Alimentos de grande valor nutricional que irão ajudá-lo durante a leucemia

17 de julho de 2018
A leucemia é um dos cânceres mais temidos. No entanto, hoje existem muitos projetos voltados para tratamentos, terapias, e formas de combatê-la.

Esta doença geralmente afeta os glóbulos brancos. Estes são poderosos combatentes de infecções; em geral, eles crescem e se dividem de maneira organizada, já que o corpo precisa deles. Mas em pessoas com este tipo de condição, a medula óssea produz glóbulos brancos anormais, que não funcionam corretamente.

Sintomas

Os sintomas da leucemia variam por tipo. Os sinais e sintomas comuns da leucemia são os seguintes:

  • Febre ou calafrios
  • Fadiga persistente, fraqueza
  • Infecções frequentes ou graves
  • Magreza
  • Gânglios linfáticos inflamados, aumento do fígado ou baço
  • Sangramento fácil e hematomas
  • Sangramentos nasais frequentes
  • Pequenas manchas vermelhas na pele
  • Sudorese excessiva, especialmente à noite
  • Dor ou sensibilidade nos ossos

Leia também: 10 sintomas da leucemia que costumam passar despercebidos

Causas

Em geral, a leucemia ocorre quando algumas células sanguíneas adquirem mutações no DNA (a informação que está dentro de cada célula e que direciona sua função). Pode haver outras alterações nas células que ainda não são totalmente compreendidas, e que poderiam contribuir para causar a leucemia.

Algumas anormalidades fazem com que a célula cresça e se divida mais rapidamente, e continue a viver quando as células normais já morreram. Ao longo do tempo, essas células anormais podem expulsar as células sanguíneas saudáveis ​​da medula óssea, o que diminui o número de plaquetas, glóbulos brancos, e glóbulos vermelhos do sangue, e causam os sinais e sintomas da leucemia.

Classificação da leucemia

Sinais de leucemia em diferentes partes do corpo

Os médicos classificam a leucemia com base na velocidade de sua evolução, e nos tipos de células envolvidas.

O primeiro tipo de classificação centra-se na taxa de evolução da leucemia:

Leucemia aguda

Na leucemia aguda, as células sanguíneas anormais são células imaturas(blastos). Elas não podem cumprir suas funções normais e multiplicar-se rapidamente; por isso a doença piora rapidamente. A leucemia aguda requer tratamento rápido e agressivo.

Leucemia crônica

Existem muitos tipos de leucemia crônica. Alguns produzem células demais e outros, muito poucas. A leucemia crônica inclui células sanguíneas mais maduras.

Essas células sanguíneas se replicam e se acumulam muito lentamente, e podem funcionar normalmente por um tempo. Algumas formas de leucemia crônica a princípio não produzem sintomas precoces, por isso podem passar despercebidas, ou não ser diagnosticadas por anos.

O segundo tipo de classificação leva em conta o tipo de glóbulo branco afetado:

  • Leucemia linfocítica. Este tipo de patologia afeta as células linfoides (linfócitos) que compõem o tecido linfoide ou linfático. Este tecido forma o sistema imunológico.
  • Leucemia mielogênica. Este tipo de condição afeta as células mieloides. Estas originam glóbulos vermelhos, glóbulos brancos, e células que produzem plaquetas.

Alimentos de grande valor nutricional que irão ajudar durante a leucemia

Alimentos ricos em fibras

Entre os alimentos recomendados para tratar os sintomas desta patologia encontramos:

  • Arroz e pão integral
  • Aveia
  • Feijão em qualquer uma das suas cores
  • Milho
  • Lentilha
  • Linhaça

Esses alimentos permitem que o organismo acelere o trânsito intestinal e arraste as substâncias cancerígenas que podem estar no trato digestivo, impedindo de serem absorvidos pelo organismo.

O consumo habitual de frutas

Entre as frutas mais ricas em fibras e antioxidantes estão:

  • Melancia 
  • Abacate
  • Abacaxi
  • Morangos, framboesas, mirtilos
  • Pera
  • Maçã
  • Romã
  • Uva
  • Manga
  • Kiwi
  • Mamão
  • Laranja

No caso do abacate, este é uma excelente fonte de fibra, que também é rica em gorduras mono e poli-insaturadas (gorduras boas). Estes ajudam a reduzir o risco de doenças cardíacas e reduzir o colesterol.

Recomenda-se consumir a maioria das frutas com a pele, para aproveitar 100% de suas propriedades.

A romã é altamente recomendável graças à sua contribuição de ácido cítrico (de ação desinfetante, alcaliniza a urina e potencializa a ação da vitamina C).

Veja também: Um grupo de cientistas encontra um sistema para que as células de leucemia se destruam entre si

Vegetais essenciais

Vegetais essenciais que irão ajudá-lo durante a leucemia

Entre as plantas mais recomendadas na prevenção do câncer estão:

  • Brócolis
  • Couve-flor
  • Cenoura
  • Tomate
  • Berinjelas

Além disso, a alface e o espinafre são ricos em luteolina, um flavonoide que desempenha um papel importante na prevenção do câncer.

O consumo de plantas crucíferas ajuda a proteger o DNA celular, desativar carcinogênicos, e outros fatores importantes para a saúde. Não hesite em incluir na sua dieta:

  • Brócolis
  • Couves de bruxelas ou brotos
  • Repolho roxo ou branco
  • Couve-flor
  • Vegetais de folhas verdes (rabanete, couve, nabo sueco, nabos comuns, wasabi, agrião)
Recomendados para você