5 exercícios que não ajudam a emagrecer

· 26 de maio de 2018
Acreditamos que suando estamos emagrecendo. No entanto, existem alguns exercícios que, mesmo tenham outros benefícios, não têm essa finalidade

Costumamos pensar que fazer exercício somente serve para emagrecer, mas isso é falso.

Existem exercícios que não ajudarão a emagrecer, mas que são perfeitos para quem tem uma condição física ótima ou desejam fortalecer somente os músculos.

Siga lendo que a seguir comentaremos sobre estes exercícios. Lembre-se que, mesmo que você precise perder peso, é vital trabalhar outros aspectos do corpo.

O ideal é incluir esportes para queimar gordura e para fortalecer os músculos por igual.

1. CrossFit

Praticar crossfit não ajuda a emagrecer

O CrossFit é um dos exercícios que não ajuda a emagrecer, mas ficou na moda nos últimos anos. Na verdade, se você investigar um pouco, é possível que encontre uma academia especializada nesta técnica próxima a sua casa.

Mesmo que seja um esporte muito intenso, não é apto para eliminar quilos a mais. O que sim pode levar, caso seja praticado sem ter a condição física apropriada, é uma lesão grave.

  • Recomendamos praticar o CrossFit se estiver com o peso ideal, se tiver uma boa condição e estiver acostumado a fazer exercícios.
  • Além disso, seria recomendado iniciar com rotinas básicas e vigiar sua dieta para evitar descompensações.

2. Ioga

A Ioga é a contraparte do CrossFit, ainda que também seja um dos exercícios que não ajuda a emagrecer. Enquanto que o anterior é extenuante e muito intenso, a Ioga é relaxada e extremamente tranquila.

Tem estado na moda muito antes do CrossFit e é uma boa opção para começar a introduzir o esporte em sua vida e melhorar a respiração.

  • No que se refere às calorias, uma hora de Ioga implica na queima de umas 150 calorias aproximadamente.
  • Ao caminhar 30 minutos, conseguirá queimar cerca de 311 calorias.

Se você não treinar há algum tempo, comece com este para fortalecer os músculos.

3. Sessões longas de cardio

Praticar bicicleta não ajuda a emagrecer

Dependendo da sua idade, talvez se lembre que algumas décadas atrás o cardio era um exercício da moda. Em todos os lados poderá encontrar uma forma de praticá-lo.

No entanto, o que ninguém sabia é que é um dos exercícios que não te ajudarão a emagrecer. O cardio é uma grande alternativa para:

  • Melhorar a força.
  • Aumentar a elasticidade.
  • Fortalecer os músculos.
  • Acelerar o metabolismo.

Apesar de não queimar grandes quantidades de gordura recomendamos uma sessão de cardio, ao menos, para criar alguma condição física. Procure colocar em sua rotina semanal duas sessões de cardio de 30 minutos.

Com o tempo notará que melhorará sua respiração e capacidade para fazer tarefas que lhe custavam muito. Dois bons exemplos de melhoras são aumento da velocidade ao subir escadas e melhora da respiração.

Leia também: 6 exercícios para fazer cardio

4. Pilates

O Pilates é outro dos exercícios que não te ajudarão a emagrecer e é muito similar à Ioga. É um exercício que vem sendo praticado por vários anos e que tem benefícios extraordinários para a saúde, incluindo:

  • Melhora a flexibilidade.
  • Ajuda a relaxar e elimina a tensão por isso que é perfeito para os dias de mais estresse.
  • Fortalece os músculos.
  • Permite se recuperar de lesões de forma suave e sem se colocar em risco.

É uma opção esportiva para idosos que não podem realizar esportes mais exigentes.

Caso tenha passado por uma lesão que te impeça de se mover de forma normal, pergunte ao médico se pode praticar o Pilates. Na maioria dos casos é recomendado e muito benéfico para recuperar o movimento.

5. Exercícios que trabalham somente uma parte do corpo

Abdominais não ajudam a emagrecer

Outros exercícios que não ajudarão a emagrecer são aqueles que somente trabalham uma área do corpo. Na maioria dos casos, os praticamos porque nos prometem queimar a gordura de uma área problemática específica.

A realidade é que a maioria de nós prefere economizar o máximo de esforço possível. Por isso, quando uma rotina nos promete resultados imediatos, tendemos a acreditar. No entanto, devemos saber que para estar saudável temos que trabalhar o corpo em seu conjunto.

  • Se preferir trabalhar zonas específicas, então organize sua rotina esportiva para trabalhar uma área todo dia.
  • Também se lembre de que será necessário contar com a supervisão de um especialista que guie e controle seus avanços para evitar desajustes ou lesões.

Dependendo de suas características, condição e necessidades, é possível que incluir estes exercícios seja a melhor opção. Você somente poderá determiná-lo em companhia de seu médico e, se possível, de um treinador pessoal.