10 sintomas iniciais da diabetes que você não deve ignorar

Antes de ser identificada, a diabetes pode nos mostrar alguns sintomas que devemos saber reconhecer para poder obter um diagnóstico precoce e buscar um tratamento

Conheça alguns dos sintomas iniciais de diabetes, uma doença que pode se manifestar de maneira silenciosa durante muitos anos.

Ocorre pelo aumento da glicose no sangue, seja porque o corpo não produz insulina suficiente para processar a glicose ou porque se apresenta uma resistência a tal substância.

Manifesta-se de maneira gradual e, frequentemente, pode ser confundida com outras doenças comuns.

O problema disso é que, quando se deixa avançar, a diabetes pode interferir no funcionamento de órgão vitais como os rins, o coração e o cérebro.

Por esse motivo, ainda que alguns sintomas possam parecer normais, é importante considerar qualquer sinal que gere alguma suspeita.

A seguir, compartilhamos 10 sintomas iniciais de diabetes que você deve levar em consideração a partir de agora.

Sintomas iniciais de diabetes

Mulher cansada e com sono

1. Sensação de fadiga

O déficit de insulina, ou a resistência a ela, impede que as células absorvam glicose para dar energia ao organismo durante suas funções.

Como resultado, surge uma forte sensação de fadiga física e mental que, muitas vezes, se prolonga até que a pessoa descanse.

Por trás desse sintoma também se escondem fatores como o sobrepeso e a obesidade, a desidratação e os desequilíbrios da pressão arterial.

2. Transtornos do sono

Um mau controle dos níveis de açúcar no sangue se relaciona com os principais transtornos do sono e o cansaço recorrente.

As pessoas com diabetes tipo 2 costumam manifestar dificuldades para dormir ou algum tipo de interrupção durante seu período de descanso.

É primordial mencionar que há mais probabilidade desse fator estar relacionado à diabetes quando o período de sono é inferior a 6 horas.

3. Boca seca e sensação de sede

Boca seca

A glicose é um dos principais “combustíveis” do nosso organismo. No entanto, quando não é utilizada de forma adequada, é uma das causas da desidratação.

Essa condição afeta a atividade das células de todo o corpo e, por sua vez, afeta a produção de saliva e causa secura na língua e sede.

4. Urina frequente

O excesso de glicose no sangue obriga os rins a trabalharem em dobro para poder filtrá-lo e, ao sobrecarregá-los, aumenta a necessidade de ir ao banheiro.

Esta substância impede que as toxinas sejam filtradas de maneira correta e provoca interferências no trabalho do sistema urinário.

5. Infecções urinárias

Mulher com sintomas de infecção urinária

Outra manifestação comum da diabetes são as infecções urinárias prolongadas e repetidas. Elas ocorrem porque, ao aumentar a glicose no sangue, o sistema imunológico se debilita.

Como consequência, diminui a produção de anticorpos e o organismo fica exposto aos ataques de vírus, bactérias e fungos.

6. Cicatrização lenta

As feridas ou úlceras cutâneas que demoram bastante tempo para cicatrizar, ou que não cicatrizam, são um sinal contundente do acúmulo de glicose no sangue.

Os pacientes com diabetes devem se cuidar, já que, sem um devido controle, podem apresentar complicações que exigem cuidado médico.

7. Problemas nos pés

Dor nos pés

Os pés são uma das partes do corpo que mais podem manifestar sinais de diabetes. Eles, em geral, tendem a ter dificuldades circulatórias e retenção de líquidos.

Algumas vezes, quando a diabetes avança sem controle, sofrem danos nas terminações nervosas e manifestam dormência e formigamento constantemente.

8. Visão turva

A desidratação que o organismo sofre como consequência do acúmulo de glicose pode levar a problemas na visão.

A redução dos fluidos afeta o cristalino dos olhos e diminui sua capacidade de enfoque, manifestando-se com esse efeito embaçado.

9. Comer por ansiedade

Mulher devorando sanduíche

Quando a glicose não penetra da maneira ideal nas células, diminui o “combustível” que coloca em marcha o funcionamento de todos os órgãos do corpo.

Esta situação causa uma confusão no organismo e, como resultado disso, enviam-se sinais para se obter mais fontes de energia através da comida.

Isso quer dizer que, até que possamos controlar o acúmulo de açúcar, é inevitável sentir ansiedade de comer com frequência.

10. Pele seca

O estado da pele também pode ser um dos sintomas iniciais de diabetes. Nesses pacientes é comum identificar um certo nível de ressecamento, devido aos problemas circulatórios e a desidratação associada.

Certamente é preciso levar em consideração outras possíveis manifestações, já que é um sintoma que pode ocorrer devido a muitos outros fatores.

Você reconhece vários dos sintomas mencionados? Tem algum fator de risco de diabetes? Antes que a doença avance, consulte um médico para receber um diagnóstico e tratamento adequados.

Recomendados para você