5 alimentos que afetam o coração

Os alimentos que afetam o coração são aqueles que contêm gorduras trans, conservantes e açúcares adicionados. Estes podem até estar em alternativas diet, então devemos monitorar esses elementos quando compramos algo.

A saúde do coração é essencial para a vida. Todos sabemos que é o motor do nosso corpo, mas nós cuidamos dele da maneira como merece? A verdade é que nem sempre nos damos conta de que há alimentos que afetam o coração negativamente.

Às vezes nós associamos o cuidar de nós mesmos com conseguir perder peso e deixamos de prestar atenção a outras questões.

É claro que existe uma forte relação entre os dois problemas, mas nem sempre acontece assim. Às vezes cometemos erros em nossa rotina esportiva ou em nossa dieta.

Portanto, a seguir queremos indicar quais são os alimentos que afetam o coração de forma significativa. Assim, você pode verificar se está fazendo a coisa certa ou não.

Quais são os alimentos que afetam o coração?

1. Queijo americano

Queijo americano

O queijo em si é um produto complicado, especialmente se o leite é de vaca e muito curado. Aqui a questão é o excesso de gordura.

Assim sendo, o queijo amarelo, ou americano, é ainda mais arriscado, pois é altamente manipulado. É adicionado, inclusive, um corante vegetal.

  • Por um lado, a gordura aumenta a densidade do sangue, por isso exige mais força e pressão do nosso coração.
  • Por outro lado, o sódio aumenta a frequência cardíaca quando o consumimos em excesso.

Tal como acontece com qualquer outro músculo, o trabalho excessivo causa lesões. Portanto, é necessário equilibrar essa energia.

2. Refrigerantes diet

Este é um claro exemplo do que dissemos no início. Nós os bebemos porque não nos fazem engordar, mas eles nos prejudicam em outras áreas tão importantes quanto esta.

Além de ter sódio, os adoçantes sintéticos não são tão saudáveis ​​como pensamos.

Os refrigerantes são tão viciantes por causa de seu sabor doce. Assim, quando são anunciados, destaca-se que, além de nos ajudarem a manter a forma, conservam o sabor do refrigerante que gostamos.

No entanto, um estudo revelou que muitas vezes eles causam problemas cardiovasculares a longo prazo.

3. Barras de cereais

Barrinhas de cereal

A utilidade delas é óbvia: servem para fornecer uma dose extra de energia. Para isso, geralmente são tratadas com gorduras hidrogenadas, o que aumenta o colesterol .

  • O colesterol ruim (LDL) espessa o sangue, por isso ele circula com dificuldade. O coração também sofre, uma vez que requer muito mais força para realizar as suas tarefas.
  • Além disso, as artérias também sofrem com essa densidade, uma vez que não estão preparadas para isso.
  • Assim, tudo isso pode desencadear uma arteriosclerose mais ou menos aguda.

Se você pratica esportes ou está sem a sua energia habitual, pode tentar fazer suas próprias barras de cereais. A opção caseira elimina as gorduras e conservantes hidrogenados.

4. Margarina

Além de ser feita com leite integral, que já contém gorduras não saudáveis, são adicionadas outras gorduras vegetais.

Estas são acompanhadas por elementos transgênicos que tornam a margarina uma bomba.

Tenha em mente que isso também pode ser dito sobre a margarina diet. Embora a carga calórica seja reduzida, ainda estão presentes ingredientes sintéticos. Portanto, todas as margarinas são alimentos que afetam gravemente o coração.

5. Produtos enlatados

Atum em lata

Aqui os culpados são os conservantes, especificamente o hidroxianisol butilado e o hidroxitolueno butilado.

Não importa se é incluído em uma refeição muito saudável: no momento em que inclui enlatados, o prato deixa de ser saudável. Para entender melhor, pense na maçã envenenada da Branca de Neve.

Estas substâncias têm a capacidade de transformar o mais benéfico em puro veneno.

Portanto, é importante que você consuma a menor quantidade possível desses alimentos. É verdade que às vezes o tempo que temos disponível ou a questão econômica pode dificultar o consumo de produtos frescos.

Seja qual for o seu caso, recomendamos que você sempre tenha isso em mente. Então, quando tiver alguns minutos extras ou uma renda com a qual você não contou, decida por opções mais naturais e caseiras.

Como você pode ver, os produtos dietéticos também afetam gravemente o coração. As calorias não são a única coisa que importa para a saúde. Há muitos outros aspectos que devemos levar em consideração.

Portanto, os especialistas aconselham ler os rótulos de tudo o que consumimos.

Estes alimentos que afetam o coração ainda fazem parte da sua dieta? Comece a evitá-los sempre que possível.

Recomendados para você