9 motivos para comer abacate

· 6 de março de 2017
Ao comer abacate podemos conseguir benefícios tanto a nível interno, já que favorece a digestão e fortalece os ossos, como a nível externo, pois cuida da nossa pele.

Comer abacate deve estar entre as suas prioridades. Além de oferecer sabor e textura, ele está cheio de ácidos graxos que contêm níveis extremamente baixos de colesterol.

O abacate é uma fruta muito especial da qual você pode encontrar de diversas espécies. Todas elas oferecem às suas refeições um sabor particular, dão uma textura incrível que atrai quase qualquer paladar, são deliciosas e proporcionam muitos nutrientes.

Seu teor calórico é mais baixo do que se acredita, e a maior parte de seu teor de gordura provém de fontes como os fitoesterois. Quer mais razões para comer abacate? Confira a seguir.

Motivos para comer abacate regularmente

1. Promove a boa digestão

Comer abacate promove a boa digestão

Graças ao seu teor de fibra solúvel e insolúvel, ao comer abacate você ajuda o seu sistema digestivo a continuar funcionando sem nenhum problema.

Estes dois tipos de fibras são importantes para a sua digestão, pois ajudam no processo de eliminação daquilo que seu corpo não precisa. Portanto, previnem problemas como a diarreia ou a prisão de ventre.

Quando você consome uma boa porção de abacate, ajuda os alimentos a atravessar o intestino de forma mais ágil.

Também estimula os sucos gástricos e digestivos, o que faz com que os nutrientes sejam absorvidos com mais rapidez e eficácia.

Leia também: 8 sucos de frutas para dizer adeus à prisão de ventre

2. Favorece sua saúde bucal

Comer abacate também ajuda a prevenir a halitose causada pela indigestão ou pelo mal-estar estomacal.

Caso você tenha mau hálito e suspeite que se deve à má alimentação, experimente consumir meio abacate por dia. Se o problema for realmente esse, fazer isso trará ótimos resultados.

Os flavonoides e as propriedades antioxidantes e antibacterianas do abacate também ajudam a eliminar as bactérias da boca.

E se tudo o que foi dito antes parecer pouco, você deve saber que o consumo de abacate está relacionado com a prevenção do câncer de boca.

3. Proporciona pele e cabelo mais saudáveis

Comer abacate proporciona pele e cabelo mais saudáveis

Os abacates estão cheios de nutrientes que ajudam a cuidar e manter a pele saudável.

São capazes de nutrir a pele quando está ressecada, rachada ou danificada. Por este motivo, é normal encontrar uma grande quantidade de produtos de beleza que têm esta fruta como base.

Comer abacate oferece ao seu corpo uma grande quantidade de vitaminas, betacaroteno e licopeno, sem a necessidade de gastar demais em produtos de beleza.

Para complementar suas rotinas de beleza você pode aplicar uma máscara de abacate de vez em quando, embora isso não seja necessário se você consome a fruta com frequência.

4. Favorece a saúde ocular

Por seu teor de carotenoides, comer abacate ajuda a proteger seus olhos contra as cataratas e outras doenças oculares relacionadas à idade e à degeneração macular.

Isto se deve ao fato de que na maioria dos casos estes problemas são causados pelos radicais livres que se acumulam no tecido do olho.

A atividade antioxidante dos carotenoides neutraliza os efeitos destes compostos perigosos.

5. Fortalece seu coração

Comer abacate fortalece seu coração

O abacate contém beta-sitosterol, um composto que ajuda a manter os níveis de colesterol sob controle. Isto significa que comer abacate protege seu coração de arritmias e aterosclerose.

O abacate também é rico em potássio. Este atua como um vasodilatador que relaxa a tensão dos vasos sanguíneos e das artérias.

Outros problemas que esta fruta ajuda a controlar são:

  • Hipertensão
  • Coágulos
  • Ataques cardíacos
  • Acidentes cardiovasculares

6. Supre a deficiência de vitamina K

A deficiência de vitamina K não é uma condição muito comum, mas costuma estar fortemente presente na atenção neonatal.

Quando não temos vitamina K suficiente, podemos apresentar problemas de coagulação, o que pode ser perigoso para uma gravidez ou caso se tenha anemia.

Por este motivo, comer abacate é uma boa ideia para manter os níveis desta vitamina estáveis. O abacate contém quase 40% da vitamina K de que seu corpo precisa diariamente.

7. Combate a artrite

As propriedades anti-inflamatórias do abacate são um dos benefícios mais atraentes e valiosos desta fruta.

Nestas entram em jogo uma grande gama de fitoquímicos, flavonoides, carotenoides, fitoesterois e ácidos graxos ômega 3.

Se você quer reduzir a dor e a inflamação das articulações e dos músculos, inclua em sua dieta um abacate de tamanho médio.

Você não precisa consumi-lo todo de uma vez, e pode dividi-lo em vários pratos ao longo do dia.

8. Fortalece a saúde de seus ossos

Os carotenoides do abacate estão fortemente relacionados com a diminuição dos defeitos da cartilagem. Este é um dos sintomas mais comuns da osteoartrite.

Comer abacate pode ajudar a reduzir o risco de sofrer desta doença.

Ao mesmo tempo, seus altos níveis de minerais (zinco, fósforo, cobre, cálcio e selênio) oferecem benefícios aos ossos e diminuem o risco de sofrer ou piorar a osteoporose, já que aumentam a densidade mineral óssea.

Pode te interessar: 7 ideias para aproveitar todos os benefícios do abacate

9. Melhora a absorção de nutrientes

Comer abacate melhora a absorção de nutrientes

Os nutrientes presentes em frutas e verduras se assimilam melhor quando são combinadas com um pedaço de abacate. Esta combinação te ajuda a absorver entre 3 e 5 vezes melhor os antioxidantes carotenoides.

Esta é uma boa notícia se você come as frutas recomendadas para lutar contra os radicais livres.

Assim, comer de vez em quando uma salada mista ou consumir uma vitamina que inclua abacate pode tornar suas refeições mais saudáveis e benéficas para a saúde.

  • Barrientos Priego, A. (2010). El aguacate. Biodiversitas. https://doi.org/S0304-3940(06)00079-6 [pii]r10.1016/j.neulet.2006.01.037
  • Dabas, D., Shegog, R., Ziegler, G., & Lambert, J. (2013). Avocado (Persea americana) Seed as a Source of Bioactive Phytochemicals. Current Pharmaceutical Design. https://doi.org/10.2174/1381612811319340007
  • Dreher, M. L., & Davenport, A. J. (2013). Hass Avocado Composition and Potential Health Effects. Critical Reviews in Food Science and Nutrition. https://doi.org/10.1080/10408398.2011.556759