Ajude seu filho a dar seus primeiros passos

· 17 de outubro de 2018
Ajudar nosso filho a dar o primeiros passos é muito importante. Deslocar-se de um lado para o outro dá certa autonomia ao pequeno, mas também indica seu nível de desenvolvimento.

Um dos momentos mais esperados pelos pais é ver seu filho dar os primeiros passos. Por qual razão? Aprender a caminhar é uma prova importante do bom desenvolvimento da criança.

Na verdade, os primeiros passos são um evento que nos permite observar com clareza se o pequeno apresenta algum transtorno do sistema nervoso ou se é um menino saudável. Agora, como podemos ajudar nosso filho a dar os primeiros passos?

Atualmente existem diversas opiniões sobre o desenvolvimento do andar. Por um lado, há quem afirma que caminhar é algo inato; mas outros autores argumentam que é um processo que se aprende por meio da imitação e da tentativa-erro.

O que sim sabemos é que o processo do andar em cada criança é diferente. Portanto, implica em certo tempo de maturação. No entanto, antes de ajudar seu filho a dar seus primeiros passos, é necessário indicar que o andar se relaciona diretamente com o desenvolvimento motor da criança.

O sistema motor

O sistema motor é uma parte do sistema nervoso central que se encarrega da programação, controle e execução dos movimentos. Estes sinais são enviados desde o cérebro (córtex motor) até os músculos e os músculos, por outro lado, interpretam as ordens do cérebro e é assim que provocam o movimento.

Pia ajudando a filha a dar seus primeiros passos

É interessante observar que o ser humano leva mais tempo desenvolvendo o andar, comparado com outros animais. Os cavalos e até os pássaros, podem conservar o equilíbrio desde que nascem ou em poucos dias. No entanto, no caso dos humanos, precisam de um período mais longo para conseguir se colocar de pé e caminhar.

Em outras palavras, para que uma criança possa dar seus primeiros passos, precisa desenvolver uma complexa conexão neuronal com os demais membros de seu corpo. E, para consegui-lo, precisa-se paciência.

Saiba nesse artigo Como estimular a fala do bebê

A evolução para os primeiros passos do bebê

Desde que um bebê nasce se produzem certos automatismos do andar; ainda que não seja possível que tenham a força necessária para sustentar o peso da cabeça e corpo com suas próprias pernas. No entanto, inclusive os pequenos movimentos preparam o bebê para aprender a caminhar.

Por exemplo, rastrejar, manter-se erguido com ajuda de um adulto, engatinhar, colocar-se de pé segurando em algo. Assim, lá para os 12 a 15 meses, a criança consegue dar seus primeiros passos e começar a caminhar de maneira independente.

Assim, se você quiser ajudar seu filho a dar seus primeiros passos, estimule seu sistema motriz para que desenvolva força nas extremidades inferiores. A seguir, compartilhamos algumas sugestões que pode colocar em prática.

Fortaleça suas pernas

Fortalecer os músculos e a estrutura de suas pernas é uma medida extremamente positiva para que seu filho possa dar seus primeiros passos. Um exercício muito efetivo são os movimentos de bicicleta com suas pernas para depois contraí-las em direção ao seu abdômen e deixar que as estique até você com força.

Bebê dando seus primeiros passos no andador

Prepare uma área livre e segura

Quando os pequenos estão em processo de caminhar, costumam estar expostos a quedas e acidentes. Por isso, prepare uma área segura para ele, com superfície macias, mas firmes, como um tapete.

Tente fazer com que não existam objetos com ângulos que possam machucá-lo. Para isso, pode forrar as esquinas dos móveis, tampar as tomadas e retirar os objetos que possam fazê-lo tropeçar.

Seu filho precisa de segurança

Quando o pequeno começa a caminhar, seu andar costuma ser instável, inseguro, sem coordenação e harmonia. Você perceberá que ele caminha com os pés separados para ter maior equilíbrio. Por isso é necessário que sinta sua presença e carinho. Assim, quando cair, poderá reconfortá-lo e encorajá-lo para tentar novamente.

É importante não dramatizar com as quedas. Se notar que cai, evite dar importância ao acontecimento negativo. É melhor o parabenizar quando levantar, assim você o encorajará para continuar.

Você sabe por que É bom usar sapatos planos diariamente?

Proporcione um bom calçado

Outra medida que deve considerar é conseguir um calçado apropriado. Alguns especialistas não consideram necessário o uso de sapatos nos bebês até que iniciem o andar. 

Primeiros passos

No entanto, enquanto chega esse momento, pode proteger seus pés do frio ou da umidade com meias ou sapatos sem sola. Desta forma, evitará possíveis lesões nos pés e pernas.

O melhor calçado para uma criança que dá seus primeiros passos é aquele que protege o pé sem ser rígido; de tecido suave, sem solas duras ou reforços. Quando o bebê tiver ganhado mais experiência, pode utilizar sapatos mais rígidos, parecidos com os de uma pessoa adulta.

Conclusões

Como você pode notar, ajudar seu filho a dar seus primeiros passos é bem importante. Deslocar-se de um lado para ou outro lhe dá certa autonomia, mas também é uma mostra de seu desenvolvimento.

Procure respeitar seu ritmo individual e não o force, já que isso poderia ter o efeito contrário. Saiba que para os 12 a 15 meses a criança está apenas aprendendo a caminhar e levará cerca de 4 a 6 anos para aprimorar o andar. Assim que seja paciente e segure sua mão sempre que for necessário.