Arroz à marinheiro com creme de espinafre

8 de janeiro de 2019
O arroz com creme de espinafre e frutos do mar não é só um prato leve e nutritivo, mas também se destaca por seu delicioso sabor.

O arroz à marinheiro com creme de espinafre é um prato muito simples de preparar. E, além disso, pode ser desfrutado como almoço ou jantar.

Em seguida, te ensinaremos a preparar essa receita tão deliciosa e fácil.

Ela reúne o delicioso sabor dos frutos do mar com o de alguns vegetais, como é o caso, por exemplo, do espinafre e da cebola (ou se preferirmos, chalotas).

E, para isso, não será necessário recorrer ao típico refogado de espinafre com alho. Confira.

Arroz à marinheiro com creme de espinafre

Arroz branco

Os frutos do mar indicam que esta receita pode sofrer substituição por outros, de acordo com nossas preferências. Não é preciso segui-la ao pé da letra neste aspecto.

Entretanto, caso introduzamos algumas variações, ou desejemos adicionar mais frutos do mar, temos que ter sempre em mente o tempo de cozimento de cada um deles. Além disso, também não podemos ignorar uma boa maneira de temperá-los para conseguir uma boa refeição.

Ingredientes

  • 1 pimenta chili verde
  • Azeite de oliva extra virgem
  • 2 cebolas
  • 1 colher de chá de gengibre moído (5 g)
  • ¼ de copo de vinho branco (50 ml)
  • 2 xícaras e meia de espinafre fresco (100 g)
  • ¼ de copo de leite (50 ml)
  • 3 colheres de sopa de crème fraîche ou creme de leite fresco (45 ml)
  • 2 xícaras de arroz branco de grão redondo (300 g)
  • Frutos do mar: 8 lagostins, 1 lula, 1 rabo de tamboril…
  • Condimentos: pimentão picante, sal, pimenta preta
  • Água (a quantidade necessária)

Você sabia? 13 razões para usar gengibre diariamente

Preparo

  1. Primeiramente, lave e limpe bem os frutos do mar. Atenção, pois a lula deve ser picada em pedaços pequenos. Porém, o rabo de tamboril pode ficar em pedaços de tamanho médio.
  2. Em seguida, após descascar os lagostins, coloque as cabeças e cascas para ferver em uma panela com água e sal. Deixe que cozinhem durante 25 a 30 minutos e depois coe o caldo resultante. Reserve.
  3. Por outro lado, descasque e pique as cebolas em rodelas de uma espessura inferior a 2 centímetros (aproximadamente).
  4. Em seguida, coloque uma panela no fogo com um pouco de azeite de oliva e, quando estiver bem quente, adicione as cebolas para refogar.
  5. Quando estiverem cozidas, adicione a pimenta chili, os pedaços de lula e o vinho branco. Além disso, quando o vinho estiver quase secando completamente, adicione o arroz e frite-o um pouco antes de adicionar o caldo dos lagostins.
  6. Deixe que tudo entre em ponto de ebulição e, em seguida, diminua um pouco o fogo e deixe cozinhar tudo durante 10 ou 12 minutos. Em seguida, polvilhe o gengibre por cima e mexa para misturar ao resto dos ingredientes.
  7. Lave o espinafre, corte pela metade e cozinhe em uma panela com a quantidade de água exata para cobri-lo (não mais, porque viraria um caldo muito aguado).
  8. Assim que o espinafre estiver pronto, triture no liquidificador com seu próprio caldo junto com o leite e o creme de leite fresco. Bata até conseguir fazer com que coalhe e se transforme em um creme leve. Adicione uma pitada de sal.
  9. Em seguida, adicione o creme de espinafre à receita, junto com os pedaços de tamboril. Misture bem com a ajuda de uma colher de madeira e deixe cozinhar um pouco mais (sem deixar que o grão queime).
  10. Ademais, em uma panela untada com apenas um pouquinho de azeite de oliva, cozinhe os lagostins grelhados.
  11. Por fim, sirva o arroz e adicione por cima os lagostins e, se quiser, uma pitada de pimenta.

Descubra: Qual é o creme de legumes mais saudável?

Variações e recomendações

Variações do arroz à marinheira com creme de espinafre

Como foi possível notar, o arroz à marinheiro com creme de espinafre sofre influências tanto da paelha espanhola tradicional quanto do arroz à marinheiro venezuelano.

Entretanto, em suas versões mais gourmet costumam preparar com condimentos e molhos japoneses, com isso o prato fica com um tempero muito mais exótico (e também mais salgado).

Assim, para encurtar o tempo de preparo do prato, muitas pessoas optam por preparar seu arroz à marinheiro com arroz verde ao invés de preparar o arroz por uma parte e o creme de espinafre por outro.

O certo é que desta forma também se obtém uma refeição muito gostosa, mas também se torna um prato seco.

Assim, se optarmos por esta alternativa, convém adicionar certos ingredientes suculentos como, por exemplo, alguns tomates cereja ou um molho para peixe (de acordo com nossa preferência).