Como estimular a fala do bebê

· 14 de outubro de 2018
Toda mãe quer ouvir seu bebê falar, mas é um processo que depende da criança e do seu desenvolvimento. Leia o artigo e saiba como estimular a fala em seu bebê.

A fala do bebê pode ser estimulada naturalmente, mas requer de tempo e paciência. A fala é um aspecto muito particular da vida das pessoas, uma vez que não é algo que é ensinado de uma maneira didática, mas é aprendido através da imitação.

Desde a gestação o bebê identifica diferentes formas de comunicação, como tom de voz e entonação das palavras. A fala é a expressão verbal da linguagem. Ela inclui a articulação, que é a maneira pela qual os sons e as palavras são formados. Isto é, a fala do bebê inclui a modulação da palavra e sua entonação.

Diferente disso, a linguagem é o sistema completo de expressar e receber informações com significado. Isso implica que seu bebê entende e é entendido através de comunicação não verbal, como gestos, olhares, e balbucios.

A fala do bebê: por que meu bebê não diz nada?

Pode-se dizer que uma criança demora a falar, se depois de 2 anos não emitir pelo menos duas palavras. Você deve levar em conta que a maioria dos bebês que começa a falar tarde tende a normalizar a velocidade na qual se desenvolve.

Além disso, devemos também levar em conta que os bebês prematuros podem demorar mais para começar a falar.

Leia também: Atenção: essas características indicam que seu filho tem problemas de aprendizagem

Leve-o para terapias da fala

Se você perceber que seu bebê ultrapassou o limite de dois anos e ainda não emite frases curtas, é hora de agir. Avalie sua maneira de se comunicar: ele mostra o que quer com gestos? Ele balbucia? As palavras que diz são espontâneas? A observação é a base de tudo.

Dependendo do que você observar, o é ideal levá-lo a um terapeuta da fala. Este especialista pode ajudar seu bebê com diferentes problemas relacionados à esta condição, bem como problemas de linguagem, como dislexia e dispraxia. Além disso, essas terapias melhoram a capacidade do bebê de se comunicar.

Apoie-se em programas infantis

Atualmente, a televisão contém um grande número de programas educacionais e filmes que podem ajudar seu bebê a se desenvolver na fala e na linguagem. Como explicamos anteriormente, os bebês aprendem por imitação e exemplo.

Busque na programação de sua TV por desenhos animados ou séries que incluam muitos diálogos, e que o ajudem a aprender de uma forma divertida. Além disso, escolha um programa que ajude seu bebê a reconhecer as cores ou coisas. A criança vai entender e repetir a palavra. Além disso, ajude-o a identificar o que a televisão mostra na sala de brinquedos.

Por exemplo, se o programa mostrar a cor vermelha, procure no espaço onde há objetos que têm essa cor e repita a palavra “vermelho”, assim você estimulará a fala do bebê e o ensinará a identificar objetos que estão ao seu redor.

A fala do bebê: brincar é uma forma de estimulação

Fale com ele constantemente

Você provavelmente esteja estimulando o seu bebê na barriga com palavras e sons, mas quando ele nascer, não diminua a frequência com que fala ou canta para ele, pois essa prática faz com que ele desenvolva sua língua e siga seu exemplo.

Tente falar com ele a partir do momento que ele acorda, até que ele adormeça à noite. Durante os nove meses de gestação você pode aprender muito sobre seus gostos. Coloque música, pergunte se ele gostou, ou o que prefere fazer. Observe suas respostas (verbais ou gestuais). Tente fazer frases completas para que ele possa aprendê-las de cor, para que elas o ajudem a entender melhor as diferentes maneiras pelas quais ele pode se expressar.

Veja também: 13 alimentos para aumentar a concentração dos seus filhos

Cante músicas infantis para ele

A música é estimulante para qualquer um, imagine como isso pode influenciar o desenvolvimento da fala do seu filho. Coloque músicas que contenham ritmos marcados e refrões repetitivos. Cantem juntos e tente fazê-lo dizer algumas palavras. Este é um ótimo jogo, assim como ler histórias simples e deixá-lo terminar algumas sílabas.

Outra opção divertida e muito educativa é encontrar músicas que contenham sons identificáveis, como onomatopeias. Desta forma a fala do bebê terá um melhor desenvolvimento e será capaz de identificar os sons dos animais e das coisas. Lembre-se de que a criatividade é a melhor amiga dos pais.

Cante músicas infantis para estimular a fala do bebê

Conclusões

O processo de aprendizagem é diferente para cada criança. Cada uma aprende no seu próprio ritmo e é diferente das outras. Como pai, você deve evitar compará-lo com outros bebês. Essa atitude só traz frustração e estresse que é facilmente transmitida ao seu filho. Tenha calma e se envolva no desenvolvimento do seu pequeno.

O envolvimento dos pais é essencial. Independente de qual técnica você escolher para estimular a fala do bebê, sempre o acompanhe, para que este se sinta apoiado pela pessoa em quem mais confia, e ajude-o de maneira direta a fortalecer esse vínculo familiar.