7 benefícios de tomar colágeno diariamente

17 Novembro, 2020
Embora possamos tomá-lo em forma de suplementos, a melhor maneira de consumir colágeno e obter todos os seus benefícios é através de alimentos que o incluam de forma natural, como o espinafre

Muitas pessoas consideram que, para manter uma pele bonita e saudável por mais tempo, é necessário tomar colágeno diariamente após uma certa idade.

É comum ver diversos tipos de anúncios de produtos de colágeno (cremes, loções, máscaras, entre outros) para o cuidado da pele. Também podemos encontrar suplementos com esse elemento (na forma de pós, cápsulas, comprimidos).

No entanto, você realmente sabe o que é o colágeno, o que ele pode fazer no corpo e como podemos tirar proveito dele? Vamos descobrir a seguir.

O que é o colágeno?

O colágeno é uma proteína que está presente no organismo. É um dos componentes mais abundantes na pele e nos ossos, portanto, está associado à formação de células ósseas, cartilagens e pele.

De fato, a Dra. Elisa Martin Cano define o colágeno como “a proteína mais importante do corpo” e comenta que sua função não é apenas dar elasticidade aos tecidos, mas também suporte e resistência.

O que acontece quando tomamos colágeno?

Ao tomar colágeno, o corpo não produz essa mesma substância, ele divide o colágeno em seus componentes (que são os aminoácidos) e formará qualquer proteína. Portanto, ao tomar um suplemento de colágeno, não ajudamos o corpo a produzi-lo.

Em outras palavras, quando ingerimos um suplemento de colágeno, ele não vai diretamente para a cicatriz que queremos eliminar ou para a articulação do joelho que queremos melhorar.

Em vez disso, ele se decompõe em aminoácidos, que ficam livres no corpo e que podem servir tanto para formar cartilagem na ponta do pé (para fazer uma unha, por exemplo) ou até para fazer crescer o cabelo.

7 benefícios ao tomar colágeno diariamente

Por tudo isso, considera-se que o consumo de suplementos de colágeno pode ser benéfico para a saúde. De fato, esse tema foi estudado em várias ocasiões.

Vamos ver o que costuma estar associado ao consumo diário de suplementos de colágeno, dentro de um estilo de vida saudável.

1. Pode ajudar a nutrir os músculos

Acredita-se que, para ter um corpo saudável, esbelto e bem tonificado, seja essencial tomar colágeno para nutrir os músculos. Isso também pode ajudar a facilitar a recuperação depois de treinos mais intensos.

No entanto, não há evidências de que tais benefícios possam ser obtidos com a ingestão de suplementos de colágeno. Portanto, é melhor manter bons hábitos de vida e seguir as instruções do médico.

Descubra: 4 melhores exercícios para definir seus músculos rapidamente

2. Melhora a saúde da pele

Acredita-se também que a ingestão de colágeno promoveria a geração de novas células e, com isso, talvez as cicatrizes mais recentes possam ser eliminadas. No entanto, como comentamos antes, o colágeno ingerido não vai exatamente para o ponto que se deseja “restaurar”.

Em estudo publicado em 2015, concluiu-se que o consumo de suplementos com peptídeos de colágeno específicos por via oral pode contribuir para a saúde da pele e a melhoria de sua estrutura.

3. Também melhora a saúde óssea e articular

De acordo com as crenças, tomar suplementos de colágeno (sem consultar seu médico) pode ajudar a manter a flexibilidade e a lubrificação das articulações. No entanto, há quem discorde.

Mesmo assim, há quem considere que, se o médico os prescrever, os suplementos podem ajudar a cuidar da saúde dos músculos, ossos e articulações, mas sempre no âmbito de uma alimentação equilibrada e uma rotina de exercícios adequada. Nunca sozinhos.

4. Ajudaria a manter a elasticidade da pele

À medida que o corpo envelhece, ele perde colágeno. Portanto, devemos começar a tomá-lo (através de suplementos) para evitar o aparecimento de rugas e imperfeições.

No entanto, é necessário considerar que o consumo desta proteína não é a solução para o envelhecimento. Portanto, devemos continuar confiando em bons hábitos de vida. Os suplementos podem ajudar a manter a elasticidade da pele, mas não impedem 100% o desenvolvimento de rugas.

5. Pode contribuir para a sensação de saciedade

Por ser uma proteína, acredita-se que o seu consumo (como parte de uma refeição, como café da manhã ou lanche) ajudaria a saciar o apetite e evitar petiscar entre as refeições, evitando, assim, o consumo de snacksdoces, salgadinhos e guloseimas.

Leia: Como a alimentação influencia a microbiota?

6. Ajudaria a manter a elasticidade dos vasos sanguíneos

Segundo algumas hipóteses, o consumo de colágeno ajudaria a manter a elasticidade dos vasos sanguíneos e, em geral, a saúde do sistema cardiovascular. Por isso, há quem considera que seu consumo talvez possa reduzir os riscos de problemas de pressão arterial e condições cardíacas.

7. Pode contribuir para a saúde ocular

A relação entre tomar suplementos de colágeno e saúde visual ainda está sendo estudada. No entanto, há quem acredite que o prognóstico pode ser positivo.

Por fim, acredita-se que o uso de colágeno possa manter a saúde visual (especificamente da córnea) e prevenir doenças que possam afetar esse sentido. No entanto, para que isso aconteça, é fundamental manter outros bons hábitos de vida.

O colágeno não previne nem cura doenças oculares por conta própria. Portanto, ele deve sempre ser incluído em um estilo de vida saudável.

Como tomar colágeno diariamente?

Caso o médico tenha indicado o consumo de algum tipo de suplemento de colágeno, será necessário seguir suas instruções. Por outro lado, tomando ou não suplementos, é aconselhável manter uma alimentação equilibrada.

Algumas fontes de colágeno que podem ser usadas para complementar a dieta são vegetais verdes (brócolis, couve, espinafre, alface), sardinha, ostras e frango.

Se você tiver dúvidas sobre como se alimentar adequadamente, é melhor consultar o seu médico ou nutricionista. O profissional pode ajudar você a escolher a melhor opção e decidir como mantê-la ao longo do tempo.

  • Lee, C. H., Singla, A., & Lee, Y. (2001). Biomedical applications of collagen. International Journal of Pharmaceutics. http://doi.org/10.1016/S0378-5173(01)00691-3
  • Eyre, D. (2002). Collagen of articular cartilage. Arthritis Research. http://doi.org/10.1186/ar380
  • Gomez-Guillen, M. C., Gimenez, B., Lopez-Caballero, M. E., & Montero, M. P. (2011). Functional and bioactive properties of collagen and gelatin from alternative sources: A review. Food Hydrocolloids. https://doi.org/10.1016/j.foodhyd.2011.02.007
  • Asserin, J., Lati, E., Shioya, T., & Prawitt, J. (2015). The effect of oral collagen peptide supplementation on skin moisture and the dermal collagen network: Eevidence from an ex vivo model and randomized, placebo-controlled clinical trials. Journal of Cosmetic Dermatology. https://doi.org/10.1111/jocd.12174