Desintoxique o fígado com 6 alimentos

· 24 de dezembro de 2018
Como a saúde hepática é essencial para que o resto do corpo funcione sem problemas, é bom incluir na dieta alimentos que ajudam a desintoxicá-lo naturalmente

O fígado é um dos principais órgãos do corpo humano e está localizado na parte superior da cavidade abdominal, acima do estômago, intestinos, e rim direito.

Sua função é regular a maioria das substâncias químicas do corpo e secretar uma substância chamada bile.

A bile ajuda a transportar resíduos para fora do fígado e degrada gorduras no intestino delgado durante o processo de digestão.

Além disso, esse órgão processa, decompõe e equilibra tudo o que vem do estômago e intestinos. Bem como metaboliza os medicamentos para que o corpo possa usá-los sem efeitos tóxicos.

Outras funções do fígado são, por exemplo:

  • Converter o excesso de glicose em glicogênio.
  • Regular os níveis de aminoácidos no sangue.
  • Metabolizar o álcool.
  • Controlar a coagulação do sangue.
  • Depurar a  bilirrubina.

Conhecendo as funções vitais que esse órgão desempenha é possível compreender como é importante mantê-lo saudável.

Além disso, isso é fácil de alcançar se incluirmos na dieta alimentos desintoxicantes e depurativos.

Quando desintoxicar o fígado?

Fígado

O ideal é consumir alimentos que desintoxicam e mantenham o seu fígado saudável de forma constante, para evitar danos e inconvenientes.

No entanto, caso não costume ter uma dieta equilibrada fique atento aos sinais de um fígado intoxicado.

São estes:

  • Náuseas após ingerir alimentos gordurosos.
  • Dor abdominal.
  • Constipação.
  • Síndrome do intestino irritável.
  • Mau hálito, acompanhado por manchas brancas na língua.

Se esses problemas começarem a aparecer constantemente, procure incluir os seguintes alimentos na dieta, tanto quanto possível:

Veja também:  7 sinais precoces de câncer colorretal que não se deve negligenciar

Alho

O alho é depurativo e promove a saúde hepática através da sua contribuição de selênio, arginina, vitamina B6 e C.

  • O selênio auxilia no processo de desintoxicação por suas propriedades antioxidantes.
  • A arginina é um aminoácido que promove o relaxamento de vasos sanguíneos e ajuda a manter os valores de pressão de sangue saudáveis no fígado.
  • A vitamina B6 é um anti-inflamatório, enquanto a vitamina C tem um efeito antioxidante em todas as células (incluindo as células desse órgão).

Toranja ou grapefruit

Suco de toranja para desintoxicar o fígado

  • Toranja é uma fruta cítrica com elevadas quantidades de vitamina C.
  • O ideal é consumir uma toranja por dia. Caso opte por beber o suco, lembre-se de que o recomendado é não exceder um copo (200 ml).

No entanto, seria melhor tomar um suco de toranja com água para não consumir mais açúcar do que o normal.

  • Se não quiser consumir com água, é possível usar o suco de toranja como parte das bebidas verdes. Dessa forma, estará complementando a dieta.

Para desintoxicar e manter o seu fígado saudável é necessário comer vegetais, tais como:

Rúcula e espinafre

A rúcula e o espinafre aumentam a produção da bile, que elimina as toxinas da corrente sanguínea e neutraliza os efeitos de metais tóxicos, pesticidas e de outros produtos químicos que alguns alimentos podem conter.

Beterraba

Suco de beterraba para desintoxicar o fígado

Graças a seu aporte de antioxidantes e fibras solúveis a beterraba ativa a função hepática para limpar o sangue.

Brócolis e couve-flor

Da família das crucíferas (Cruciferae) tanto brócolis como couve-flor ajudam a produzir as enzimas necessárias para remover as toxinas do corpo.

Abacate

O abacate é rico em glutationa, um dos antioxidantes que favorecem a depuração hepática.

Além disso, fornece:

  • Vitamina C que ajuda no processo contra a oxidação celular, neutraliza radicais livres, bem como protege células do fígado.
  • Vitaminas E e K que têm propriedades anti-inflamatórias.

NozesNozes para desintoxicar o fígado

  • As nozes contêm ácidos graxos ômega 3 e glutationa. Assim sendo, são desintoxicantes e depurativas.
  • Evitam o acúmulo de gordura no fígado e participam na criação de membranas celulares fortes em torno das células deste órgão.
  • Lembre-se de não consumir mais de 5 nozes por dia devido à quantidade de calorias que contêm.

Cúrcuma

Graças  à curcumina, seu ingrediente ativo, a cúrcuma é amplamente utilizada por culturas orientais por ser um grande antioxidante e anti-inflamatório. Por isso, é ideal para a saúde do fígado.

Além disso, ajuda no processo de desintoxicação e rejuvenescimento das células e aumenta a produção de bile.

Recomendamos a leitura:  Como preparar uma bebida anti-inflamatória de açafrão e leite de amêndoas

Desintoxique o fígado pelo menos a cada seis meses

Desintoxicar o fígado é algo que deve ser feito pelo menos duas vezes por ano. Em síntese, por se tratar de um órgão vital, responsável por várias funções que proporcionam uma boa qualidade de vida se for bem cuidado.

Além disso, lembre-se de evitar o excesso de alimentos prejudiciais, tais como frituras e produtos industrializados.

Ainda mais, se os alimentos mencionados neste artigo não são uma parte regular de sua dieta, tente incorporá-los gradualmente.

  • Teixeira, C. C. C. (2009). Desenvolvimento tecnológico de fitoterápico a partir de rizomas de Curcuma longa L. e avaliação das atividades antioxidante, anti-inflamatória e antitumoral (Doctoral dissertation, Universidade de São Paulo).
  • Costa, T., & Jorge, N. (2015). Compostos bioativos benéficos presentes em castanhas e nozes. Journal of Health Sciences13(3).
  • Salgado, J. M., Bin, C., Mansi, D. N., & Souza, A. (2008). Efeito do abacate (Persea americana Mill) variedade hass na lipidemia de ratos hipercolesterolêmicos. Ciência e tecnologia de Alimentos28(4), 922-928.
  • Leonêz, A. C. (2009). Alho: alimento e saúde.
  • Rigotti, M., & Agronomia, D. Os benefícios à saúde da beterraba.