5 possíveis erros pelos quais você ainda está solteiro

Se você continua solteiro mas queria estar em uma relação, reveja o seu passado, suas crenças e expectativas. Mostraremos como isso pode te ajudar a encontrar um amor duradouro.
5 possíveis erros pelos quais você ainda está solteiro

Última atualização: 24 março, 2022

Há muito tempo você se sente pronto para um relacionamento. No entanto, passam-se meses ou anos e isso não acontece. Talvez seja difícil encontrar pessoas que pensam como você, ou as suas experiências não passam de alguns encontros frustrantes. O que você está fazendo de errado? Por que tem tanta má sorte? Se você faz essas perguntas a si mesmo com frequência, mostraremos a seguir alguns erros que são a causa de você ainda estar solteiro.

Estar solteiro é uma opção tão válida quanto a vida a dois. Essa é uma decisão que cada pessoa deve tomar com base nas próprias circunstâncias pessoais.

No entanto, é inegável que existe uma pressão social significativa nesse sentido e que, quando essa solidão é imposta e indesejada, pode gerar grande desconforto. Desta forma, mesmo que você pense que o seu futuro depende da sorte ou do destino, verá que vários fatores dependem de você.

Estar solteiro por escolha ou imposição?

Em primeiro lugar, é importante tirar da cabeça a ideia de que ter um parceiro é obrigatório. Frequentemente somos pressionados por pessoas próximas, pela mídia e pela sociedade em geral a nos relacionarmos e, se não o fazemos, somos rotulados como estranhos, errados ou fracassados.

Isso leva muitas pessoas a decidirem se relacionar por medo ou razões egoístas, como manter um status ou ter alguém com quem ir a eventos sociais. Um relacionamento construído sobre essas bases não será saudável nem satisfatório. Portanto, antes de mais nada, pergunte a si mesmo se você realmente deseja ter um parceiro.

Uma união afetiva implica na decisão diária de compartilhar a vida com o outro, buscando bem-estar e crescimento conjunto. Este é o seu objetivo? Do contrário, é preferível que você trabalhe nos seus medos e na necessidade de aprovação antes de se aventurar a conhecer outras pessoas. Ficar solteiro é uma opção válida.

Por outro lado, se você realmente deseja encontrar uma pessoa com quem estabelecer uma relação de amor, apoio e companheirismo, é provável que a sua busca infrutífera esteja te causando sofrimento. Nesse caso, continue lendo para entender o que pode estar acontecendo.

Os principais erros pelos quais você ainda está solteiro

Frequentemente a impossibilidade de encontrar um parceiro se deve a uma série de bloqueios internos ou à falta de habilidades sociais e pessoais que podem ser superadas. No entanto, o primeiro passo é detectá-los.

1. Baixa autoestima

Com certeza você já ouviu a famosa frase “se você não se ama, ninguém vai te amar” em várias ocasiões. Embora não possa ser interpretada de forma literal, é verdade que a autoestima tem uma grande influência nas relações interpessoais. A falta de autoconfiança pode nos levar a cometer vários erros ao nos relacionarmos com outras pessoas.

Em primeiro lugar, podemos nem mesmo ousar dar o passo de conhecer alguém, por medo de sermos rejeitados ou por estarmos convictos de que não merecemos resultados positivos.

Além disso, a baixa autoestima pode nos tornar excessivamente interessados sermos amados, agradar e conectar, embora não de uma forma genuína, mas por desespero. Forçar situações leva ao fracasso.

A baixa autoestima é uma das causas de estar solteiro.
A falta de afeto por nós mesmos influencia na maneira como nos relacionamos com os outros.

2. Crenças limitantes

É importante lembrar que o seu mundo exterior é, em grande parte, um reflexo das suas crenças mais profundas. Desta forma, é interessante que você analise o que pensa a respeito de homens e mulheres, relacionamentos, amor e das suas possibilidades a esse respeito.

Muitas pessoas afirmam querer um parceiro, embora mantenham a convicção de que todos os homens são egoístas ou que todas as mulheres são infiéis. Elas buscam um relacionamento, mas criticam as pessoas que os têm ou repetem diariamente que sempre tiveram azar no amor. Com esse tipo de contradições, é improvável que você alcance o seu objetivo.

3. Medo provocado por experiências anteriores ruins

A mente tende a se basear no passado, no conhecido e familiar para criar expectativas para o futuro. E essas expectativas sustentadas ao longo do tempo são o que acabamos materializando na nossa realidade, como uma profecia autorrealizável.

Desse modo, se você teve experiências fracassadas, dolorosas ou traumáticas anteriores que não curou e ressignificou, é provável que continue a repetir os padrões. Também é possível que, para evitar o retorno a esse sofrimento, você inconscientemente se sabote, impedindo que novos relacionamentos se iniciem ou floresçam.

Afinal, a função do seu cérebro é te manter seguro, e não fazer você feliz. Se ele perceber que o vínculo emocional é um perigo para você, se encarregará de que isso não aconteça ou não dure muito tempo.

4. Você não sabe o que está procurando

Para encontrar a pessoa certa para formalizar um relacionamento, é fundamental que você tenha clareza sobre o tipo de vínculo que procura. Se você não fez um exercício de introspecção e não determina este ponto, pode estar fazendo uma busca sem objetivo, não sabendo reconhecer o que precisa quando tem alguma oportunidade, ou sentindo que deve se contentar com qualquer pessoa.

5. Falta de habilidades sociais

Por último, um dos erros pelos quais você ainda está solteiro pode ser a falta de habilidades sociais. Isso implica saber se relacionar de forma adequada, no ritmo apropriado e garantir que as interações sejam satisfatórias.

Talvez você tenha uma tendência a se abrir excessivamente nos primeiros encontros, quer ir muito rápido ou não consegue identificar a tempo os sinais de que a outra pessoa não tem os mesmos objetivos ou interesses que você.

Comunicação assertiva para sair da solidão.
A comunicação assertiva gera novas possibilidades para não acelerar ou retardar o início de um relacionamento.

Como corrigir os erros pelos quais você ainda está solteiro?

Se você se identificou com um ou mais dos pontos anteriores, talvez seja o momento de começar a trabalhar neles. Para evitar continuar repetindo os erros pelos quais ainda está solteiro, você pode começar com as seguintes etapas:

  • Identifique o motivo pelo qual você deseja ter um parceiro e mantenha isso em mente.
  • Trabalhe em si mesmo, torne-se a pessoa com quem você desejaria estar. Isso ajudará a aumentar a sua autoestima e a melhorar a maneira como você se relaciona com os outros. Pessoas seguras e confiantes são muito mais atraentes.
  • Comece a construir uma mentalidade positiva sobre o amor. Em vez de sentir inveja ou ressentimento em relação a outros casais, inspire-se neles.
  • Cure as suas mágoas do passado, as histórias de traição, abandono ou rejeição que talvez venham até inclusive sua infância. Ao fazer isso, você eliminará a ideia de que não tem sorte no amor e de que está condenado a repetir os mesmos erros.
  • Mantenha uma ideia clara do que você deseja para si mesmo. Que tipo de pessoa você quer ao seu lado? Quais aspectos e valores são fundamentais em um relacionamento?
  • Trabalhe nas suas habilidades sociais. Se você acha que tem dificuldade nesse aspecto, pode buscar ajuda profissional para melhorar sua forma de se relacionar.

Os erros pelos quais você ainda está solteiro são temporários

Acima de tudo, evite se rotular no papel de vítima, não condene a si mesmo com as suas crenças. Lembre-se de que todos os erros anteriores podem ser corrigidos com trabalho pessoal, e nunca é tarde para começar um novo caminho. Se você muda, a sua realidade muda também.

This might interest you...
6 formas de combater o medo da solidão
Melhor Com Saúde
Leia em Melhor Com Saúde
6 formas de combater o medo da solidão

Para vencer o medo da solidão é fundamental deixar de buscar começar novas relações de forma desesperada, já que não se consolidarão em uma base sa...



  • Wood, J. V., Heimpel, S. A., Manwell, L. A., & Whittington, E. J. (2009). This mood is familiar and I don’t deserve to feel better anyway: Mechanisms underlying self-esteem differences in motivation to repair sad moods. Journal of Personality and Social Psychology, 96(2), 363–380. https://doi.org/10.1037/a0012881
  • Peel, R., McBain, K., Caltabiano, N., & Buckby, B. (2019). The romantic self-saboteur: how do people sabotage love?. Recuperado junio de 2021, de https://core.ac.uk/download/pdf/240460171.pdf
  • Sánchez, M. (2011). Apego en la infancia y Apego adulto: influencia en las relaciones amorosas y sexuales [Tesis de Maestría]. Salamanca: Universidad de Salamanca