9 sinais que nos alertam para uma deficiência de cálcio no corpo

22 de dezembro de 2019
Além das fraturas ósseas ou dos problemas dentais, a queda do cabelo, assim como a pele ressecada ou as unhas quebradiças, podem estar relacionadas com a deficiência de cálcio no organismo

O cálcio é o mineral mais abundante no corpo humano. Ele está presente em maiores quantidades nos ossos e nos dentes. Entretanto, também é encontrado em quantidades significativas no sangue, nos neurônios e demais tecidos.

Estima-se que 70% do sistema ósseo é composto por este mineral que também desempenha um papel fundamental na saúde do sistema nervoso e das células de todo organismo.

De fato, foi comprovado que o cálcio participa na coagulação do sangue e regula o ritmo cardíaco. Além disso, também permite o relaxamento e a contração dos músculos.

Por desempenhar funções tão importantes para o corpo, não é de se estranhar que a sua carência possa causar patologias crônicas, como a osteoporose, problemas articulares e, inclusive, cardiovasculares.

Para descobrir se você está com deficiência de cálcio, basta considerar alguns sinais que o corpo envia através de alguns sintomas que parecem não ter nenhum tipo de relação com os ossos, mas que, sem dúvida, são produzidos pela ausência desse mineral.

1. Cãibras musculares

As cãibras podem ser resultado de uma sobrecarga de tarefas sobre o músculo ou a carência de potássio.

Entretanto, quando aparecem com frequência, e principalmente depois de realizar movimentos cotidianos, podem ser um indício de deficiência de cálcio nos ossos.

Se a dor aparecer nas coxas, panturrilhas e braços, considere aumentar o consumo desse mineral em sua dieta.

Leia também: Remédios naturais para combater a cãibra

2. Insônia

A insônia pode aparecer como resultado de uma deficiência de cálcio e magnésio, alterações hormonais, maus hábitos de vida, entre outros fatores.

Portanto, quando uma pessoa tem problemas para ter uma boa noite de descanso, pode ser necessário fazer um exame de sangue para verificar se está se alimentando adequadamente e se faltam nutrientes.

Note que também existe uma certa relação entre os níveis de nutrientes no sangue (como o cálcio) e problemas como a ansiedade e a depressão.

3. Problemas nos dentes

deficiência de cálcio

Os dentes têm um alto teor desse mineral em sua estrutura. Portanto, uma diminuição também afeta diretamente a sua saúde. Se eles tiverem cáries ou outras infecções dentárias, cor amarelada ou fragilidade, pode haver uma deficiência de cálcio ou algum outro nutriente.

4. Pele seca e unhas frágeis

Ao participar da regeneração celular, o cálcio desempenha um papel importante na restauração da pele e unhas. Quando não há quantidades suficientes, é comum que ocorram problemas como ressecamento, rachaduras e, no caso das unhas, quebras.

5. Transtornos capilares

O ressecamento, a queda e a fragilidade no cabelo são demonstrações suficientes para considerar que há deficiência de nutrientes.

Embora esses distúrbios possam ocorrer por várias razões, vale a pena pensar que pode ser um sinal de que você precisa melhorar a sua dietaPara fazê-lo da maneira mais adequada, o ideal é sempre consultar o médico e o nutricionista.

6. Dor nas articulações e nos ossos

deficiência de cálcio

A dor que ocorre nas articulações e nos ossos tende a alertar sobre doenças crônicas como a artrite e a osteoartrite. No entanto, pode ser devido a uma fratura ou perda de densidade óssea devido à deficiência de cálcio.

7. Pressão arterial alta

Muitos minerais participam da regulação da pressão arterial. O cálcio é um dos responsáveis por mantê-la sob controle, razão pela qual uma deficiência pode causar hipertensão.

8. Dores menstruais

Ainda que as dores menstruais, ou a chamada síndrome pré-menstrual, possam variar de mulher para mulher e ocorrer devido às mudanças hormonais, em alguns casos pode ter alguma relação com a quantidade de cálcio presente no organismo.

Leia também: O que significam os sangramentos vaginais entre períodos menstruais?

9. Fraturas ósseas
deficiência de cálcio

Por causar perda da densidade óssea, a carência de cálcio nos ossos pode originar fraturas ou torções nos tendões.

Por ser essencial para conservar os ossos fortes, uma deficiência representa um alto perigo para sua saúde e, certamente, pode ser a causa de doenças como a osteoporose.

Depois de ler isso, se você considerar que está com deficiência de cálcio, não deixe de consultar um médico para receber o tratamento adequado.

Em geral, você pode aumentar o consumo de alimentos que contêm esse mineral, tais como, por exemplo:

  • Arroz.
  • Peixe.
  • Ovos.
  • Laticínios.
  • Brócolis.
  • Repolho.
  • Laranja.
  • Couve-de-folhas.
  • Espinafre.
  • Oleaginosas.

Nota final

Para descobrir se você tem níveis baixos de cálcio no sangue, seu médico pode solicitar que você realize um teste de painel metabólico básicoNote que este é um teste simples, que não requer nenhuma medida especial. Assim como em um exame de sangue de rotina, tudo o que você precisa fazer é aparecer no laboratório em jejum.

Quando há uma deficiência de cálcio (ou outros nutrientes), nem todos apresentam sintomas, por isso é melhor fazer um exame de sangue e seguir as orientações do médico assim que o diagnóstico for revelado.

Nem sempre é necessário realizar um tratamento quando os níveis de cálcio não estão dentro dos limites normais. É possível que a correção de alguns hábitos de vida, como a dieta, possa resolver a situação. Por outro lado, devemos ter em mente que pode haver certos medicamentos que afetam os níveis de cálcio.

Em alguns casos, o médico pode indicar que um suplemento deve ser tomado por um tempo. No entanto, é sempre recomendável optar pelo consumo de alimentos que contenham cálcio e outros nutrientes, pois isso contribui positivamente para a saúde e oferece benefícios adicionais.