As melhores infusões para diminuir a ansiedade e o nervosismo

· 9 de fevereiro de 2019
Se você estiver seguindo algum tratamento médico para a ansiedade seria interessante, antes de consumir os medicamentos, consultar um especialista, pois estes podem causar certas reações adversas.

A vida, às vezes, nos arrasta com suas dificuldades, com seus desafios e pressões. Isso faz com que o nervosismo e a ansiedade apareçam, pois são reações do nosso organismo ante estímulos que o cérebro qualifica como ameaçadoras.

Mesmo que seja verdade que, tanto o estresse como a ansiedade, de forma controlada e a nível mediano nos ajudam a enfrentar com mais força as dificuldades cotidianas, em excesso se tornam um problema para nosso corpo e para o nosso equilíbrio psicológico.

Se você perceber que está perdendo o controle e que certos aspectos como taquicardia, enjoos ou má digestão aparecem, não hesite em procurar um médico. A ajuda de profissionais é sempre imprescindível nestes casos.

Enquanto isso, em casa, você pode seguir estes simples remédios naturais para encontrar alívio e melhora para estados moderados de nervosismo e ansiedade.

E, então, vamos lá?

O espinheiro branco para diminuir a ansiedade e o nervosismo

O espinheiro branco é benéfico por ser um potente regulador da pressão, pois relaxa, melhora a circulação sanguínea e melhora o ritmo do nosso coração para que o sangue chegue a todo o organismo.

É ideal para casos de ansiedade leves ou para aqueles dias em que estamos muito nervosos.

Como consumir

  • Os especialistas em plantas naturais dizem que o melhor é consumir a tintura. Você pode encontrar estes preparos naturais em lojas de produtos naturais e, no geral, são muito efetivos;
  • As tinturas de espinheiro branco são tomadas dissolvidas em suco natural ou em água (1 copo de água com 2 gotas da tintura);
  • Mas, atenção! Uma só ingestão diária.

Contraindicações

  • Se você já consome medicações para o tratamento de arritmias ou hipertensão não é necessário o uso do espinheiro branco;
  • Se você estiver grávida, o uso da planta não é conveniente;
  • Não é recomendado abusar das tinturas, pois elas contêm álcool e podem causar problemas secundários.

Descubra também quais são os melhores remédios para tratar o estresse

Infusão de melissa para dormir melhor

Melissa para diminuir a ansiedade e nervosismo

A melissa, também conhecida como erva-cidreira, é uma das plantas mais conhecidas por sua ação relaxante. Ela é ideal para aliviar estados moderados de estresse, insônia ou ansiedade.

Além disso, a melissa também tem efeitos antiespasmódicos. Ou seja, ajuda a aliviar a tensão muscular e reduzir o nervosismo que se concentra no estômago.

Como consumir

  • Você pode tomar dois copos de infusão de melissa por dia. Uma dica é tomar um deles, por exemplo, antes de dormir;
  • Para elaborar a infusão, basta esquentar um copo de água (200ml) e adicionar uma colher de melissa (5g) . Não se esqueça de adoçar com mel.

Contraindicações

  • Caso você esteja grávida é melhor não consumir este tipo infusão natural sem consultar um médico;
  • Nunca ingira melissa ou outra planta relaxante se você precisar realizar tarefas que precisem de sua máxima atençãotais como dirigir ou guiar máquinas, por exemplo.

Manjericão para os nervos do estômago

Algo que acontece com muitos de nós é que o nervosismo e a ansiedade se concentram quase sempre em nosso “segundo cérebro”, ou seja, no estômago.

Se dissermos que preparar uma infusão diária de manjericão combaterá o problema, com toda a certeza você ficará surpreso. Isso porque costumamos pensar no manjericão somente como uma erva aromática para muitos de nossos pratos.

Agora veja bem, o manjericão e seu óleo essencial são muito relaxantesaliviam a dor de estômago e, como se fosse pouco, melhoram a digestão. Sendo assim, não tenha dúvidas e prepare uma xícara dessa infusão depois das refeições.

Recomendamos a leitura: 6 formas de fortalecer o sistema nervoso

Como consumir

  • Basta fazer uma infusão com um copo de água e uma colher de manjericão. Deixe no fogo por 10 minutos e, em seguida, deixe repousar por outros 10. Adoce com mel.

Contraindicações

  • Se você sofrer com gastrite ou doença de Crohn, é melhor não consumir o manjericão, pois seus óleos essenciais podem causar efeitos negativos;
  • Não consuma mais do que um copo por dia nem prolongue o tratamento com manjericão por mais de 10 dias. É melhor ingeri-lo nos momentos pontuais nos quais o nervosismo se acumula de modo muito intenso no estômago (e este incômodo não seja devido a uma gastrite).

Infusão de tília para todos os dias

Chá de tilia para diminuir a ansiedade e nervosismo

A infusão de tília é excepcional para estes momentos tão comuns de nervosismo e ansiedade moderada ou pontual. Reduz o estresse, o mal-estar estomacal, favorece o descanso, alivia a dor de cabeça, tem um sabor muito agradável e, além disso, cuida da nossa saúde respiratória.

Como consumir

  • A infusão de tília é a que causa menos efeitos secundários, por isso podemos ingerir até 3 xícaras por dia; 
  • E mais, a infusão pode se transformar em uma bebida natural para ser incluída no dia a dia;
  • Basta colocar um copo de água para ferver e adicionar uma colher de tília. Sempre adoce com mel a fim de potencializar a ação sedativa e terapêutica e verá o bem-estar e a calma que terá.

Contraindicações

Assim como dissemos anteriormente, a tília é uma planta natural que apresenta poucos efeitos secundários. No entanto, como sempre ocorre nestes casos, se você estiver grávida ou estiver tomando alguma medicação para problemas cardiovasculares, consulte o médico antes de consumir a infusão.

  • Craske, M. G., Roy-Byrne, P. P., Stein, M. B., Sullivan, G., Sherbourne, C., & Bystritsky, A. (2009). Treatment for anxiety disorders: Efficacy to effectiveness to implementation. Behaviour Research and Therapy. https://doi.org/10.1016/j.brat.2009.07.012
  • Aguirre-Hernández E, Martínez AL, González-Trujano ME, Moreno J, Vibrans H, Soto-Hernández M. Pharmacological evaluation of the anxiolytic and sedative effects of Tilia americana L. var. mexicana in mice. J Ethnopharmacol. 2007;
  • Cases J, Ibarra A, Feuillère N, Roller M, Sukkar SG. Pilot trial of Melissa officinalis L. leaf extract in the treatment of volunteers suffering from mild-to-moderate anxiety disorders and sleep disturbances. Med J Nutrition Metab. 2011;
  • Nabavi SF, Habtemariam S, Ahmed T, Sureda A, Daglia M, Sobarzo-Sánchez E, et al. Polyphenolic composition of Crataegus monogyna jacq.: From chemistry to medical applications. Nutrients. 2015.
  • Gutiérrez, S. L. G., Chilpa, R. R., & Jaime, H. B. (2014). Medicinal plants for the treatment of “nervios”, anxiety, and depression in Mexican Traditional Medicine. Brazilian Journal of Pharmacognosy. https://doi.org/10.1016/j.bjp.2014.10.007