9 nutrientes para chegar aos 90 com um coração saudável e forte

23 de maio de 2017
Para conseguir uma boa saúde é fundamental manter um equilíbrio entre os nutrientes, por isso é bom incluir em nossa dieta vários tipos de alimentos naturais.

Existe uma série de nutrientes essenciais que você pode incluir na dieta para chegar aos 90 anos com um coração saudável.

Todos sabem que de pouco serve chegar a esta idade se não tivermos uma boa saúde.

Portanto, um dos maiores objetivos que podemos ter em nosso dia a dia é nos cuidar ao máximo. Assim, conseguiremos que nossa longevidade seja acompanhada de uma autêntica qualidade de vida.

Uma boa saúde depende de muitos fatores, sabemos disso.

No entanto, nossa alimentação ajuda, sem dúvidas, a ter um peso adequado, manter equilibrado nosso colesterol, a pressão arterial e os níveis de açúcar.

Comer bem para viver melhor é a fórmula mágica na qual devemos investir sempre que seja possível.

Por nossa parte, propomos começar a fazer mudanças e incluir em sua dieta estes 9 nutrientes. Assim, você conseguirá ter um coração saudável.

Nutrientes para manter o coração saudável e forte

1. O ômega 3 e os ácidos graxos essenciais

Em nosso blog falamos com muita frequência dos benefícios da dieta mediterrânea.

  • Dentro de todas as propostas que este tipo de dieta nos oferece, se encontram os óleos naturais e o peixe fresco.
  • É deles que são obtidos os ácidos graxos monoinsaturados (ácido oleico), imprescindíveis para reduzir o colesterol e os triglicerídeos.

Além disso, ao incluir em nossa alimentação estes nutrientes baseados no ômega 3, conseguiremos prevenir a inflamação cardiovascular.

Descubra 7 dicas para ter um coração saudável 

2. O magnésio

magnesio

  • O magnésio é um mineral essencial para produzir um tipo de energia que favorece o relaxamento dos músculos, principalmente dos cardíacos.
  • Manter níveis adequados de magnésio então, nos ajudará a prevenir derrames cerebrais e ataques do coração.
  • Como dado curioso: geralmente são as mulheres que mais sofrem com o déficit deste mineral.
  • Sendo assim, não tenha dúvidas em consultar seu médico sobre a necessidade ou não de tomar complementos dietéticos que incluam magnésio.

3. A coenzima Q10

A coenzima Q10 trabalha em colaboração com o magnésio, o selênio, a vitamina C, a vitamina E e o zinco.

Um equilíbrio destes nutrientes, portanto, garantirá chegar a idades avançadas com um coração mais saudável.

Agora veja bem, é importante saber que a coenzima Q10 é um antioxidante que se encontra em determinados alimentos. Entretanto, devem ser consumidos com moderação, e buscando sempre os que sejam de origem mais saudável, mais orgânicos.

Seriam os seguintes:

  • Carne de frango ou peru
  • Ovos
  • Cavalinha
  • Sardinha
  • Salmão

4. A vitamina D

vitamina D

Estamos começando a reconhecer todos os grandes benefícios que a vitamina D nos oferece.

  • O simples fato de tomar pequenos, mas regulares, “banhos de sol” ajudará a nos proteger de uma variedade de doenças, e muitas delas têm a ver com o coração.

Você encontrará este nutriente nos ovos, no peixe, e inclusive em alguns lácteos enriquecidos com a vitamina D.

5. A vitamina C

A vitamina C é um poderoso antioxidante que não pode faltar em nossa dieta caso queiramos chegar aos 90 em plena forma.

  • A vitamina C previne o dano celular, reduz o colesterol ruim (LDL) e nos ajuda a ter artérias mais fortes e mais flexíveis.
  • Não tenha dúvidas por isso, em começar o dia com um copo de água morna com limão.
  • Lembre-se, além disso, de preparar ricas saladas combinando, por exemplo, morangos com espinafre e nozes ou pedacinhos de peite de peru com sementes de romã ou kiwi.

6. Os probióticos

probióticos para um coração forte

É possível que você tenha se surpreendido ao ver os probióticos nesta lista para cuidar do coração.

Devemos começar a dar um pouco mais de consideração à nossa saúde intestinal.

É que algo tão perigoso como ter uma flora bacteriana doente supõe um sistema imunológico mais fraco e, por outro lado, sofrer com inflamações sistêmicas.

Uma má saúde intestinal faz com que absorvamos mal os nutrientes e, portanto, apareçam graves e progressivos problemas para o nosso coração.

Descubra 7 complicações que a hipertensão causa

7. A alicina

A alicina é um composto encontrado no alho, e é aquele que lhe confere o cheiro tão característico.

Possui um poderoso efeito em nossa saúde cardíaca e arterial, já que nos permite combater a inflamação dos vasos sanguíneos. Além disso, melhora o fluxo de sangue.

Não tenha medo e inclua o alho em sua alimentação diária. Para isso, basta amassá-los suavemente e reservá-los durante 5 minutos antes de incluí-los nos pratos.

Deste modo, os efeitos da alicina se potencializam ainda mais.

8. O licopeno

licopeno para um coração saudável

Esta substância é um carotenoide muito importante para nos proteger frente a várias doenças do coração.

Graças ao licopeno contido nos tomates ou nas cenouras aumentamos a flexibilidade das artérias e melhoramos a função do tecido endotelial para enfrentar a arteriosclerose.

9. A vitamina E

Você encontrará a vitamina E no abacate, no espinafre ou nas amêndoas.

Estes alimentos nos ajudarão a reduzir o colesterol mau (LDL) e aumentar os níveis do bom (HDL), porque possuem propriedades antioxidantes e protetoras.

Agora veja bem, lembre-se sempre de que é necessário manter um equilíbrio com o resto dos nutrientes.

Sofrer com um déficit de magnésio ou de vitamina C pode fazer com que se rompa a fórmula mágica que tanto cuida de nossa saúde cardiovascular.

E lembre que é fundamental a visita regular ao cardiologista.

As dicas foram úteis pra você? Sendo assim, continue visitando nosso blog com mais artigos para o seu bem estar.

Mansur, A. de P., & Favarato, D. (2012). Mortalidade por doenças cardiovasculares no Brasil e na região metropolitana de São Paulo: atualização 2011. Arquivos Brasileiros de Cardiologia. https://doi.org/10.1590/S0066-782X2012005000061