Descubra como curar a azia em apenas 15 dias

· 21 de janeiro de 2019
Se não quisermos voltar a sofrer de azia, devemos prolongar o plano e adaptar nossos hábitos e nossa dieta para que passe a incluir alimentos alcalinos.

A azia é uma sensação de queimação que podemos sentir no estômago ou na garganta. Ela ocorre por causa de um excesso de ácido estomacal.  Neste artigo propomos a você um plano intensivo de 15 dias para curar a azia, acabar com a acidez, melhorar a sua saúde digestiva e,por conseqüência, sua qualidade de vida.

As pessoas que sofrem de azia sabem que há fatores como a dieta, o estresse ou a forma de comer que são essenciais para combatê-la, mas em muitos casos é difícil acabar com ela.

Que alimentos devem ser evitados?

alimentos-que-causam-azia

O plano de 15 dias que lhe propomos pode ser difícil de acreditar, já que parece pouco tempo para obter bons resultados.

No entanto, a chave para o sucesso é ser rigoroso e paciente durante estas duas semanas. Não pule as diretrizes que estamos propondo e verá como a sua saúde digestiva vai melhorar neste tempo.

Primeiramente, para curar a azia, é preciso eliminar totalmente todos os alimentos que possam estar causando o excesso de acidez gástrica:

  • Açúcar e alimentos açucarados.
  • Farinhas refinadas.
  • Sal refinado ou de mesa.
  • Leite e derivados.
  • Carne vermelha e alimentos embutidos.
  • Frituras e gorduras hidrogenadas em geral.
  • Bebidas alcoólicas, refrigerantes e sucos embalados.
  • Café, chocolate e bebidas de cola.

Ver também: 5 hábitos cotidianos que fazem com que os seios caiam

Outros fatores que você deve evitar

como-combater-a-azia

Além dos alimentos que consumimos também devemos estar muito atentos a outros fatores que causam a azia:

  • Cigarro
  • Estresse
  • Medicamentos
  • Beber pouca água.
  • Comer rápido e sem mastigar, bem como em quantidade exagerada ou antes de ter feito a digestão da comida anterior.
  • Misturar muitos alimentos diferentes ou comer fruta na refeição.

Portanto, durante estes 15 dias deveremos evitar estes fatores o máximo possível. Após este plano, no entanto, também devemos restringi-los se não quisermos voltar a sofrer a mesma azia que antes.

Remédios alcalinizantes

sucos-para-combater-azia

O objetivo deste plano de 15 dias é curar a azia de forma natural, ou seja, sem medicamentos que alteram o pH naturalmente ácido do estômago. Para fazer isso, escolheremos remédios com propriedades alcalinizantes:

  • Limão: O limão é um excelente neutralizador da azia, apesar de ser uma fruta ácida.
  • Argila branca: Remédio antiácido natural. À venda em lojas de ervas e produtos naturais.
  • Suco de batata crua com azeite de oliva: Remédio antigo para combater a acidez, bem como tratar as úlceras gástricas.
  • Vegetais verdes: Têm um alto poder alcalinizante.
  • Estévia: Adoçante natural ao mesmo tempo alcalinizante.
  • Amêndoa crua: É a oleaginosa que menos acidifica o nosso organismo.
  • Abacate: Fruta com propriedades e valores nutricionais incríveis, e muito alcalinizante.
  • Chá verde: Bebida medicinal anti-inflamatória, anticancerígena, bem como antioxidante e alcalinizante.
  • Sal marinho ou do Himalaia: Os sais puros e sem refinar, consumidos em pequenas quantidades, também tornam o organismo mais alcalino.

Recomendamos que você leia: Nunca mais jogue fora a casca do limão! Descubra como utilizá-la

Como é o plano para curar a azia?

Durante estes 15 dias seguiremos o seguinte plano:

Em jejum

Beberemos o suco de uma batata média crua misturada com uma colher de sopa de azeite de oliva extra-virgem (15 ml).

Café da manhã

Logo após os vinte minutos, vamos preparar um suco verde para o café da manhã. Este suco pode levar maçã, pera, folhas verdes (espinafre, agrião, rúcula, salsão, etc.), metade de um abacate e um punhado de amêndoas.

Se tivermos mais fome podemos comer algumas torradas ou um sanduíche de pão integral de espelta com um pouco de peito de peru ou tahine (creme de gergelim).

No meio da manhã

Um chá verde com o suco de meio limão e um pouco de estévia para adoçar.

Almoço

salada

O primeiro prato será certamente uma salada verde. O segundo prato pode ser carne de aves, peixe de carne branca, ovo ou legumes. Se quisermos sobremesa, optaremos ou por uma maçã ou por uma pera.

No meio da tarde

Um chá verde com o suco de meio limão e um pouco de estévia para adoçar. Se tivermos fome podemos comer frutas como, por exemplo, maçãs, peras, figos secos, amêndoas, coco, ameixa, abacaxi ou mamão.

Jantar

Legumes no vapor, refogados ou em forma de sopa (berinjela, brócolis, aspargos, etc…) e uma porção de proteína (ervilhas, lentilhas, ovo, peixe de carne branca, cogumelos, amêndoas…).

Antes de ir dormir

Prepare um copo de água com argila branca de uso oral. Siga as indicações e quantidades do produto.

Misture bem com uma colher que não seja de plástico nem de metal. Em seguida, deixe a mistura repousar durante 10 minutos. Beba-a, evitando o depósito sólido no fundo do copo, principalmente em casos de hipertensão ou constipação.

  • LOPEZ, J. E.; SIMONY, Rosana Farah. Hábitos alimentares e estado nutricional de trabalhadores noturnos de uma indústria metalúrgica da cidade de Guarulhos São Paulo. Brasil. Rev. Simbio-Logias, v. 6, n. 9, 2013.
  • BRISOLA, Marlon Vinícius; DE CASTRO, Antônio Maria Gomes. Preferências do consumidor de carne bovina do Distrito Federal pelo ponto de compra e pelo produto adquirido. REGE Revista de Gestão, v. 12, n. 1, p. 81-99, 2005.
  • SALES, Mariana Lázaro; GUIMARÃES, Amabrilha Virgínia Souza. FATORES DE RISCO NO DESENVOLVIMENTO DE CÂNCER GÁSTRICO. Revista Brasileira de Ciências da Vida, v. 5, n. 1, 2017.