4 maneiras de reduzir o colesterol sem Estatinas

· 6 de abril de 2019
As Estatinas são medicamentos destinados a reduzir o colesterol que podem ter efeitos negativos no organismo. Por isso sugerimos aqui formas de reduzir o colesterol sem estatinas, de forma natural e saudável

As Estatinas são aqueles medicamentos que são usadas para reduzir os níveis de colesterol nos pacientes. No entanto, podem ter efeitos colaterais prejudiciais para as pessoas. Por esse motivo, neste artigo vamos dizer-lhe algumas maneiras de reduzir o colesterol sem Estatinas.

Certamente a função dessas drogas é bloquear a produção de colesterol pelo fígado. Porém, a eficácia das Estatinas para reduzir o colesterol traz consigo algumas consequências, tais como problemas digestivos, aumento do nível de açúcar no sangue, danos no fígado, ou dores musculares.

5 maneiras de reduzir o colesterol sem Estatinas

Ter colesterol alto pode fazer com que o sangue não flua corretamente, e pode ser perigoso para sua saúde. Por isso, tome nota, pois aqui mostramos algumas maneiras de reduzir o colesterol sem Estatinas:

1. Mudanças na dieta

Mudanças na dieta para reduzir o colesterol sem estatinas

A primeira das dicas para reduzir o colesterol sem Estatinas é incluir algumas mudanças em sua dieta. Uma dieta saudável significa evitar gorduras trans, limitar as gorduras saturadas, o colesterol dietético, os carboidratos refinados, e o sal. Por outro lado, deve-se incluir alimentos ricos em fibras, ômega 3, cálcio, magnésio, potássio, e vitamina D.

Isto é especialmente importante para as pessoas que lutam contra doenças cardiovasculares. Nesse sentido, é necessário que também incorporem as frutas e verduras no seu dia a dia. Entre outros, os alimentos que podem ajudar a reduzir os níveis de colesterol são as nozes, azeite, feijão, berinjela, peixe, grãos integrais, aveia, banana ou uva.

Leia este artigo: Como preparar um suco de aloe vera, pepino e toranja para reduzir o colesterol

2. Pare de fumar

Maneiras de reduzir o colesterol sem estatinas: Pare de fumar

É sabido que fumar traz consigo múltiplas consequências para a saúde. Neste caso, juntamente com o colesterol, o tabagismo contribui para o desenvolvimento de doenças cardíacas. Assim, se você tem colesterol alto, pode ser o momento ideal para parar de fumar!

De fato, uma investigação de 2015 explica que as células imunológicas em fumantes não podem devolver o colesterol das paredes dos vasos para o sangue, para processá-las no fígado. Inclusive essas células imunológicas poderiam contribuir para um desenvolvimento mais rápido de artérias obstruídas em fumantes.

3. Reduza o estresse

Se você quiser reduzir seus níveis de colesterol é necessário que mantenha o estresse sob controle. Como o estresse, o colesterol alto pode aumentar suas chances de um ataque cardíaco.

Existe uma correlação entre o estresse e o colesterol. Portanto, prevenir o estresse pode ajudá-lo a prevenir o colesterol alto causado por ele, e ajuda a evitar suas consequências.

Não se esqueça de que lidar com o estresse é tão simples quanto assumir menos responsabilidades no trabalho ou fazer exercício. De fato, tem sido demonstrado que aquelas pessoas que sofrem estresse no trabalho experimentam níveis de colesterol menos saudáveis.

Descubra: 5 estratégias que toda mulher deve seguir para acabar com o estresse e a ansiedade

4. Faça exercício

Maneiras de reduzir o colesterol sem estatinas: Faça exercício

Além de ajudar a reduzir o estresse, o exercício é uma das melhores maneiras de combater o colesterol. Foi investigado que o exercício melhora o número e o tamanho das partículas que transportam o colesterol ruim através do corpo. Ao mesmo tempo, foi confirmado que as pessoas que praticam esportes têm partículas maiores, e são menos propensas ao entupimento das artérias.

Portanto, tente exercitar-se pelo menos 30 minutos por dia para reduzir seus níveis de colesterol. Se vai correr, dançar, andar de bicicleta, ou optar por esportes como natação. Não importa. Seja qual for a forma como se exercita seu corpo irá contribuir para sua boa saúde.

Finalmente, não se esqueça que se quiser reduzir o colesterol sem Estatinas deve fazer algumas mudanças em seu estilo de vida. Estamos convencidos de que atingirá seu objetivo se seguir nossa lista de dicas!

 

  • Mishra, T. K., & Routray, S. (2003). Current perspectives on statins. Journal of the Indian Medical Association.
  • Taylor, F., Huffman, M. D., Macedo, A. F., Moore, T. H., Burke, M., Smith, G. D., … Ebrahim, S. (2013). Statins for the primary prevention of cardiovascular disease (Review). Cochrane Database of Systematic Reviews. https://doi.org/10.1002/14651858.CD004816.pub5.www.cochranelibrary.com
  • Mihaylova, B., Emberson, J., Blackwell, L., Keech, A., Simes, J., Barnes, E. H., … Sourjina, T. (2012). The effects of lowering LDL cholesterol with statin therapy in people at low risk of vascular disease: Meta-analysis of individual data from 27 randomised trials. The Lancet. https://doi.org/10.1016/S0140-6736(12)60367-5