7 hábitos para ter confiança em si mesmo

2 de junho de 2018
Estabelecer nosso marco de referência interno nos permitirá ter mais confiança, já que não precisaremos da aprovação dos demais em todo o momento. A conformidade com nossas ações deve vir de nós mesmos.

A desconfiança em si mesmo é uma das coisas mais comuns que se pode apresentar nos adolescentes. Porém, todos estamos a mercê de passar por alguns episódios que nos gerem desconfiança, sem importar a nossa idade.

Se não a tratarmos a tempo, pode se transformar em uma doença muito grave, a ponto de que possamos cair em uma depressão moderada ou uma depressão severa ou grave.

Neste artigo propomos 7 hábitos para ter confiança em si mesmo.

7 hábitos para ter confiança em si mesmo

1. Escolha bem seus amigos e se afaste de pessoas tóxicas

Os amigos fazem com que aumente a confiança em si mesmo

Quando escolhemos bons amigos, criamos relações saudáveis e vínculos estáveis, que nos ajudam a nos sentir bem com nós mesmos. De fato, um bom amigo pode tirar o melhor de nós.

Um amigo pode reafirmar nossa estima própria e ressaltar aspectos positivos de nossa personalidade que se quer nós mesmos sabíamos que tínhamos. Por isso, devemos procurar amigos de verdade, que confiem em nós e nós neles.

Não devemos estar próximos de pessoas que só nos menosprezam, que sempre têm algo pessimista ou negativo para nos dizer e, se não pudermos censurar sua companhia, devemos censurar suas palavras para que não nos afetem.

Veja também: Se você estiver passando por uma situação difícil, anime-se!

2. Faça exercícios regularmente

Cuidar da saúde física fazendo exercícios ajuda o corpo a liberar substâncias químicas e da energia ao organismo. Se o faz com frequência vai melhorar sua aparência física, o que com certeza vai aumentar muito a sua confiança.

Dormir bem é outro fator chave, já que durante a noite o corpo recupera energias. Se não o fizer com certeza ficará de mau humor, com mal estar no corpo e muito cansado, o que vai tirar energias de seu corpo.

3. Não diga que sim quando quer dizer não

Você deve aprender a reclamar seus direitos de maneira assertiva. Ou seja, sem ser agressivo, mas sem arranhar a passividade.

Você pode dizer a alguém: “esse comentário não me parece apropriado, faz com que eu me sinta mal”. Ali está o segredo. Falar de “como me sinto” ao invés de julgar uma situação por como ela é.

Se nos acostumarmos a dizer as coisas como as sentimos quando as sentimos, o desenvolvimento de nossa própria estima será melhor. Além disso, praticaremos a arte de ser francos, porém respeitosos.

4. Procure por sua paixão na vida

Homem com confiança em si mesmo

Se você se sente menos, ou foi menosprezado por toda a vida, falar de sua paixão te ajudará a ganhar ou recuperar a confiança em si mesmo. Quando você encontra uma atividade, esporte, hobby ou trabalho, sua vida se enriquece.

Sente a satisfação de fazer algo tremendamente bem e isso te faz se sentir mais confiante. Inclusive, quando outros observam seu desempenho isso pode fazer com que valorizem seu talento e te façam saber.

Agora, aí vem o quinto ponto.

Recomendamos ler: 5 dicas para combater seu medo à solidão

5. Seu marco de referência deve ser interno, não externo

Quando você dá muita importância às opiniões dos outros, vai estar sempre descontente. Por quê? Porque é impossível satisfazer a todo mundo. Além disso, é muito triste ter que viver para satisfazer aos outros.

O esquema de aprovação sobre o que você é deve provir de você mesmo, de seus valores, do que considera bom e ruim, não do que outros opinam de você.

Assim, você já sabe, seu ponto de referência deve vir de dentro.

6. Aprenda com o fracasso e siga adiante

A desconfiança em nós mesmos faz com que falhemos

Não fique preso nos fracassos. Ninguém é perfeito. Assim, se você errou, aprenda a lição e siga adiante com a sua vida.

Isso não significa que deva viver como se ninguém importasse, ou como se os erros não doessem, mas se você se paralisa neles ou se enfraquece, erros do passado podem vir a minar a sua confiança.

E assim chegamos ao ponto número seis.

7. Comemore seus triunfos e deleite-se positivamente neles

Lembre-se de seus bons momentos, celebre-os. Siga o princípio de “o que se celebra se repete”. Pense no que fez de bom e assim poderá se livrar de muitos complexos.

Você vai se surpreender em saber que muitas pessoas tímidas têm uma versão distorcida de si mesmas e costumam minimizar suas vitórias e sucessos. Assim que, alegre-se e celebre o bom da vida.

Estes 7 hábitos para ter confiança em si mesmo são de eficácia comprovada. Tente colocá-los em prática, pode ser de um em um. Não desanime, lembre-se de que tudo leva o seu tempo.

Não se apresse, nem queira fazer as mudanças de um dia para o outro, você deve ir vencendo os obstáculos de pouco a pouco. Coloque a meta de vencer todos e cada um dos obstáculos que se apresentem.

Faça-o diariamente até que se transformem em um hábito.

Recomendados para você