5 truques para desinfetar as esponjas da cozinha

19 de maio de 2019
Embora à primeira vista você não perceba, as esponjas de cozinha estão cheias de micro-organismos que podem ser prejudiciais. Como desinfetá-las? Descubra várias opções aqui

Você sabe por que é importante desinfetar as esponjas de cozinha regularmente? Embora este elemento nos ajude nas tarefas de limpeza, com o tempo ele pode se tornar uma importante fonte de bactérias e micro-organismos prejudiciais. 

Portanto, é essencial aprender diferentes métodos para a desinfecção diária, preferencialmente após cada uso. Se você ainda não sabe como fazê-lo, não perca as 5 soluções que compartilharemos abaixo.

Por que você deve desinfetar as esponjas da cozinha?

A esponjas da cozinha são elementos usados ​​para limpar pratos e outros utensílios. Devido ao seu material, elas são ideais para remover facilmente os resíduos de gordura e os alimentos que aderem aos pratos. Então… por que elas podem se tornar prejudiciais?

A resposta é simples: a umidade e as microfissuras fazem dela um lar perfeito para bactérias como a E. coli. Salmonella ou Campylobacter, entre outros. Nestes tipos de ambientes, elas podem proliferar mais facilmente, sobrevivendo por até duas semanas.

Quando usada para esfregar pratos, muitos desses micro-organismos podem se espalhar entre diferentes utensílios, aumentando o risco de infecção. Felizmente, basta substituí-las regularmente ou usar algumas fórmulas para mantê-las limpas.

Soluções para desinfetar as esponjas da cozinha

Embora os métodos para desinfetar as esponjas da cozinha sejam bastante úteis, você deve substituí-las aproximadamente duas vezes por mês. Embora elas possam parecer bem externamente, no interior elas podem abrigar resíduos e bactérias prejudiciaisConsiderando isso, agora vamos ver as soluções para desinfetá-las.

Confira ademais: 6 maneiras de lavar e desinfetar as pias de sua casa

1. Vinagre branco

Soluções para desinfetar as esponjas da cozinha

O vinagre branco é um dos melhores produtos naturais para desinfetar as esponjas da cozinha. Devido à sua concentração de ácidos orgânicos, ele altera o ambiente no qual os micro-organismos precisam proliferar. Além disso, remove odores e vestígios de gordura.

Como usá-lo?

  • Primeiro, ferva um copo de água.
  • Posteriormente, misture com uma parte igual de vinagre branco.
  • Em seguida, deixa a esponja de molho por cerca de 20 minutos.
  • Após esse tempo, aperte e pressione-a para ajudar a remover a sujeira.
  • Finalmente, se você considerar necessário, dê uma última lavagem com sabão e água.

2. Detergente líquido

As propriedades do detergente líquido para lavar louça podem ajudar a limpar completamente as esponjas da cozinha. No entanto, para uma limpeza mais profunda, é melhor suplementá-lo com água fervente.

O que fazer?

  • Para começar, dissolva uma colher de detergente líquido em uma panela de água fervente.
  • Em seguida, mergulhe a esponja (tenha cuidado, porque você pode se queimar).
  • Após cerca de 20 minutos, enxágue e remova os resíduos.

3. Forno de micro-ondas

Forno de micro-ondas para desinfetar esponjas

O forno de micro-ondas é um bom aliado quando se trata de eliminar micro-organismos patogênicos das esponjas de cozinha. As altas temperaturas alteram seu ambiente úmido característico, o que gera um bloqueio no crescimento dos micro-organismos.

O que fazer?

  • Tenha em mente que algumas esponjas são feitas de materiais sintéticos que podem derreter quando expostos a altas temperaturas. Portanto, antes de usar este método, é melhor introduzir a esponja em um recipiente com água e vinagre.
  • Insira o recipiente no micro-ondas por 2 minutos e depois o remova.
  • Se a sua esponja tiver um cheiro desagradável ou úmido, esse método o eliminará instantaneamente.
  • Claro, tenha cuidado ao removê-la, pois você pode se queimar.

4. Suco de limão

Não é o desinfetante mais poderoso, mas é uma boa alternativa quando você não tem outras soluções à mão. O suco de limão é um antibacteriano natural que pode ajudar na desinfecção de superfícies e elementos. Use-o se notar suas esponjas sujas ou com maus odores.

O que fazer?

  • Extraia o suco de vários limões e despeje-o em água quente.
  • Em seguida, deixe a esponja de molho por 20 minutos.
  • Depois, lave com água fria e sabão líquido.

5. Óleo essencial de malaleuca para desinfetar as esponjas

Óleo essencial de malaleuca

A última opção recomendada para desinfetar as esponjas da cozinha é o prodigioso óleo essencial de malaleuca. Este ingrediente, embora famoso por suas aplicações terapêuticas, é uma ótima solução para eliminar micro-organismos em diferentes superfícies. Até ajuda a minimizar o cheiro de umidade e mofo.

Não deixe de ler: 4 maneiras de desinfetar os panos de cozinha

O que fazer?

  • Primeiro, adicione 15 a 20 gotas de óleo essencial de malaleuca em uma xícara de água fervente.
  • Mergulhe a esponja e deixe de molho por 20 minutos.
  • Em seguida, enxágue e esprema para remover os detritos. Se você perceber que ainda parece sujo, aplique um pouco de sabão.

Você não costuma limpar as esponjas da sua cozinha? Agora que você sabe como é importante, não hesite em recorrer a qualquer um dos métodos de desinfecção mencionados anteriormente.

  • Cardinale, M., Kaiser, D., Lueders, T., Schnell, S., & Egert, M. (2017). Microbiome analysis and confocal microscopy of used kitchen sponges reveal massive colonization by Acinetobacter, Moraxella and Chryseobacterium species. Scientific Reports. https://doi.org/10.1038/s41598-017-06055-9
  • Erdogrul, Ö., & Erbilir, F. (2000). Microorganisms in Kitchen Sponges. Internet Journal of Food Safety.
  • Wolde, T., & Bacha, K. (2016). Microbiological Safety of Kitchen Sponges Used in Food Establishments. International Journal of Food Science. https://doi.org/10.1155/2016/1659784
  • Rossi, E. M., Scapin, D., Grando, W. F., & Tondo, E. C. (2012). Microbiological Contamination and Disinfection Procedures of Kitchen Sponges used in Food Services. Food and Nutrition Sciences. https://doi.org/10.4236/fns.2012.37129
  • Speirs, J. P., Anderton, A., & Anderson, J. G. (1995). A study of the microbial content of the domestic kitchen. International Journal of Environmental Health Research. https://doi.org/10.1080/09603129509356839