Mejor con Salud
 

4 vitaminas para fortalecer sua flora intestinal e combater a prisão de ventre

Ao fortalecer nossa flora intestinal, não só melhoramos nossa qualidade digestiva e nosso trânsito intestinal como também damos um impulso às nossas defesas e ao sistema imunológico.
4 vitaminas para fortalecer sua flora intestinal e combater a prisão de ventre

Última atualização: 30 Novembro, 2018

Uma flora intestinal forte é sinônimo de saúde. Aspectos como  por exemplo uma má alimentação, os medicamentos que somos obrigados a tomar e as bactérias prejudiciais que atacam nosso organismo, além da prisão de ventre, contribuem para seu enfraquecimento ou destruição.

Precisamos considerar que ao longo de todo o trato digestivo contamos com mais de 100 milhões de organismos benéficos. São eles que contribuem para o bom funcionamento do nosso sistema imunológico e, portanto, devemos sempre fortalecê-los.

Por isso, hoje em nosso espaço queremos compartilhar com os leitores os benefícios de 4 vitaminas para combater a prisão de ventre e reforçar a flora intestinal.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), os alimentos probióticos, desde que consumidos em doses adequadas, têm efeitos benéficos para a saúde.

O kéfir é uma das bebidas mais adequadas para fortalecer a flora intestinal. Seu nível de lactose é mínimo, visto que graças aos seus minuciosos processos de fermentação, se reduz à lactobacilos com propriedades antissépticas:

Além disso, o kéfir é desintoxicante e nos ajuda a regenerar a flora intestinal, bem como combate a prisão de ventre e podemos tomá-lo inclusive se somos intolerantes à lactose (sempre e desde que não exageremos no consumo: basta tomar 100 gramas duas vezes por semana).

Outro dado que devemos considerar sobre o kéfir é que ele “arrasta” todos os micro-organismos e resíduos prejudiciais dos intestinos que nos adoecem, combatendo inclusive a Escherichia coli.

kefir-e-morangos

1. Vitamina de kéfir e morangos para fortalecer a flora intestinal

Ingredientes

  • 100 g de kéfir líquido
  • 1/2 copo de água (100 ml)
  • 8 morangos

Preparo

  • Em primeiro lugar, devemos limpar bem os morangos e cortá-los pela metade.
  • Em seguida, coloque no liquidificador, adicione meio copo de água, 100 gramas de kéfir fresco e natural e o morango.
  • Por fim, obtenha uma vitamina homogênea e beba pelas manhãs. Você vai notar como cai bem e como ajuda a combater problemas intestinais. Nunca falha!

Recomendamos também a leitura:

Sobremesas deliciosas e saudáveis para o seu bebê

2. Vitamina de kéfir e ameixa secas

Ameixas-passas

Ingredientes

  • 100 gramas de kéfir líquido
  • 1/2 copo de água (100 ml)
  • 5 ameixas secas

Preparo

  • Para que nossa vitamina seja bastante efetiva, em primeiro lugar deixaremos as ameixas secas de molho na noite anterior.
  • Em seguida no liquidificador, basta adicionar meio copo de água (como na receita anterior), os 100 gramas de kéfir líquidos e as 5 ameixas secas já amolecidas devido às horas que ficaram de molho.
  • Como resultado, obtenha um suco homogêneo. O sabor é delicioso. Se desejar, você também pode adoçá-lo com um pouco de mel.

3. Vitamina de aveia, banana e tâmara

Vitamina para regular flora intestinal

Ingredientes

  • 1 copo de bebida de aveia (200 ml)
  • 4 tâmaras
  • 1 banana

Preparo

  • Esta vitamina é muito energética e nos cairá muito bem para combater a prisão de ventre graças ao seu alto teor de fibras.
  • Você pode comprar a bebida de aveia já pronta ou fazê-la você mesmo colocando aveia de molho para depois batê-la no liquidificador com um copo de água. Como desejar e for mais simples para você.
  • A banana consegue estimular o crescimento das bactérias benéficas da flora intestinal graças ao seu teor de fruto-oligossacarídeos, um tipo de fibra solúvel que ao fermentar nos ajuda a regular o trânsito intestinal.

Recomendamos também a leitura:

5 benefícios para a saúde de usar pouco sal em sua comida

4. Vitamina de leite de gergelim e figo

Nesta vitamina podemos substituir o leite de gergelim por iogurte branco se não encontrarmos a bebida vegetal. Agora, se conseguir encontrá-la em qualquer loja de produtos dietéticos, aproveitará de inumeráveis benefícios:

  • O leite de gergelim é rico em vitamina E e mucilagem, assim como a aveia, e nos ajuda a desinflamar e fortalecer toda a flora intestinal.
  • É energético e digestivo, sendo assim uma alternativa maravilhosa ao leite de vaca.
  • Um dos maiores benefícios do leite de gergelim é que fortalece os ossos e as articulações, por isso é ideal para aliviar as dores associadas à artrite, graças ao seu poder anti-inflamatório.
  • Previne o cansaço ao mesmo tempo que combate problemas nervosos como o estresse e a ansiedade.
  • O leite de gergelim é rico em ácidos graxos ômega 3, 6 e 9.

Ingredientes

  • 1 copo de leite de gergelim (200 ml)
  • 4 figos (podem ser secos ou naturais, como preferir)

Preparo

  • Assim com dissemos, você pode encontrar o leite de gergelim em lojas dietéticas ou na seção especializada em bebidas vegetais dos supermercados. É uma bebida muito adequada para quem tem problemas articulares.
  • Primeiro, prepare o liquidificador para adicionar os 4 figos secos ou naturais. Depois, adicione o copo de leite de gergelim e bata até obter uma bebida homogênea.
  • Adoce com mel se desejar e beba sempre no café da manhã, é um modo ideal de começar o dia e nos oferece muita energia!

Para concluir, das vitaminas ensinadas aqui você pode escolher a que preferir. Se você se acostumar a tomá-las no mínimo três vezes por semana, o corpo vai se regulando naturalmente.

O consumo de probióticos e prebióticos fará com que sua flora intestinal se fortaleça e com ela, também o seu sistema imunológico.

12 sinais que indicam uma flora intestinal danificada

12 sinais que indicam uma flora intestinal danificada

Os seres humanos são "superorganismos" compostos por milhões de microrganismos alojados em nosso corpo e em nossa flora intestinal.



  • De las Cagigas Reig, Ada Lydia, Anesto JB. Prebióticos y probióticos, una relación beneficiosa. Revista Cubana de Alimentación y  Nutrición 2002; 16 (1): 63-68. Available at: http://bvs.sld.cu/revistas/ali/vol16_1_02/ali10102.pdf. Accessed 01/13, 2019.
  • Guarner F. Papel de la flora intestinal en la salud y en la enfermedad. Nutrición hospitalaria 2007; 22: 14-19. Available at: http://scielo.isciii.es/pdf/nh/v22s2/fisiologia2.pdf. Accessed 01/13, 2019.
  • Rodríguez-Figueroa JC, Noriega-Rodríguez JA, Lucero-Acuña A, Tejeda-Mansir A. Avances en el estudio de la bioactividad multifuncional del kéfir. Interciencia 2017; 42 (6).Available at: https://www.redalyc.org/html/339/33951621003/. Accessed 01/13, 2019.
  • Ramallo López, Alina (2019). La flora intestinal/microbiota, nutrición y salud mental. Universidad de la Laguna. https://riull.ull.es/xmlui/handle/915/15149?show=full
  • Esquivel-Solís, Viviana, y Gómez-Salas, Georgina. (2007) Implicaciones metabólicas del consumo exesivo de fructosa. Acta Médica Costarricense , 49 (4), 198-202. Recuperado el 31 de mayo de 2020, de http://www.scielo.sa.cr/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0001-60022007000400005&lng=en&tlng=es.
  • Anilakumar, KR, Pal, A., Khanum, F. i Bawa, AS (2010). Usos nutricionales, medicinales e industriales de las semillas de sésamo (Sesamum indicum L.): descripción general. Agriculturae Conspectus Scientificus, 75 (4), 159-168. Preuzeto s https://hrcak.srce.hr/66001