6 jantares saudáveis ​​para superar a insônia de forma natural

Para combater a insônia, devemos escolher jantares de digestão rápida para que nosso corpo não precise trabalhar excessivamente. Com isso, podemos adormecer com mais facilidade.

Neste artigo apresentamos seis jantares saudáveis ​​e nutritivos que possuem propriedades relaxantes para o sistema nervoso. Dessa forma, eles irão ajudá-lo a prevenir a insônia naturalmente.

A insônia é um transtorno que pode causar outros problemas de saúde. Não podemos esquecer que é essencial ter um boa noite de sono para que nosso organismo se regenere e para que nós despertemos com energia e vitalidade.

Por que eu tenho insônia?

A insônia pode estar relacionada a muitos fatores, especialmente com distúrbios do sistema nervoso, como estresse, nervosismo, ansiedade, etc…

No entanto, também devemos levar em consideração o horário em que não conseguimos dormir ou acordamos durante a noite, pois pode estar relacionado a algum órgão:

  • Das 11 da noite a 1 da manhã: vesícula biliar.
  • De 1 a 3 da manhã: fígado.
  • De 3 a 5 da manhã: pulmão.
  • Das 5 às 7 da manhã: intestino.

Jantares saudáveis e relaxantes

Nós apresentamos a seguir seis opções interessantes de jantares saudáveis, já que são digeridos bem e rapidamente, e possuem propriedades relaxantes sobre o sistema nervoso.

Com esses alimentos, podemos regular o sistema nervoso naturalmente.

1. Salada de abacate e sementes

Salada de abacate e sementes

O abacate é uma fruta rica em proteínas, gorduras, fibras e ácidos graxos essenciais. Este superalimento é ideal a qualquer hora do dia, mas à noite tem a vantagem de fornecer tudo o que precisamos, além de ser facilmente digerido.

  • Um jantar rápido, simples e nutritivo consiste em amassar ou cortar o abacate e misturá-lo com diferentes tipos de sementes (abóbora, girassol, linhaça, gergelim ou chia), que também são alimentos com muitos nutrientes.
  • Este prato é excelente acompanhado com torrada de arroz ou milho.

2. Compota de maçã com nozes

A maçã cozida ou assada possui efeitos sedativos muito adequados para relaxarmos quando estamos nervosos, e até mesmo quando esse nervosismo afeta o estômago. É um alimento muito regulador para todo o organismo.

  • Se combinarmos a maçã com algumas nozes, obteremos uma quantidade extra de proteína, antioxidantes e fibras.
  • No entanto, também não devemos abusar das nozes. Apenas um punhado por dia é suficiente.

3. Cremes de vegetais com wakame

Cremes de vegetais com wakame

Os cremes de vegetais são ricos em vitaminas, minerais e fibras, o que os torna muito saciantes.

  • Podemos escolher diferentes tipos de vegetais, dependendo da estação, e em vez de batata ou queijo, para torná-los mais digestivos, adicionaremos um pouco de wakame. Esta alga fornece textura e cremosidade sem alterar o sabor dos cremes.
  • Em geral, os vegetais cozidos têm propriedades relaxantes, ao contrário dos vegetais crus, que têm a virtude de ativar nosso metabolismo.

4. Salada de batata-doce, alface e kiwi

A batata-doce é um tubérculo muito nutritivo e adequado para jantares saudáveis, uma vez que é rica em carboidratos saudáveis, proteínas vegetais, fibras, vitaminas A, do grupo B, C, E e K e minerais como ferro, magnésio, cálcio ou zinco.

  • Podemos preparar uma deliciosa salada quente com batata doce cozida, alface e kiwi.
  • A alface tem propriedades sedativas e o kiwi favorece um bom trânsito intestinal.
  • Você pode temperar esta salada com um vinagrete de mostarda com pedaços de pepino.

5. Sopa de aveia e ervilhas

Sopa de aveia e ervilhas

As sopas são opções digestivas, suaves e saciantes para um bom jantar. Entre os diferentes ingredientes que podemos usar, temos dois muito adequados para consumir antes de dormir:

  • Aveia: este cereal tem propriedades que regulam o sistema nervoso, quer soframos de distúrbios como estresse, ansiedade ou depressão, ou se estamos cansados ​​e tristes. Também é muito benéfica para o sistema digestivo.
  • Ervilha: é a leguminosa mais digestiva e também regula os níveis de açúcar no sangue.

6. Trigo sarraceno com cogumelos

O trigo sarraceno, apesar do seu nome, não é um cereal nem tem glúten.

A nível nutricional está a meio caminho entre os cereais e as sementes, por isso é muito nutritivo, rico em proteínas, e é fácil de digerir.

  • Você pode cozinhá-los de forma semelhante a qualquer cereal, como o arroz.
  • Uma boa ideia é combiná-lo com cogumelos, uma vez que eles também são um superalimento natural rico em nutrientes.
Recomendados para você