4 alimentos que deixam nosso rosto irreconhecível

· 29 de maio de 2018
Mesmo que não sejamos celíacos, o aparecimento de espinhas ou o rosto inchado podem ser um sinal de que estamos tendo um certo grau de intolerância ao glúten

Mesmo que você não acredite, existe uma série de alimentos que são capazes de mudar a expressão de nosso rosto.

Tome nota porque hoje falaremos de todos eles e de como influenciam em nosso rosto.

1. Vinho

O vinho deixa nosso rosto irreconhecível

Uma das características das pessoas que bebem vinho de mais é que aparecem rugas muito marcadas, assim como manchas no nariz. Também saem pequenas rugas abaixo dos olhos e as pálpebras incham.

Como se isso não fosse suficiente, a pele se desidrata e tem tendência a ficar avermelhada. Além disso, os poros se dilatam.

Tudo isso é porque o vinho tem uma grande quantidade de açúcar, além de pesticidas e sulfitos. Por isso as bebidas alcoólicas provocam desidratação.

Isso faz com que o corpo perca água, o fígado trabalhe em excesso e, no dia seguinte, acabe apresentando problemas estomacais. Tudo isso faz com que a pele fique enrugada, flácida e vermelha.

Além disso, se se faz um consumo excessivo de álcool a longo prazo, isso pode acabar alterando o funcionamento das bactérias intestinais e ser a causa de numerosas doenças.

Para ir corrigindo este problema temos que evitar consumir todo tipo de bebida alcoólica durante pelo menos três semanas. Desta forma conseguiremos que a pele se restabeleça.

Veja também: 8 benefícios de tomar vinho tinto

2. Leite

O leite deixa nosso rosto irreconhecível

Também existem algumas características comuns para as pessoas que consomem produtos lácteos em excesso. Neste caso o rosto apresentará olheiras e pálpebras inchadasAlém disso, causam espinhas e cravos em áreas como o queixo.

O leite também pode afetar seriamente a cor do rosto, inclusive mesmo que você seja tolerante à lactose.

Isso acontece porque, à medida que a idade chega, perdemos uma grande quantidade de enzimas que ajudam a digerir a lactose muito melhor.

Mesmo que não seja uma intolerância, provoca certas mudanças no corpo e no rosto. Logo, parece que seu rosto fica inchado e sua pele pálida, terá então que evitar os alimentos lácteos durante algumas semanas para comprovar se o rosto melhora e os sintomas desaparecem.

3. Açúcar

O açúcar deixa nosso rosto irreconhecível

Também existe um rosto muito característico das pessoas que consomem muito mais açúcar do que deveriam. Este se caracteriza por ter rugas profundas na parte superior do rosto, bolsas abaixo dos olhos, uma pele fina e pálida, e acne.

O açúcar, além de ser um ingrediente que deve ser consumida com muita moderação porque pode ajudar a engordar, também influencia no estado da pele.

Este alimento faz com que a glicação se intensifique, ou seja, o processo pelo qual o excesso das moléculas de glicose se ligam ao colágeno, danificando-o e tornando-o menos elástico.

Tudo isso acelera o envelhecimento da pele, ajuda na formação de rugas e altera a pigmentação.

Se o que você busca é ter uma pele perfeita, uma das primeiras coisas a fazer é reduzir o consumo de açúcar e optar por outras alternativas.

4. Glúten

O pão com glútem deixa nosso rosto irreconhecível

Consumir produtos com excesso de glúten é algo que não só faz mal para os celíacos.

O rosto de uma pessoa que consome muito glúten se caracteriza por espinhas na testa, bochechas e queixo, bochechas avermelhadas e rosto inchado.

Se você notar estes sinais saiba que podem ser um sintoma de que seu organismo não é capaz de digerir o glúten.

O glúten é um tipo de proteína que pode ser encontrada em alimentos como:

  • Trigo
  • Centeio
  • Aveia
  • Cevada

Também está presente em bebidas como:

  • Cerveja
  • Uísque
  • Vodka

Se você suspeitar que possa ter intolerância ao glúten pode comprovar de maneira simples: somente tem que tentar excluir de sua dieta estes produtos durante duas ou três semanas.

Elimine qualquer alimento que possa conter glúten e observe se existem mudanças na pele.

Se transcorridas estas duas semanas e seus sintomas não desaparecerem, o mais normal é que você tenha intolerância a algum alimento, mas não ao glúten.

No entanto, por uma questão também de peso, é melhor eliminar da dieta os carboidratos rápidos assim como os produtos assados de farinha refinada.