8 sinais de que você está com deficiência de magnésio

3 de abril de 2017
Ainda que não levemos em conta, este é um dos minerais mais importantes em nosso organismo, e a deficiência de magnésio pode afetar, entre outros aspectos, nossos níveis de energia.

Desde pequenos somos ensinados que devemos comer vegetais para obter as vitaminas e minerais de que nosso corpo precisa.

Aprendemos que devemos consumir quantidades suficientes de vitamina C, ferro e ácido fólico. No entanto, já lhe falaram algo sobre o magnésio? Você já ouviu sobre a sua importância?

A primeira coisa que você deve saber é que o magnésio é um mineral. É fundamental para o organismo, porque afeta:

  • O sistema nervoso
  • Os dentes
  • O metabolismo
  • A oxigenação dos músculos
  • A formação de proteínas

Por isso não devemos subestimar a deficiência de magnésio. Preste atenção se você estiver apresentando estes sinais, e certifique-se de consumir magnésio suficiente.

Alertas que podem indicar deficiência de magnésio

1. Dores musculares

dores-musculares

A deficiência de magnésio é um dos principais causadores das dores musculares. Os sintomas que você deve se atentar são:

  • As câimbras
  • Espasmos musculares
  • Tremores

Isto se deve à atuação do magnésio na oxigenação dos músculos, deixando-os relaxados. Por isso, quando falta este mineral os espasmos musculares aparecem.

Se você notar que estes problemas surgiram de uma hora para outra e não têm outra causa, aumente o consumo de magnésio. Em pouco tempo você vai notar o desaparecimento do problema.

Ver também: Como preparar álcool de alecrim e castanha da Índia para tratar a dor muscular e articular

2. Calcificação das artérias

Mesmo que não seja comum ser o primeiro sintoma de deficiência de magnésio, é um dos mais perigosos.

A calcificação das artérias causada por baixos níveis de magnésio pode trazer problemas coronários tais como ataques cardíacos e outras doenças do coração.

Na verdade, metade de todos os pacientes com ataque de coração recebem injeções de cloreto de magnésio. Isto é feito para retardar a coagulação do sangue e a calcificação.

3. Fadiga

Este sintoma não costuma ser levado a sério por parecer normal, principalmente se seus horários costumam estar cheios de compromissos.

No entanto, você deve entender que sentir cansaço ou vontade de vomitar é extremamente delicado quando se torna recorrente.

Neste caso pode ser que seu organismo precise expulsar algo que não lhe faz bem, ou que esteja faltando algum mineral, como o magnésio.

Se você tem fadiga várias vezes ao dia ou durante a semana, o melhor que pode fazer é começar a tomar magnésio para descartar que tenha deficiência deste mineral.

Se persistirem os sintomas, consulte um médico.

4. Dificuldades para dormir

insonia

Durante a noite os níveis de magnésio caem. Se isso for somado à deficiência do mineral, é possível que você sofra de insônia frequentemente.

O magnésio também tem muito a ver com o sistema nervoso central, o que pode dificultar o descanso ou a chegada do sono.

Se você já tentou de tudo para dormir melhor e simplesmente não consegue, consuma mais alimentos ricos neste mineral ou passe a ingerir algum suplemento alimentar.

Lembre-se de que a melhor forma de determinar se este é o problema é com um exame médico.

5. Desejo por chocolate

Sabemos que particularmente neste ponto muitas pessoas dirão que sempre tem deficiência de magnésio para então poderem comer seu chocolate preferido sem remorso.

No entanto, quando estamos falando de “desejo”, não queremos dizer a vontade que normalmente temos para comer um pouco de doce.

O chocolate amargo é rico em magnésio. Por isto, quando você tem uma deficiência deste mineral, nosso corpo envia sinais de desejo para obter o que precisa.

6. Problemas de pressão arterial

pressao-arterial

Aqueles que consomem adequadamente o magnésio têm melhores níveis de pressão arterial.

Um estudo da Universidade da Carolina do Norte (Estados Unidos) mostrou que o risco de hipertensão é 70% menor em mulheres com os níveis adequados de magnésio.

Se você mantém uma vida saudável, com atividades físicas regulares, e ainda assim continua tendo problemas com pressão arterial, é recomendado aumentar a ingestão de magnésio.

Vá ao médico para receber um diagnóstico preciso.

7. Falta de energia

O magnésio é necessário nas reações que produzem energia nas células.

O ATP, ou trifosfato de adenosina, é a principal fonte de energia nas células e deve se unir ao um íon de magnésio para ser ativado.

Em outras palavras, sem magnésio você literalmente não terá energia a nível celular. Isto se apresenta como:

  • Fadiga
  • Falta de energia
  • Falta de unidade nas células

Se da noite para o dia você começar a sentir que não tem energia para fazer aquilo que antes considerava normal, talvez esteja com baixos níveis de magnésio.

Recomendamos a leitura: Como preparar água alcalina para perder peso, aliviar a fadiga e prevenir doenças

8. Problemas com sua saúde óssea

O cálcio sempre é considerado o mineral mais importante para a saúde óssea, mas na verdade o magnésio tem uma importância igual, ou até maior.

Caso você tenha os níveis de magnésio baixos, os ossos sofrem  de muitas formas.

O magnésio é necessário para que a vitamina D ative a absorção de cálcio, por isso é importante obter magnésio suficiente quando se toma vitamina D.

O magnésio também é necessário para estimular a calcitonina, o hormônio que drena o cálcio dos músculos e dos tecidos macios e nos ossos.

Isto ajuda a explicar por que o magnésio ajuda a reduzir o risco de ataque cardíaco, osteoporose, artrite e cálculos renais.

Recomendados para você