7 alimentos antienvelhecimento que você deveria incorporar à sua dieta

· 5 de junho de 2017
Embora não possamos parar o envelhecimento nem a passagem do tempo, podemos aumentar o consumo de certos alimentos que nos ajudam a minimizar os seus efeitos sobre o organismo.

Você sabia que existem alguns alimentos antienvelhecimento que podemos incorporar ao nosso dia a dia?

O envelhecimento é um processo biológico que todos nós temos que enfrentar em algum momento de nossas vidas.

Embora haja uma grande variedade de tratamentos e técnicas para atrasar os sinais internos e externos, a verdade é que sua chegada é inevitável.

Em cada pessoa começa a manifestar em diferentes formas e idades, geralmente após os 45 anos.

No entanto, por vezes, se desenvolve muito antes, pois alguns fatores externos podem acelerar o seu início.

A exposição contínua à toxinas, a má alimentação e os raios UV do sol são apenas uma fração dos responsáveis ​​por essa condição.

O mais preocupante é que, além das rugas na pele, estes hábitos podem levar ao desenvolvimento de algumas doenças que afetam a qualidade de vida.

Felizmente, se incorporarmos na dieta alimentos antienvelhecimento de alta qualidade nutricional, podemos reverter seus efeitos para evitar essas consequências.

Interessado em conhecê-los?

Os melhores alimentos antienvelhecimento

1. Cenouras

cenouras

As cenouras são ricas em compostos antioxidantes como betacaroteno, protegem a saúde dos olhos, neutralizam os efeitos negativos dos radicais livres e do sol.

Estes compostos, aliados à sua contribuição de minerais e água, proporcionam uma barreira protetora contra os danos oxidativos das células. Assim, evitam o envelhecimento precoce e doenças crônicas associadas com esta condição.

O ideal é comê-las cruas, tanto em saladas ou sucos.

Quer saber mais? Leia:  Como preparar um xarope de cenoura e mel para expelir catarro

2. Abacate

Considerado por muitos como “o fruto da juventude”, o abacate é um dos melhores aliados para prevenir a doença e os sinais de envelhecimento.

Contém gorduras monoinsaturadas e aminoácidos essenciais que, após absorvidos, estimulam a regeneração celular para ter um corpo saudável e jovem.

Por sua vez, estas substâncias controlam os desequilíbrios em processos inflamatórios do corpo, reduzindo o risco de doenças nas articulações e no sistema cardiovascular.

Além disso, contém uma quantidade significativa de vitamina E, um antioxidante que reverte os efeitos do dano celular na pele.

3. Chocolate amargo

chocolate-amargo

O chocolate amargo, ou seja, aquele feito com mais de 60% de cacau, é um alimento cujos antioxidantes e gorduras saudáveis ​​retardam o envelhecimento celular.

Seus nutrientes não só fornecem energia extra ao corpo, mas promovem o processo de regeneração para evitar doenças crônicas e inflamatórias.

Na verdade, graças aos seus compostos saudáveis, proporciona benefícios interessantes para a saúde cognitiva, melhorando o humor e a capacidade de concentração.

4. Melão

Os melões são altamente recomendados para todos os planos alimentares porque contêm poucas calorias e são ricos em água e antioxidantes.

São atribuídas aos melões propriedades diuréticas, desintoxicantes e anti-inflamatórias, que no organismo ajudam a combater o acúmulo de líquidos e toxinas.

Ao incorporá-los na dieta regular, fornecem ao corpo suporte no processo de regeneração celular e os efeitos do envelhecimento precoce são evitados.

5. Vegetais de folhas verdes

vegetais-de-folhas-verdes

Os vegetais de folhas verdes, em todas as suas variedades, são alimentos excelentes para a proteção geral do organismo.

Caracterizados por seu alto teor de fibras, antioxidantes e proteínas de alta qualidade, são um apoio para a atividade celular e para o sistema imunológico.

Suas contribuições de betacaroteno exercem um efeito protetor sobre a pele e os olhos, porque reduzem a deterioração causada pela luz solar e a poluição.

Além disso, suas vitaminas e minerais ajudam a reduzir o colesterol e a pressão arterial elevada, duas condições que aumentam o risco cardiovascular.

6. Frutas silvestres

As frutas silvestres contêm grandes quantidades de vitamina C, um nutriente antioxidante que ajuda a melhorar a atividade celular e a produção de colágeno e elastina.

Sua ingestão melhora a circulação sanguínea e, com isso, estimula o processo de oxigenação das células prevenindo o aparecimento dos sinais de idade.

Sua contribuição de vitaminas, fibras e minerais apoia as funções dos principais sistemas do corpo, promovendo a eliminação de toxinas.

Visite este artigo:  4 deliciosas vitaminas detox que podem ser preparadas em casa

7. Frutos secos

frutos-secos

Os frutos secos são alimentos com muitas propriedades contra o envelhecimento dos órgãos internos e da pele, uma vez que contêm colágeno e outros aminoácidos que ajudam na regeneração celular.

As nozes e amêndoas são dois bons exemplos, pois contêm ácidos graxos ômega 3 e vitamina E, conhecidos pelo seu papel de proteção contra a inflamação e toxinas.

Anime-se a aumentar o consumo destes alimentos antienvelhecimento mencionados, complemente-os com uma dieta equilibrada, e descubra como eles são bons para o seu bem-estar.