4 infusões para reduzir o açúcar no sangue

24 Dezembro, 2019
Uma boa hidratação é uma parte essencial da boa saúde. Para conseguir isso, você pode intercalar o consumo de água com sucos, infusões e chás.

Uma das maneiras mais simples e saudáveis ​​de aumentar a ingestão de líquidos para ajudar a diminuir o açúcar no sangue é preparar bebidas a partir de ingredientes naturais.

Para muitas pessoas, não é fácil aumentar o consumo de água porque não possui “sabor”. Felizmente, para resolver essa situação, não é necessário forçar as coisas da noite para o dia. Em vez disso, você pode recorrer a certos truques, como intercalar a ingestão de água com sucos e infusões naturais.

Na maioria das vezes, as infusões têm um sabor suave que é muito conveniente quando se trata de realizar um “treinamento” para aumentar a ingestão de líquidos. Aqui estão algumas das melhores opções para reduzir o açúcar no sangue.

Como preparar uma infusão?

Para preparar uma infusão adequadamente, uma certa quantidade de água deve ser aquecida até atingir seu ponto de ebuliçãoAgora, quando a água parar de borbulhar, é preciso introduzido o saco de infusão, chá ou raiz, folhas ou flores da planta escolhida.

Então, para que o cozimento seja feito corretamente, é importante cobrir o recipiente por alguns minutos. Você também deve deixá-lo em repouso por ao menos 5-8 minutos.

Nesse sentido, note que há infusões que devem ser deixadas em repouso por até 12 minutos. Portanto, se você optou por um formato comercial, é necessário respeitar o tempo de descanso indicado na embalagem.

Em geral, estas são as diretrizes que você deve ter em mente para preparar uma boa infusão:

Ingredientes

  • Água
  • 1 colher das folhas, flores ou raiz de erva seca da sua escolha (10 g) ou 2 colheres (20 g), se a erva for fresca.

Utensílios

  • Uma chaleira
  • Uma xícara

O que devo fazer?

  • Primeiramente, coloque na chaleira a erva e a água quente.
  • Em seguida, deixe repousar por sete minutos.
  • Uma vez passado este tempo de repouso, coe na xícara.

Antes de beber, você pode adicionar um pouco de mel, a gosto, para adoçar. No entanto, como o objetivo das infusões que mencionamos é reduzir os níveis de açúcar no sangue, o melhor seria pular esta etapa.

Leia mais: Elimine o excesso de açúcar no corpo

Por que baixar os níveis de açúcar no sangue?

O excesso de glicose no sangue, ou açúcar no sangue, é prejudicial à saúde. E, embora seja verdade que precisamos do açúcar para ter energia em nossas vidas diárias, exceder os limites pode levar a várias complicações. E se não for controlado adequadamente, pode levar ao desenvolvimento de diabetes, entre outras doenças.

Deve-se notar que uma pessoa pode ter pré-diabetes e não apresentar sintomas. Por outro lado, as pessoas que já têm algum tipo de diabetes devem ter um cuidado especial com sua dieta e monitorar regularmente seus níveis de glicose.

Medição dos níveis de açúcar no sangue

É aconselhável consultar o médico antes de incluir as infusões mencionadas aqui na sua ingestão regular.

1. Feno-grego

O feno-grego é uma planta herbácea anual originária da Europa e Ásia meridional. É usado na cozinha oriental como condimento. Seus usos na medicina são variados.

Graças ao seu conteúdo em cumarinas, ácido nicotínico e trigonelina, tem sido utilizado como substituto de agentes hipoglicêmicos orais em casos de diabetes não insulino-dependente.

Existem vários estudos que mostram que o feno-grego, além de reduzir a quantidade de carboidratos absorvidos, melhora a ação periférica da insulina

Modo de consumo

  • Simplesmente, tome uma xícara de infusão de feno-grego por dia, durante um mês.
  • Por fim, descanse por uma semana e repita o tratamento.

2. Ginseng

Chá de ginseng para reduzir o açúcar no sangue

O ginseng é um nome usado para designar várias espécies da família Panax. Embora cresça selvagem em áreas montanhosas, do Nepal à Manchúria e da Sibéria Oriental à Coréia, devido à sua demanda, também é cultivada em outros países.

A sua ação hipoglicêmica (hipoglicemiante) é devida ao conteúdo de panaxanos, que ajuda nessa função.

Em um estudo, pessoas com diabetes tipo 2 consumiram 1 grama de ginseng americano 40 minutos antes das refeições principais, por 2 meses, mantendo o tratamento habitual.

Após esse período, seus níveis de glicose no sangue em jejum caíram cerca de 10%. Aparentemente, esse efeito é devido à sua capacidade de aumentar a secreção de insulina no organismo e melhorar a resposta das células.

Saiba mais: Ginseng: descubra o que é e como é usado

3. Camomila

A camomila é uma planta herbácea anual amplamente conhecida por suas propriedades antiespasmódicas e digestivas. Além de regular os níveis sanguíneos, a camomila aumenta o armazenamento de glicogênio no fígado e protege o pâncreas do estresse oxidativo causado pelo excesso de glicose.

4. Chá verde

chá verde vem da planta Camellia Sinensis e é nativo da China, embora o seu consumo tenha se espalhado por todo o mundo. Possui qualidades oxidantes, graças às catequinas que possui e ao seu conteúdo de betacaroteno e vitaminas C e E.

Sua eficácia na redução dos níveis de glicose deve-se ao fato de os polissacarídeos presentes em suas folhas agirem da mesma maneira que a insulina.

Chá verde para reduzir o açúcar no sangue

Lembre-se

Antes de iniciar um tratamento à base de plantas medicinais (infusões, etc.), é importante consultar o médico. É preciso ter em mente que, para que os tratamentos fitoterapêuticos sejam úteis, é essencial usá-los de maneira racional, daí a importância de consultar primeiro o médico.

Um alto nível de glicose no sangue pode levar a vários tipos de danos ao corpo. Portanto, uma vez que o médico fez o diagnóstico e prescreveu certos tratamentos, é essencial segui-los.

Além disso, é preciso ter em mente que as infusões acima mencionadas constituem uma ajuda complementar, não um tratamento em si. Portanto, consuma-os como parte de uma dieta equilibrada, nunca como substituto de refeições ou medicamentos prescritos para você.

  • Foldes, E. (1947). Diabetes and hypertension. The American Journal of Medicine. https://doi.org/10.1080/13854040802368684
  • Diabetes.co.uk. (2017). Blood Sugar Level Ranges. https://doi.org/10.1016/j.bbadis.2016.09.015
  • Cabrera, C., Artacho, R., & Giménez, R. (2006). Beneficial Effects of Green Tea—A Review. Journal of the American College of Nutrition. https://doi.org/10.1080/07315724.2006.10719518
  • Tsuneki, Hiroshi & Ishizuka, Mitsuyo & Terasawa, Miki & wu, Jinbin & Sasaoka, Toshiyasu & Kimura, Ikuko. (2004). Effect of Green tea on blood glucose levels and serum proteomic patterns in diabetic (db/db) mice and on glucose metabolism in healthy humans. BMC pharmacology. 4. 18. 10.1186/1471-2210-4-18.