8 alimentos que irão fazer você ir ao banheiro

6 de dezembro de 2018
Se você cuidar dos seus intestinos, promoverá o ótimo funcionamento do organismo. Ao consumir esses alimentos ricos em fibras, você melhorará a frequência com a qual vai ao banheiro

Se você tiver problemas de prisão de ventre e não consegue ir ao banheiro regularmente, preste atenção a essas recomendações.

Esta podem ajudar a aliviar o problema. Se você incorporar esses alimentos à sua dieta, é possível notar a diferença.

Antes de tudo, saiba que no cólon são encontrados nada menos do que 100 bilhões de parasitas, bactérias e leveduras.

É essencial consumir muita água e alimentos ricos em fibras, assim como frutas e vegetais que promovam a quantidade e a combinação perfeita de micróbios.

1. Sementes de linhaça ajudam ir ao banheiro

Sementes de linho ajudam ir ao banheiro

As sementes de linhaça poderão ajudar a ir ao banheiro com mais frequência.

Em suma, é um tipo de semente que constitui uma ótima fonte de fibra, não inferior a 2 gramas por colher de sopa.

Dessa forma, tornam-se uma grande ajuda para pessoas que têm dificuldade para ir ao banheiro.

A melhor parte é que pode-se combiná-las praticamente com qualquer alimento que puder imaginar.

Portanto, não hesite, são as opções ideais para adicionar em vitaminas ou até mesmo em molhos para macarrão. Experimente.

Saiba mais: Benefícios da água de linhaça

2. Maçãs

As maçãs são caracterizadas por possuírem uma grande quantidade de minerais e nutrientes essenciais.

Ademais, permitem preservar o bom funcionamento do organismo. E graças ao fato de possuírem um tipo de fibra solúvel chamada pectina, irão ajudá-lo a ativar o trânsito intestinal.

3. Passas

Comer passas de uva ajuda ir ao banheiro

As passas são ricas em fibras. Tanto que uma única pequena passa contém 1 grama de fibra, por isso é um tipo de alimento que pode ser muito útil no momento de ir ao banheiro.

Como se isso não bastasse, é um alimento que contém açúcares como sorbitol e frutano, que atuam como laxantes. Assim como também serão benéficos.

4. Kiwi

Os kiwi são frutas que irão ajudá-lo a conseguir evacuar. Um único kiwi é capaz de fornecer pelo menos 5 gramas de fibra.

Além disso, este tipo de fruta é rico em vitamina C e tem uma grande quantidade de antioxidantes; por isso também é um bom produto para a pele e os intestinos.

5. Laranjas

Comer laranja ajuda ir ao banheiro

As laranjas são ricas em vitamina C e esta característica é conhecida por todos, mas muitas pessoas não sabem que ela também tem muita fibra.

Então, se você quiser comer uma laranja, evite consumi-la na forma de suco e escolha, em todos os casos, comer a fruta inteira, para que você possa se beneficiar de toda a fibra presente e com uma ingestão mínima de calorias.

Leia também: 11 usos da laranja que você não conhecia

6. Aveia

A aveia é caracterizada por suas propriedades anticolesterol, mas também é um alimento capaz de fornecer pelo menos 2 gramas de fibra solúvel e insolúvel a cada meia xícara.

Esta fibra recobre e suaviza as fezes e ajuda o corpo a descartá-las de forma mais eficaz e rápida.

7. Iogurte

Comer iogurte ajuda ir ao banheiro

O iogurte é outro dos alimentos poderosos que podemos tomar para ir ao banheiro com uma maior regularidade.

Graças à bactéria probiótica lactobacillus, que promove os movimentos intestinais; funcionará muito bem nas pessoas com o trânsito intestinal lento.

8. Feijão

O feijão é um tipo de leguminosa capaz de fornecer quase duas vezes mais fibras do que muitos vegetais.

Além disso, é um alimento muito versátil e que pode ser consumido em pratos diferentes.

Desta forma, os feijões podem ser ingeridos em ensopados de diferentes maneiras e, claro, também em saladas. Outra opção é comê-los através de hambúrgueres, após terem sido previamente cozidos.

Como qualquer um desses alimentos, se o incorporarmos à nossa alimentação diária, veremos que a bioquímica de nossos intestinos vai melhorar e não teremos problemas para ir ao banheiro.

Se você cuidar dos seus intestinos, promoverá o ótimo funcionamento do organismo.

Além disso, com estas recomendações, é possível conseguir isso.

Por isso, não deixe de experimentar uma solução ideal e eficaz para o problema; trate-o como merece, antes de ficar ainda pior.

  • De Morais, M. B., & Maffei, H. V. L. (2000). Constipação intestinal. J Pediatr76(2), 147-156.
  • Gomes, R. C., Maranhão, H. S., Pedrosa, L. D. F. C., & Morais, M. B. D. (2003). Consumo de fibra alimentar e de macronutrientes por crianças com constipação crônica funcional. Arquivos de Gastroenterologia.
  • Collete, V. L., Araújo, C. L., & Madruga, S. W. (2010). Prevalência e fatores associados à constipação intestinal: um estudo de base populacional em Pelotas, Rio Grande do Sul, Brasil, 2007. Cadernos de Saúde Pública26, 1391-1402.