesmo após atividades de baixo impacto físico.
  • Uma imagem de desânimo e falta de energia mesmo quando não há nenhum tipo de esforço.

2. Anemia

A anemia é uma condição caracterizada pela redução dos glóbulos vermelhos no sangue, isto é, as células responsáveis ​​pelo transporte de oxigênio através do corpo.

Muitas vezes, quando o processo de oxigenação dos tecidos e do cérebro torna-se difícil, o paciente tende a sentir-se cansado e fraco, tanto física quanto mentalmente.

Além disso, juntamente com a fadiga, identificamos sinais como:

  • Palidez da pele
  • Aceleração da frequência cardíaca em repouso
  • Fraqueza de cabelo e unhas

3. Insuficiência cardíaca

Mulher com insuficiência cardíaca

insuficiência cardíaca ocorre quando o coração perde a capacidade de bombear sangue suficiente para outras partes do corpo.

Uma vez que dificulta a circulação, a oxigenação celular é reduzida e, portanto, a pessoa tende a se sentir fraca e cansada.

Em seus estágios iniciais, causa fadiga somente quando são realizadas atividades de esforço moderado. No entanto, à medida que progride, o cansaço irá surgir mais facilmente, mesmo quando você faz tarefas diárias, como escovar os dentes.

A fadiga causada por insuficiência cardíaca é frequentemente acompanhada de:

  • Inchaço das extremidades (edema)
  • Falta de ar quando faz algum esforço físico ou em repouso
  • Intolerância a esforços moderados ou leves
  • Pressão arterial alta
  • Dificuldades circulatórias
  • Sensação de peso nas pernas
  • Dor ou pontadas no peito

4. Diabetes

A diabetes é causada pelo acúmulo excessivo de glicose no sangue, quando, devido à falta de insulina, ou resistência a ela, a substância não é utilizada pelas células para gerar energia.

Sem obter açúcares suficientes, as células do corpo “ficam com fome” e, ao não executarem suas funções corretamente, desencadeiam sintomas incômodos. 

Um paciente pode suspeitar de diabetes quando, além da fadiga constante, sente:

  • Sensação de sede
  • Perda de peso súbita
  • Alterações na micção
  • Fraqueza nas pernas

5. Doenças do sono

Mulher com insônia

Não é nada estranho que, ao ter uma má noite de sono, o paciente sinta fadiga física e dificuldades para se concentrar e se manter mentalmente ativo no dia seguinte.

Dormir bem, não menos de 7 horas por noite sem interrupções, é essencial para renovar as energias de todo o corpo.

Se durante várias noites há dificuldades para dormir, ou interrupções, a pessoa pode passar por episódios de fadiga crônica.

Neste caso, é possível suspeitar se o cansaço for acompanhado de:

  • Sonolência durante o dia
  • Apneia obstrutiva do sono
  • Dificuldade para adormecer à noite
  • Sensação de que o sono não é restaurador

6. Depressão

A depressão é uma doença psiquiátrica cujo principal sintoma é uma mudança repentina no humor do paciente, que tende a ficar triste, com baixa autoestima e sem energia.

Esta condição é diferente de um estado de tristeza comum que, em geral, só surge quando você está passando por um mau momento.

A falta de atenção em relação à depressão pode transformá-la em uma doença crônica com impacto físico, mental e emocional.

Esta condição deve ser considerada se, além da fadiga crônica, a pessoa experimenta:

  • Sentimento de desânimo
  • Baixa autoestima
  • Tristeza profunda
  • Estresse e ansiedade
  • Fobia social
  • Perda de interesse em suas atividades diárias

Você se sente cansado de forma recorrente? Não tem energia para cumprir suas tarefas diárias? Agora que já conhece alguns dos aspectos que causam fadiga, pode trabalhar para evitá-los em seu dia a dia.

Se você está enfrentando esse sintoma e tem outros desconfortos, consulte o médico para determinar se o problema pode estar relacionado a uma doença mais grave.