5 plantas medicinais que ajudam a controlar a diabetes

Além de medicamentos, alimentação saudável e atividade física frequente, há plantas medicinais que ajudam a controlar a diabetes. Neste artigo, apresentamos algumas delas.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a diabetes é uma das causas de morte menos reconhecidas. No entanto, se não for controlado, pode levar a doenças cardíacas, insuficiência renal, gangrena, cegueira e até a morte.

Nesta publicação, apresentaremos informações que podem ser de seu interesse, bem como algumas plantas medicinais que ajudam a controlar a diabetes.

O que é diabetes?

É definida como uma doença crônica que ocorre quando o pâncreas não produz insulina suficiente, ou quando o corpo não usa a insulina que produz. Se essa condição não for controlada, se dá um grande aumento de açúcar no sangue.

Esta condição é classificada da seguinte forma:

  • Tipo 1: ocorre quando o pâncreas não sintetiza a insulina.
  • Tipo 2:  está relacionado à incapacidade do corpo em usar adequadamente a insulina.
  • Gestacional: aparece durante a gravidez e se caracteriza por um aumento anormal de glicemia.

Aprenda: Sintomas da diabetes gestacional pouco conhecidos

Sintomas

A diabates gera cansaço e fadiga

  • Visão turva
  • Sede excessiva
  • Fadiga
  • Vontade de urinar com frequência
  • Fome
  • Perda de peso

Existe cura para a diabetes?

Até agora, a ciência não descobriu um medicamento que possa curar completamente a diabetes. Na verdade, ela só pode ser controlada com medicação, dieta e atividade física. Estas três estratégias têm como objetivo controlar os níveis de açúcar no sangue.

Plantas medicinais para controlar a diabetes

Existem plantas medicinais que ajudam a controlar o açúcar no sangue. No entanto, é importante consultar um especialista para que não haja efeitos contrários com os medicamentos regulares.

Entre estas plantas estão:

 1. Coutarea latiflora

A planta coutarea ajuda a controlar a diabetes

É uma planta nativa do México e da Colômbia. O córtex do tronco funciona como hipoglicêmico, antipirético, aperitivo e refrescante. Como ajuda a combater o diabetes? O córtex de coutarea latiflora contém um agente redutor chamado coutareósido, que por meio da hidrólise gera glicose, além de uma genina polifenólica.

Melhora a secreção do pâncreas e permite que faça um metabolismo correto dos carboidratos. Por isso, os níveis de açúcar são reduzidos. É recomendada para o tratamento de diabetes tipo 1 e 2 pois estimula o apetite, controla a sede e baixa a febre.  Em seguida pode ver como pode preparar essa infusão (é importante notar que tem um gosto bastante amargo):

Ingredientes

  • 1 copo com água (200 ml).
  • 1 colher de coutarea latiflora(20 g).

Preparação

  • Deite uma colher de coutarea latiflora no copo com água.
  • Coloque-o em um local fresco.
  • Deixe-o repousar durante a noite.
  • Coe.

Aplicação

  • Beba a mistura em jejum.

Aprenda: 10 sintomas iniciais da diabetes que você não deve ignorar

2. Gymnema

Esta planta está localizada principalmente no continente asiático, particularmente na Índia, nos trópicos e na parte sul do país. Suas folhas têm propriedades hipoglicemiantes, antidiabéticas, diuréticas, emagrecedoras, anti-inflamatórias e desintoxicantes. Por essas razões, também é usada para combater o excesso de peso e a artrite.

Como ajuda a combater a diabetes? Quando ingere essa planta, o desejo de beber substâncias doces diminui, uma vez que tem uma grande semelhança com a função das moléculas de glicose, isto é, bloqueia a absorção de açúcares. Portanto, é indicado para prevenir e controlar a diabetes. Em seguida, veja como preparar:

Ingredientes

  • 1 colher de folhas de Gymnema (15 g).
  • 1 copo com água (200 ml).

Preparação

  • Despeje a água em uma panela e leve a ferver.
  • Adicione as folhas do Gymnema e deixe por 10 minutos.
  • Desligue o fogo e espere que esfrie um pouco.

Aplicação

  • Beba uma ou duas xícaras por dia.

3. Eucalipto

A planta de eucalipto ajuda a controlar a diabetes

O eucalipto é uma planta bem conhecida por suas propriedades para combater doenças respiratórias. No entanto, suas folhas e frutos também são hipoglicêmicos, expectorantes, antissépticos, anti-inflamatórios, além de baixar a febre. Este conjunto de propriedades ajuda a nivelar os níveis de glicose no sangue. Em seguida pode ver como preparar.

Ingredientes

  • Folhas de eucalipto (30 g).
  • 1 copo com água (200 ml).

Preparação

  • Ferva a água.
  • Adicione as folhas de eucalipto, previamente lavadas.
  • Leve a ferver em fogo baixo durante 10 minutos.
  • Tome de imediato

Veja também: Relação entre a diabetes e problemas do sono

4. Canela

Embora a canela tenha um sabor doce, está autorizada para diabéticos. Tem sua origem na Índia. Entre suas propriedades, se destacam os seus efeitos: digestivo, estimulante, hipoglicêmico, antisséptico e carminativo.

Como ajuda a combater o diabetes? Esta planta ajuda a estabilizar os níveis de açúcar estimulando os receptores de insulina, o que diminui naturalmente o nível de glicose no sangue. Pode ser preparado da seguinte forma:

Ingredientes

  • 2 paus de canela.
  • Água (200 ml).

Preparação

  • Ferva a água.
  • Adicione a canela.
  • Deixe por 10 minutos.
  • Tome de seguida.

5. Estévia

A estévia ajuda a controlar a diabetes

A estévia é um adoçante originário do Brasil e do Paraguai. Suas folhas também possuem propriedades hipoglicêmicas, anti-hipertensivas, diuréticas, antibacterianas e antifúngicas. Surpreendentemente, apesar de ser até 50 vezes mais doce do que o açúcar, está livre de carboidratos.

Como ajuda a combater o diabetes? Induz as células beta que estão localizadas no pâncreas para produzir insulina, diminuindo os níveis de glicose. Pode ser feito da seguinte forma:

Ingredientes

  • Folhas de estévia (15 g).
  • Água (125 ml).

Preparação

  • Ferva a água.
  • Adicione as folhas de estévia.
  • Deixe por 10 minutos.

Aplicação

  • Beba uma xícara da infusão todos os dias.
Recomendados para você