7 sinais precoces de câncer colorretal que não se deve negligenciar

Embora seja verdade que os sintomas do câncer colorretal podem indicar outras doenças menos graves, é aconselhável procurar um especialista caso apresente dois ou mais deles.

O câncer colorretal é uma das formas mais perigosas e mortais da doença e, segundo dados da Organização Mundial de Saúde (OMS), afeta de 10 a 15% da população mundial.

Origina-se quando as células do cólon crescem de forma descontrolada e ocasionam tumores no revestimento do intestino grosso.

Tal como ocorre com outros tipos de câncer, pode atacar de forma rápida e dar origem a muitas complicações no organismo.

É altamente mortal e há um alto risco de ocorrer quando se tem pólipos no cólon, antecedentes familiares ou colite ulcerativa.

A detecção precoce aliada a um bom tratamento médico podem aumentar a expectativa de vida daqueles que estão sofrendo com a doença.

Devido a isso, é muito importante conhecer os sintomas iniciais e, naturalmente, procurar um especialista no caso de qualquer suspeita.

Sinais de câncer colorretal

1. Mudanças nos hábitos intestinais

habitos-intestinais

Tanto a prisão de ventre como a diarreia podem estar relacionadas com anormalidades nas células do cólon.

Ter evacuações incompletas, incontinência intestinal ou apresentar uma diminuição das fezes é suficiente para consultar o médico.

Embora quase sempre isso ocorra por maus hábitos ou patologias comuns, é necessário considerar como possível fator de risco esse tipo de câncer.

Queres conhecer mais? Leia: As dores nas articulações estão relacionadas com bactérias no intestino?

2. Sangue nas fezes

Segundo afirma a Clínica Cleveland, a presença de sangue nas fezes é um dos sinais mais relevantes do câncer colorretal.

Apesar de ser um sintoma associado a várias patologias digestivas, sua ocorrência pode alertar sobre a presença de tumores no intestino.

Além disso, é comum entre aqueles com risco de doença como:

  • Gastrite
  • Colite ulcerativa
  • Doença de Crohn
  • Constipação crônica

3. Anemia

anemia

A anemia é uma doença provocada pela diminuição dos glóbulos vermelhos, responsáveis pelo transporte do oxigênio para todas as células do corpo.

Os portadores dessa enfermidade sofrem fortes episódios de fadiga e fraqueza, até mesmo quando têm boa qualidade de sono e alimentação saudável.

Embora seja causada por questões genéticas, nutricionais ou perda excessiva de sangue, não se descarta a tendência de ocorrer repentinamente em pacientes com câncer colorretal.

4. Dor abdominal

É muito difícil considerar a dor abdominal como um sinal de câncer, já que na maioria dos casos, ela se deve à indigestão ou a problemas estomacais comuns.

No entanto, quando é recorrente e inexplicável é importante que seja analisada minuciosamente por um especialista.

O fato de ocorrer de repente pode indicar que algo está alterando o ambiente do intestino.

Pode ser uma alteração na flora bacteriana, ou então um alerta de que as células estão crescendo de forma excessiva.

5. Perda de peso repentina

perda-de-peso

A perda de peso é uma das coisas mais desejadas pelas pessoas com sobrepeso e obesidade.

É alcançada através de um plano alimentar saudável e a prática de exercício físico regular.

No entanto, em alguns casos ela ocorre de forma súbita e sem esforço algum, quase sempre como sinal de alerta de alguma doença.

No caso do câncer colorretal, se apresenta pela diminuição do apetite e das deficiências nutricionais que a provocam.

6. Vômitos

Os vômitos causados pela indigestão ou dificuldade digestiva são normais e, geralmente, desaparecem em pouco tempo.

Contudo, quando se tornam um sintoma recorrente, involuntário e sem razão aparente, é primordial ficar atento.

O câncer colorretal geralmente é provocado quando as células começam a ter uma atividade anormal. Isso, por sua, conduz à desidratação,  fadiga e excesso de acidez.

Visite este artigo: 6 exercícios simples para reduzir a inflamação e melhorar a digestão

7. Acúmulo de gases

gases

O acúmulo de gases no intestino é provocado pelas alterações na flora bacteriana devido ao desenvolvimento do câncer colorretal.

Evidentemente é um sintoma que pode estar associado a outras mudanças no corpo, pois também pode ser originado pelo consumo de alguns alimentos, doenças comuns e a prática de alguns hábitos pouco saudáveis.

Saber identificar estes sintomas e observar se são recorrentes será determinante para um diagnóstico precoce.

Apresentar dois ou mais sintomas ao mesmo tempo é razão suficiente para solicitar os exames médicos pertinentes.

Recomendados para você