4 plantas para aliviar os gases estomacais

4 de julho de 2019
Os gases estomacais acumulados no intestino produzem dores e distensão abdominal. Esta incômoda situação pode ser revertida usando alguns remédios de origem natural como as plantas que mostraremos.

Muitas pessoas sofrem com transtornos digestivos frequentemente e buscam remédios para conseguir aliviar os gases estomacais e outros mal estares. Por isso, pode ser muito útil conhecer algumas plantas medicinais que ajudam a preveni-los e combatê-los de maneira natural.

Descubra neste artigo quais são as 4 plantas mais efetivas para acelerar o alívio dos gases estomacais. Compartilhamos os benefícios comprovados com estudos científicos do funcho, da camomila, da canela de Ceilão e do gengibre. Descubra-os a seguir!

Plantas para aliviar os gases estomacais

O excesso de gás acumulado no trato intestinal pode causar flatulências, arrotos e distensão abdominal. As causas podem ser múltiplas e variadas, desde intolerâncias a certos alimentos até um supercrescimento de bactérias no intestino delgado.

Além de visitar o médico caso os gases sejam frequentes, também pode-se recorrer a alguns remédios naturais. Estes podem acelerar o alívio dos gases estomacais com algo tão simples como uma infusão de plantas medicinais. Prove-os e comprove como melhorarão sua digestão. Detalharemos a seguir:

1. O funcho

O funcho tem propriedades antiespasmódicas que reduzem a dor abdominal derivada das cólicas.

Em primeiro lugar, um dos remédios mais conhecidos para o alívio dos gases estomacais é o funcho. Suas sementes, raízes e folhas são remédios, em muitos países, para melhorar a digestão e combater a distensão abdominal logo após as refeições.

O funcho tem propriedades carminativas. Isso significa que facilita a expulsão de gases do tubo digestivo em casos de flatulências. Além disso, também ajuda a reduzir a dor estomacal, promove a evacuação e pode deter a diarreia.

Por fim, o funcho é o remédio ideal para reduzir a intensidade das cólicas em bebês. O estudo citado sugere utilizar uma emulsão do óleo de sua semente em bebês com menos de 12 semanas. Este tratamento pode ajudar a reduzir os espasmos intestinais e a aumentar a motilidade do intestino delgado.

Leia também: Sementes de funcho para perder peso

2. A camomila

A camomila é a infusão que não pode faltar nunca em nossas casas. Esta planta medicinal é um relaxante digestivo que costuma ser consumido quando os nervos afetam o estômago. Além de ajudar quando se sofre com gases, também é efetiva para a diarreia, a indigestão, as náuseas e os vômitos, assim como cólicas em crianças.

Esta flor é utilizada desde a antiguidade para tratar os transtornos gastrointestinais graças as suas propriedades digestivas, carminativas, antiespasmódicas e sedativas. Pode-se consumi-la na forma de infusão ou mesmo utilizar seu óleo essencial. Nesse caso, deve-se diluir em um óleo vegetal (amêndoas, coco, oliva, etc.) e realizar uma massagem no abdômen.

3. A canela de Ceilão

Canela para aliviar os gases estomacais

Seja na forma de chá ou como complemento para os pratos, use a canela para melhorar as digestões e prevenir os gases.

Dentre todas as variedades de canela, destaca-se a de Ceilão (Cinnamomum zeylanicum), já que é a que mais interessa do ponto de vista medicinal. Esta aromática especiaria destaca-se por ser anti-inflamatória, antioxidante, antimicrobiana, antidiabética e até mesmo anticancerígena. 

A canela, graças a estas virtudes, destaca-se como um poderoso remédio digestivo. É muito efetiva para prevenir e aliviar gases e flatulências, assim como indigestões. Além disso, favorece a boa função do fígado e pode prevenir a aparição de parasitas no intestino.

Como consumi-la? A canela tem a grande vantagem de poder ser utilizada para temperar uma grande variedade de pratos, tanto doces quanto salgados. Ademais, recomendamos que teste adicioná-la em seus ensopados para potencializar o sabor. E que não falte um toque de canela em todas as suas sobremesas.

Confira ademais: Benefícios de consumir diariamente uma colher de canela e mel

4. Como usar o gengibre para aliviar os gases estomacais

Por fim, referimo-nos a um condimento de origem oriental, mas que hoje em dia é muito popular em todo o mundo. O gengibre destaca-se por um sabor intenso, picante e refrescante. É comum seu uso na gastronomia, assim como remédio para diferentes tipos de afecções.

A nível digestivo, o rizoma do gengibre poderá ajudar no alívio dos gases estomacais. Além disso, é efetivo para tratar a diarreia e prevenir as úlceras gástricas. Para isso, pode-se consumi-lo fresco ou seco, em infusões ou sucos, assim como suplemento.

Agora já conhece as propriedades digestivas destas plantas medicinais para prevenir e aliviar as flatulências. Assegure-se de tê-las sempre em mãos para facilitar a digestão e melhorar assim sua qualidade de vida.

  • Srivastava, J. K., Shankar, E., & Gupta, S. (2010). Chamomile: A herbal medicine of the past with a bright future (review). Molecular Medicine Reports. https://doi.org/10.3892/mmr.2010.377
  • Kurbel, S., Kurbel, B., & Včev, A. (2006). Intestinal gases and flatulence: Possible causes of occurrence. Medical Hypotheses. https://doi.org/10.1016/j.mehy.2006.01.057
  • Sharangi, A. B., & Datta, S. (2005). Medicinal properties of spices. Indian Journal of Arecanut Spices and Medicinal Plants.