7 motivos pelos quais você pode não estar perdendo peso

· 24 de janeiro de 2019
Ainda que seja difícil aceitar, todos sabemos que para chegar ao nosso peso ideal devemos combinar uma dieta balanceada com hábitos de vida saudáveis e uma rotina de exercícios.

Por mais que se esforce, você acha que não está perdendo peso?

Atualmente uma das coisas que mais preocupa às pessoas em geral é o peso. Esse é um fator considerado pela maioria das pessoas, tanto devido à saúde quanto por estereótipos implantados pela sociedade.

Assim, surgem dietas extremistas, exercícios e equipamentos que prometem resultados satisfatórios na hora de diminuir as medidas. Entretanto, em algumas ocasiões seguimos tais dietas e exercícios recomendados sem ver os resultado, sem que percamos o peso desejado, e esse “incidente” pode ter diversas causas.

Chegar ao peso ideal é resultado de um equilíbrio entre uma dieta saudável, uma rotina constante de exercícios e bons hábitos de vida.

Em seguida, discutiremos uma série de fatores que impedem que o corpo regule as dietas e o exercício de forma positiva para nossa aparência e saúde. Não deixe de conferir!

Não consegue perder peso? Conheça alguns fatores determinantes

1. Não dormir

O primeiro fator que pode interferir se você não está perdendo peso é não dormir bem e durante o tempo suficiente.

Quando não controlamos adequadamente o sono os hormônios da fome são alterados. Isso aumenta a produção do hormônio que abre o apetite, o que exige ao cérebro o consumo constante e exagerado de alimentos.

É recomendável ter um descanso mínimo de oito horas por dia. Assim, o corpo regula o metabolismo e realiza os trabalhos necessários durante o sono. Isso garante uma boa qualidade de vida.

Dormir mal pode ser um dos fatores para você não estar perdendo peso

2. Consumir açúcar em excesso

O consumo excessivo de açúcares aumenta as calorias no organismo e diminui o processo metabólico. Isso causa uma acumulação de gorduras e açúcares que podem fazer com que ganhemos peso e massa corporal.

Não está perdendo peso? É preciso considerar muito bem os alimentos que consome e conhecer sua tabela nutricional e os ingredientes que a compõem. Assim, evitará os açúcares que podem nos fazer ganhar peso sem que nos demos conta.

Veja mais: A dieta sem açúcar: tudo o que precisa saber

3. Não equilibrar o consumo de calorias

Está claro que as calorias tem grande responsabilidade na obesidade ou no ganho de peso. Mas, é preciso buscar um equilíbrio entre o consumo de calorias e nutrientes.

Além disso, deve-se evitar que a obsessão por cortar calorias nos faça cortar também alimentos que oferecem os nutrientes ideais para mantermos uma boa saúde e melhorarmos o metabolismo.

Não equilibrar o consumo de calorias pode ser outro fator para não estar perdendo peso

4. O sedentarismo

O sedentarismo e a falta de atividade física podem causar um ganho acelerado de peso, gerando sobrepeso e obesidade. Logo, podem ser os responsáveis por você não estar perdendo peso.

Assim, o recomendável é praticar trinta minutos de atividade física, não importando o tipo de exercício que você deseja praticar.

Má alimentação

Uma má alimentação pode ser o motivo de você não estar perdendo peso. O sedentarismo e o consumo de comidas prontas são o pior inimigo para quem quer emagrecer.

Muitas pessoas, por falta de tempo, preferem comer alimentos congelados ou comidas prontas que não oferecem nenhum nutriente essencial ao corpo.

Pelo contrário, esse tipo de comida injeta um grande teor de gorduras e calorias que fazem com que ganhemos peso e que, em excesso, podem prejudicar a saúde do corpo.

Lembre-se que uma boa alimentação garante a saúde, o bem-estar e o peso desejado, esse último acompanhado de uma boa rotina de exercícios.

Não está perdendo peso? Cuidado com a má alimentação e o consumo de fast-food
(Foto: PABLO TESTIGOCRIMINAL/ Flickr.com)

6. Hormônios

Um dos fatores pelos quais a perda de peso também pode ser atrasada é devido a uma mudança hormonal no organismo.

Nesse caso é recomendável consultar um médico para conhecer o motivo dessa mudança. Ela pode estar fazendo com que ganhemos peso, e assim, deve-se descartar algum traumatismo ou causa de maior gravidade que afete a saúde do corpo.

Além disso, também é recomendável consultar um nutricionista que nos permita conhecer os alimentos que devemos consumir para nos ajudar a superar essa etapa.

Leia também: Qual a relação entre os hormônios e o controle de peso?

7. Falta de ácidos graxos na alimentação

Um outro fator que influencia nessa questão pode ser o não consumo do nível necessário de ácidos graxos em nossa alimentação.

Há muito tempo acreditava-se que para emagrecer ou perder peso era preciso eliminar as gorduras dos alimentos que consumimos.

Mas, é indispensável esclarecer que existe um tipo de gordura necessária para o bom funcionamento do metabolismo. Essa, por sua vez, ajuda o organismo a se desfazer das gorduras prejudiciais. Assim, gera um bom estado de saciedade, evitando que o apetite aumente.

Portanto, ela produz a ingestão de alimentos. Essas gorduras essenciais são: os ácidos graxos presentes no óleo de linhaça, o óleo de peixe, as nozes e as sementes.

Considere esses fatores chaves que podem estar interferindo em sua meta para perder peso.

Assim, conhecendo-os é possível compará-los e descobrir qual está exercendo influencia sobre seu organismo ou pode estar te fazendo mal.

Por fim, a partir disso, você pode promover uma mudança de hábitos. Por fim, pode construir de um guia nutricional minucioso que te garanta saúde, bem-estar e um bom resultado estético.

  • Amzallag, W. (2000). De perder peso, al control del peso. Revista cubana de investigaciones biomédicas, 19(2), 98-115.
  • Ades, L., & Kerbauy, R. R. (2002). Obesidade: Realidades e Indagações. Psicologia USP, 13(1), 197-216.