Alimentos para controlar a psoríase: recomendações

20 de maio de 2019
Você sabia que o consumo de alguns alimentos pode ajudar a reduzir a presença dos sintomas da psoríase? Aliás, descubra também neste artigo quais alimentos você deveria evitar.

Apesar de que mudando seus hábitos alimentares você não curará essa doença, uma dieta adequada pode ajudar a diminuir os sintomas da psoríase. Por este motivo, a seguir indicaremos os alimentos permitidos e os proibidos para assim, evitar que os sintomas se exacerbem.

Como controlar a psoríase e qual a sua relação com a dieta

Controlar a psoríase com a alimentação

Um estudo publicado em maio de 2017 na revista Dermatologic Therapy analisou as bases alimentares de mais de 1200 membros da National Psoriasis Foundation. Os resultados revelaram que alguns alimentos parecem intensificar os sintomas da psoríase enquanto que outros os minimizam ou anulam.

Em geral, a maioria dos entrevistados seguia uma dieta:

  • Livre de glúten.
  • Com baixo ou nulo consumo de álcool.
  • Com um aumento do consumo de verduras e vitamina D.

Por outro lado, uma grande porcentagem dos pacientes estudados afirmou seguir uma dieta para controlar a psoríase com bastante sucesso. Entre as mencionadas destacaram a dieta Pagano, a dieta vegana, a dieta Paleo e em menor medida, as dietas mediterrânea, vegetariana, sem glúten e baixas em carboidratos e altas em proteínas.

Não deixe de ler também: 10 aspectos básicos para começar uma dieta mediterrânea

Alimentos recomendados para controlar a psoríase

A seguir, apresentaremos uma lista de alimentos que podem chegar a ser de ajuda para controlar a psoríase baseada nas recomendações alimentares publicadas na revista JAMA Dermatology.

1. Vegetais e frutas

Vegetais e frutas para controlar a psoríase

Estes alimentos aportam nutrientes indispensáveis na dieta para controlar a psoríase, como a vitamina A ou betacarotenos, antioxidantes e minerais como o zinco, o selênio e o magnésio. Algumas verduras e frutas que você deveria incluir na sua alimentação diária seriam:

  •  Cenoura
  • Pimentão
  • Abóbora
  • Espinafre
  • Brócolis
  • Abacate
  • Damascos
  • Manga
  • Framboesas
  • Mirtilos
  • Amoras

2. Ômega 3 para controlar a psoríase

Os ácidos graxos Ômega 3 são famosos por seu efeito anti-inflamatório. Não hesite em incluir alimentos ricos com este componente na sua dieta. Entre eles podemos encontrar:

  • Peixe azul: salmão, arenque e cavala
  • Mariscos
  • Frutos vermelhos e sementes
  • Legumes como a soja e o grão de bico.

3. Alimentos integrais

Alimentos integrais para a saúde

O consumo de fibra e de probióticos é sumamente importante. Se quiser que seu corpo absorva de maneira conveniente os nutrientes, então você deve manter uma boa saúde intestinal.

Sendo assim, recomendamos que você escolha alimentos integrais no lugar dos que são preparados com farinha comum. Este tipo de alimentos aportam maior quantidade de fibra e, por outro lado, são uma interessante fonte de minerais.

Consuma de maneira habitual arroz, trigo, painço, aveia e seus derivados como farinhas e pães. Além disso, você pode incluir no seu menu Kefir e iogurte, por seu conteúdo de probióticos.

4. Vitamina D

Algumas investigações chegaram à conclusão de que o consumo de vitamina D poderia ser benéfico para controlar doenças inflamatórias como a psoríase.

O que você acha de incluir na sua dieta alimentos como o peixe azul, os ovos e as sementes de girassol?

Isso também pode te interessar: 5 dicas para evitar os surtos de psoríase

Alimentos proibidos para controlar a psoríase

Na verdade, não todos estes alimentos estão proibidos, em alguns casos somente se recomenda um consumo moderado e consciente. Vejamos cada um com mais detalhes

1. Álcool

Limitar o consumo de álcool

Não existem dados contundentes que permitam determinar a proibição de bebidas alcoólicas quando sofremos de psoríase. Entretanto, geralmente recomenda-se um consumo moderado já que algumas investigações sugerem que os tratamentos não são tão efetivos se combinados com o consumo de álcool.

Aliás, se entre a sua medicação se encontram o metotrexato e a acitretina, provavelmente a indicação será de abstenção do álcool.

2. Alimentos processados e açúcar refinado

A psoríase é uma doença inflamatória. Por este motivo, na dieta para controlar este problema, aconselha-se eliminar os alimentos processados industrialmente e de baixo valor nutricional, como por exemplo margarinas, sopas instantâneas, refrescos e molhos.

3. Carnes vermelhas

Os especialistas geralmente recomendam um baixo consumo de carnes vermelhas, evitando principalmente os cortes mais gordurosos. Isto se deve a que esta classe de carne poderia chegar a elevar o número de citocinas, agravando os sintomas da psoríase.

4. Café e leite

Assim como as carnes vermelhas, estas duas bebidas aumentam o número de citocinas, as proteína celulares encarregadas de regular a inflamação. O melhor então é evitar o consumo de café e leite regularmente.

5. Glúten para controlar a psoríase?

O glúten e a psoríase

Alguns estudos sugerem que uma grande parte da população que sofre de psoríase poderia, além disso, ser alérgica ao glúten. Nesse sentido, existem opiniões contraditórias.

Enquanto que alguns especialistas preferem eliminar o glúten da dieta de maneira preventiva, algumas investigações sugerem que, se o problema celíaco não estiver confirmado, isso poderia ser contraproducente. Consulte com seu médico sobre a necessidade ou não de eliminar o glúten da dieta.

6. Gorduras

Uma dieta pró-inflamatória, isto é, de consumo habitual de gorduras saturadas e trans, poderia exacerbar os sintomas da psoríase. Por este motivo, aconselha-se um consumo baixo destes nutrientes.

Conclusões

A dieta para controlar a psoríase não é uma cura da doença, mas uma maneira de tentar aliviar os sintomas. Consulte com seu médico e nutricionista sobre as melhores mudanças alimentares que você pode realizar para lutar contra essa patologia.

Em conclusão, as mudanças descritas seguem as pautas de uma alimentação equilibrada e variada, longe de alimentos pouco recomendáveis por seu escasso valor nutritivo. Entretanto, é importante também que você complemente com exercício físico e hábitos saudáveis para melhorar seu estado de saúde geral e a qualidade de vida.

Então, este artigo foi útil pra você? Sendo assim, continue antenado na nossa página porque temos mais dicas para a sua saúde e bem-estar.

  • National Psoriasis Foundation. How does your diet affect psoriasis? https://www.psoriasis.org/advance/national-survey-maps-influence-diet-psoriasis
  • NCBI. (2017). Dietary Behaviors in Psoriasis: Patient-Reported Outcomes from a U.S. National Survey. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5453925/
  • Ford, A. R., Siegel, M., Bagel, J., Cordoro, K. M., Garg, A., Gottlieb, A., … Armstrong, A. W. (2018). Dietary Recommendations for Adults With Psoriasis or Psoriatic Arthritis From the Medical Board of the National Psoriasis Foundation: A Systematic Review Dietary Recommendations for Adults With Psoriasis or Psoriatic Arthritis Dietary Recommendations for A. JAMA Dermatology, 154(8), 934–950. https://doi.org/10.1001/jamadermatol.2018.1412
  • Revista Psoriasi. (2015). Una dieta equilibrada, beneficiosa para la psoriasis. https://www.accionpsoriasis.org/images/2015/PDF/REV_81_Unadietaequilibradabeneficiosaparalapsoriasis_REV81.pdf