10 sintomas da leucemia que costumam passar despercebidos

· 15 de fevereiro de 2018
Embora estes sintomas também possam se dever a outras condições de menor importância, é fundamental consultar um especialista diante de qualquer dúvida para obter um diagnóstico precoce.

Conheça alguns sintomas da leucemia, termo usado para fazer referência ao câncer que afeta os tecidos que formam o sangue no corpo. Envolve de forma direta os glóbulos brancos, dado que se caracteriza por sua formação inadequada.

Os glóbulos brancos são uma parte importante dos mecanismos de defesa do corpo. Eles crescem e se dividem de forma organizada à medida que são necessários.

No entanto, nos pacientes com leucemia, a medula óssea os produz de forma anormal, e embora aumente sua produção, não conseguem cumprir com sua função de proteger o corpo, já que são defeituosos.

Conforme a doença avança, ocorrem interferências na produção de outras células sanguíneas, como os glóbulos vermelhos e plaquetas.

É então que ocorrem episódios graves de anemia, hemorragias e um alto risco de contrair vários tipos de infecções.

O mais preocupante é que muitos desconhecem ou confundem os sintomas da leucemia, o que dificulta seu diagnóstico precoce.

Por esta razão, a seguir queremos compartilhar em detalhes os 10 sinais que não podem passar despercebidos.

Possíveis sintomas da leucemia

1. Manchas roxas ou vermelhas na pele

Manchas roxas ou vermelhas na pele

Conhecidas em termos médicos como petéquias, são manchas avermelhadas ou roxas que aparecem em grupos, geralmente no peito, costas ou braços.

Elas surgem quando o sangue se coagula e não flui de forma adequada, e muitas vezes são confundidas com erupções cutâneas.

2. Dor nos ossos ou articulações

Há muitas doenças que podem causar dor nos ossos e articulações. No entanto, no caso particular da leucemia, a dor aparece quando os glóbulos brancos defeituosos se acumulam.

Os pacientes sentem uma pontada aguda que causa muita dor, e a intensidade pode variar em função da região afetada.

3. Dor de cabeça

Mulher com dor de cabeça

A dor de cabeça é um dos sintomas da leucemia que mais são ignorados. Aparecem principalmente em casos de leucemia aguda, e tendem a ser intensas e duradouras.

Elas surgem porque o fluxo sanguíneo até o cérebro e medula espinhal está restringido, assim como acontece nos casos de enxaqueca, quando os vasos sanguíneos se contraem.

4. Gânglios inflamados

Quando a leucemia compromete a produção de glóbulos brancos e vermelhos, a capacidade do corpo de responder às infecções diminui.

Esta situação altera os processos inflamatórios e leva ao inchaço de glândulas e gânglios linfáticos, ou pequenas protuberâncias indolores de tonalidade azul ou violeta.

5. Fraqueza e cansaço

Mulher sentindo fraqueza

É difícil suspeitar de leucemia quando ela se manifesta com uma sensação de fraqueza e cansaço. No entanto, não podemos ignorar que estes sinais também podem ser produto desta doença.

A diminuição dos glóbulos vermelhos saudáveis afeta a capacidade do corpo de transportar oxigênio e nutrientes, o que leva a quadros de anemia e fadiga crônica.

6. Sangramentos incomuns

Todos os sangramentos incomuns e inexplicáveis podem ser um sinal claro de leucemia. A diminuição do número de plaquetas interfere na coagulação sanguínea, aumentando a suscetibilidade a hemorragias.

7. Febres e infecções frequentes

Mulher com febre

Qualquer forma de leucemia diminui a capacidade do sistema imunológico de responder contra os agentes patogênicos que causam infecções.

Por este motivo, os pacientes experimentam episódios contínuos de febre e infecções respiratórias, como é o caso da gripe.

Isso se deve, em grande medida, ao fato de que as células sanguíneas cancerosas inibem a capacidade dos glóbulos brancos de agir contra vírus e bactérias.

8. Perda de peso inexplicável

Assim como ocorre com qualquer tipo de câncer, a leucemia pode fazer com que o paciente perca peso de forma alarmante e inexplicável.

Este pode ser um efeito colateral da fadiga extrema e da diminuição do apetite que a acompanha.

9. Falta de ar

Mulher com falta de ar

A falta de ar ou dificuldade para respirar acontece pela diminuição da oxigenação das células que ocorre por interferências no fluxo de sangue.

Algumas pessoas a experimentam como uma incapacidade de recuperar o ar, enquanto outras sentem que não obtêm o alívio da recuperação de oxigênio.

10. Dor abdominal e inchaço

Quando a leucemia avança, pode causar um inchaço do fígado e do baço, manifestando-se com dores abdominais recorrentes ou sensação de peso sob as costelas.

Alguns pacientes sentem uma leve dor na parte inferior das costas, ou experimentam náuseas, vômitos, e alterações na atividade intestinal.

O tratamento contra a leucemia teve importantes avanços nos últimos anos; no entanto, grande parte do seu sucesso depende da detecção precoce da doença.

Por este motivo, é primordial estar atento a qualquer um dos sinais mencionados, ainda que possam se dever a problemas de menor gravidade.