Limpe as artérias naturalmente com esses alimentos

5 de fevereiro de 2019
Sabia que, entre seus diversos benefícios, o azeite de oliva extra virgem pode ajudar a limpar as artérias e cuidar da saúde cardiovascular?

A alimentação desempenha um papel muito importante na saúde e, portanto, é primordial garantir que seja da melhor qualidade. Com isso é possível, apenas com alguns alimentos, manter a saúde do corpo e das artérias.

Hoje em dia, o mercado está repleto de uma ampla variedade de alimentos light que, longe de serem saudáveis, influenciam em transtornos como a obesidade, as doenças cardiovasculares e os desequilíbrios hormonais.

O problema é que a indústria e a publicidade conseguiram vender ideias falsas aos consumidores para que baseiem sua dieta nestes produtos.

No entanto, muitos especialistas em saúde advertem que o consumo excessivo de alimentos ricos em gorduras afeta a saúde arterial, eleva os níveis de colesterol e aumenta o risco de doenças graves.

Felizmente também há boas decisões alimentares que apoiam o processo de limpeza do corpo para evitar todos estes efeitos negativos.

A seguir queremos compartilhar os nove alimentos que devem ser consumidos de forma regular para limpar as artérias.

9 alimentos para limpar as artérias

1. Suco de romã

Suco de romã para limpar as artérias

Está comprovado que o suco natural de romã é um dos alimentos com maior número de antioxidantes benéficos para a saúde.

De fato, supera outras fontes saudáveis como as amoras, os mirtilos e as laranjas.

Seu consumo regular limpa as artérias, minimiza os efeitos negativos da aterosclerose e mantém controlados os níveis de colesterol ruim ou LDL.

Leia mais: 8 incríveis benefícios do romã para a saúde

2. Peixes gordurosos

Esta variedade de peixes é a maior fonte de ácidos graxos ômega 3; um nutriente que o corpo não produz mas que, ao ser absorvido, ajuda a melhorar a saúde cardiovascular.

Ao adicioná-los à dieta, pelo menos duas vezes por semana, pode-se desobstruir as artérias, regular os níveis de lipídios e prevenir o endurecimento.

Cabe destacar que também têm um efeito anti-inflamatório que é benéfico para as veias dilatadas.

Alguns dos recomendados são, por exemplo:

  • O salmão
  • A cavalinha
  • O atum
  • A truta
  • O arenque
  • A sardinha

3. Repolho fermentado

Repolho fermentado para limpar as artérias

O repolho fermentado é uma fonte natural de bactérias saudáveis que influenciam de forma positiva a saúde digestiva e do sistema cardíaco.

Ao acrescentá-la à dieta melhora-se os processos de depuração do organismo, reduz-se os níveis de colesterol e ajuda-se a degradar as substâncias químicas tóxicas.

O melhor de tudo é que fortalece o sistema imunológico e previne o desenvolvimento de muitas doenças infecciosas.

4. Azeite de oliva

Em suma, o azeite de oliva extra virgem é uma fonte saudável de ácidos graxos essenciais que estimulam a limpeza natural das artérias.

Seu consumo em sua forma crua ajuda a eliminar o excesso de triglicérides e colesterol; e por outro lado, diminui o risco de ataques cardíacos e derrames cerebrais.

Seus antioxidantes protegem diante dos efeitos negativos dos radicais livres e previnem o endurecimento das veias.

5. Sementes de gergelim

Gergelim para limpar as artérias

As sementes de gergelim demonstraram ser eficazes para proteger o coração, aliviar os problemas circulatórios e evitar a progressão da aterosclerose.

Além disso, contêm ácidos graxos, antioxidantes e compostos anti-inflamatórios que, entre outras coisas, beneficiam a saúde arterial.

Saiba mais: Receitas deliciosas de arroz com gergelim

6. Tomates

Os tomates contêm um poderoso antioxidante conhecido como licopeno, o qual ajuda a reduzir a oxidação do colesterol ruim ou LDL nas paredes arteriais.

Embora se possa aproveitar seus benefícios ao consumi-los crus, em saladas ou sucos, a verdade é que ao cozinhá-los aumentamos suas propriedades.

7. Aveia

Aveia para limpar as artérias

As fibras presentes na aveia não só são boas para melhorar a digestão, como também ajudam a metabolizar o colesterol e as gorduras.

Por isso, ao consumi-la todos os dias, ou pelo menos três vezes por semana, as artérias se limpam por si só e eliminam os resíduos prejudiciais.

8. Frutos secos

Os frutos secos não apenas representam uma alternativa saudável aos aperitivos para acalmar a fome, mas também são uma boa escolha para evitar a obstrução arterial e as doenças do sistema cardiovascular.

Além disso, contêm gorduras monoinsaturadas e ácidos graxos ômega 3 cuja ação no corpo ajuda a evitar o acúmulo de colesterol ruim ou LDL.

Escolha opções como, por exemplo:

  • Avelã
  • Amêndoas
  • Pistache
  • Amendoim

9. Melancia

Melancia para limpar as artérias

A melancia é uma fruta com um teor calórico muito baixo e um alto aporte de substâncias antioxidantes que protegem as artérias.

Suas propriedades diuréticas ajudam a controlar a inflamação. Assim como melhoram a circulação do sangue e favorecem a expulsão dos resíduos que circulam através da corrente sanguínea.

Ainda mais, contém um aminoácido essencial conhecido como L-citrulina que é eficaz no controle da pressão arterial.

Assim, há alimentos realmente benéficos para as artérias e todo o sistema cardiovascular.

Por isso, trate de consumi-los com mais regularidade e não se esqueça de apoiá-los com uma alimentação balanceada.

  • Werkman, C., Granato, D. C., Kerbauy, W. D., Sampaio, F. C., Brandão, A. A. H., & Rode, S. M. (2008). Aplicações terapêuticas da Punica granatum L.(romã). Revista Brasileira de Plantas Medicinais10(3), 104-111.
  • Jardini, F. A., & Mancini Filho, J. (2007). Avaliação da atividade antioxidante em diferentes extratos da polpa e sementes da romã (Punica granatum, L.). Revista Brasileira de Ciências Farmacêuticas43(1), 137-147.
  • Silva Miranda, G., Navajas Rennó, L., Brandão Machado, B., Lopes Silva, J., Pinto, R., & Rodrigo Oliveira, M. (2014). Efeito do consumo da aveia e farinha da casca de maracujá sobre a glicemia e lipemia em um grupo de voluntários. Revista de Ciências Farmacêuticas Básica e Aplicada35(2).
  • Shami, N. J. I. E., & Moreira, E. A. M. (2004). Licopeno como agente antioxidante. Revista de Nutrição17(2), 227-236.