Como ajudar seus filhos a lidar com a pressão dos colegas?

5 de junho de 2020
Na puberdade e na adolescência, os amigos se tornam o espelho no qual nossos filhos querem se refletir. O que acontece quando o grupo de amigos os pressiona a fazer alguma coisa? Vamos descobrir juntos o que podemos fazer como pais.

Na adolescência, os amigos têm um papel de exemplo. As crianças param de olhar para os pais e começam a olhar para os amigos para escolher como se vestir, conversar e se comportar. O grupo de colegas empurra o jovem em uma direção ou outra, mas como podemos ajudar os nossos filhos a lidar com essa pressão?

Todos nós já passamos por esse estágio em que não há nada mais importante do que “se encaixar”. Sentir-se parte de um grupo é essencial entre os 12 e 20 anos, aproximadamente. Por esse motivo, a pressão dos colegas é de vital importância e pode afetar a vida dos jovens para o bem ou para o mal.

Lidar com a pressão dos colegas

Colocar-se contra o que o grupo de colegas impõe como correto é praticamente pedir para ser colocado em segundo plano. Vamos dar uma olhada nessa situação mais de perto.

Como é a pressão dos colegas?

Lidar com a pressão dos colegas
Na adolescência, a participação em um grupo social tem uma enorme relevância.

As pessoas ao nosso redor influenciam as nossas vidas de uma maneira ou de outra. Durante a adolescência, a influência dos colegas é ainda maior do que em outros estágios. Isso ocorre porque os jovens querem e procuram se identificar com outras pessoas de sua idade para:

Tomar decisões é algo complicado por si só, e ainda mais quando se recebe opiniões contraditórias. É exatamente o que acontece com os jovens: a pressão do grupo os puxa em uma direção, mesmo quando eles acreditam que a coisa certa é fazer exatamente o oposto. Lidar com a pressão dos colegas é extremamente difícil.

Não deixe de ler: Quais são as mudanças psicológicas durante a adolescência?

A pressão dos colegas é sempre negativa?

De um modo geral, quando se fala em pressão dos colegas, focamos nos aspectos negativos. No entanto, existe um outro lado da situação. Como já dissemos, quando se fala em pressão de grupo, nos referimos à influência que os colegas exercem sobre a criança ou adolescente; como tal, esta pode ser positiva ou negativa.

Vamos dar um exemplo: se um amigo do seu filho fosse um ávido leitor e recomendasse um livro que lhe interessasse, após a insistência dele, ele decidiria lê-lo. Nesse caso, falaríamos de uma influência positiva.

Porém, a mais comum é a influência negativa, como convencer um adolescente ou jovem a beber álcool, usar drogas, não assistir às aulas ou participar de zombaria geral com outros jovens.

Os amigos do seu filho podem ajudá-lo a desenvolver novas habilidades e interesses ou, pelo contrário, gerar inclinações para atividades de risco.

Dicas para os pais

Como pais, é nosso dever orientar nossos filhos no caminho que levará ao seu desenvolvimento correto, impedindo-os de participar de atividades ou ações que possam colocar em risco sua integridade física e emocional. Por esse motivo, compartilharemos abaixo como você pode ajudar seus filhos a lidar com a pressão dos colegas:

1. Ensine seus filhos a dizer “não”

Ensinar a dizer 'não' na adolescência
Dizer “não” a tempo pode manter seus filhos longe de influências negativas.

Uma das primeiras palavras que o bebê costuma dizer é ‘não’. Depois, através de inúmeras explicações, ensinamos as crianças a dizer sim. No entanto, é extremamente importante que você ensine seus filhos a avaliar situações e dizer ‘não’ quando houver risco.

  • Você pode brincar de trocar de papel com o seu filho, ou de teatro, e apresentar situações em que ele deve recusar algo.

2. Diga ao seu filho para pensar por si mesmo

Deixar-se levar é uma atitude que pode colocar em risco a integridade do seu filho. Ensine-o a pensar por si mesmo, a considerar possibilidades e a avaliar cenários melhores e piores antes de concordar em seguir o fluxo do grupo.

Você pode se interessar: Mudanças de humor na adolescência: origem e soluções

3. Converse com o seu filho

Conversar com os seus filhos e contar histórias de quando você tinha a idade deles pode ajudá-los a confiar em você. Dessa forma, você reduzirá a diferença de idade e permitirá que ele veja que você também já errou.

4. Fomente a autoestima do seu filho

Fomentar a autoestima das crianças
Fomentar a autoestima desde a infância vai ajudar as crianças a fazer parte de um grupo e a fazer as escolhas apropriadas.

Os jovens com boa autoestima são menos influenciáveis do que aqueles que buscam o reconhecimento constante de seus colegas. Trabalhe a autoestima do seu filho para ajudá-lo a lidar com a pressão dos colegas.

5. Ofereça ao seu filho ferramentas para distinguir entre o bem e o mal

Para tomar decisões, toda criança e adolescente precisa saber reconhecer as atitudes e ações certas e as erradas. Use o seu tempo para ensinar o seu filho a reconhecê-las. A educação em valores é essencial para o seu filho seguir seu caminho sem cair em situações problemáticas.

6. Verifique se o grupo de amigos do seu filho é positivo

Um estudo de 2010 constatou que adolescentes com amigos que fumam ou usam substâncias tóxicas têm uma maior probabilidade de fumar ou usar drogas do que jovens sem amigos ou com um grupo que não mantém esse tipo de comportamento.

Como você pode ver, o grupo de amigos do seu filho e os seus interesses afetarão diretamente as suas ações. Você não pode escolher os amigos do seu filho, mas pode orientá-lo a escolher grupos mais positivos.

Estas são apenas algumas estratégias que você pode usar para ajudar o seu filho a lidar com a pressão dos colegas. Além deles, recomendamos que você converse com o seu filho, conheça os seus interesses e amigos e ajude-o a desenvolver autoconfiança, além da confiança em você para que, diante de qualquer problema, ele não se sinta sozinho ou pressionado.

  • NCBI. (2010). Recent Findings on Peer Group Influences on Adolescent Substance Use. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC3313483/
  • NCBI. (2012). How Can Peer Group Influence the Behavior of Adolescents: Explanatory Model. https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4777050/
  • Academia.edu. RELATIONSHIP BETWEEN DEGREES OF SELF-ESTEEM AND PEER PRESSURE IN HIGH SCHOOL ADOLESCENTS. https://www.academia.edu/34604467/RELATIONSHIP_BETWEEN_DEGREES_OF_SELF-ESTEEM_AND_PEER_PRESSURE_IN_HIGH_SCHOOL_ADOLESCENTS?auto=download
  • KidsHealth. Cómo lidiar con la presión de grupo.  https://kidshealth.org/es/kids/peer-pressure-esp.html