3 práticas de Ioga para lidar com o estresse

Algumas práticas de Ioga podem nos ajudar a combater o estresse e focar no momento presente para que a ansiedade não domine a nossa vida.

A Ioga é um tipo de exercício amplamente usado hoje em dia, e para ao qual muitas pessoas recorrem. Devido aos problemas de estresse e ansiedade que existem atualmente, as diferentes práticas de Ioga se tornam um exercício fantástico para resolver esses tipos de problemas. Neste artigo, falaremos sobre três práticas para lidar com o estresse.

O estresse prejudica a nossa saúde. Sua presença não só se manifesta com perda excessiva de cabelo e falta de controle emocional, mas nosso corpo começa a somatizar diferentes problemas. Todos eles relacionados ao estresse.

Enxaquecas, câimbras, dores de barriga… Tudo isso pode ser resolvido contanto que estejamos dispostos a resolver o estresse com algo tão eficaz quanto a Ioga.

1. Exercícios respiratórios

Entre as práticas de Ioga estão os exercícios de respiração. Embora, a princípio, possamos pensar que isso aumenta a nossa ansiedade e estresse, o fato é que eles podem reduzi-los de uma maneira muito eficaz.

Muitos dos exercícios de respiração praticados na Ioga não devem ser praticados apenas durante uma sessão, mas também em casa. Por exemplo, antes de ir dormir ou de se levantar. Seus benefícios são enormes e vamos percebê-los assim que os colocarmos em prática.

  • Respiração abdominal: com uma das mãos sobre o abdômen, vamos tentar preenchê-lo com ar, segurar por alguns segundos e depois expirar. Vamos fazer isso devagar e sem pressa.
  • Respiração 4-7-8: enquanto respiramos profundamente, contamos até 4. Quando alcançarmos esse número, prendemos a respiração e contamos até 7. Expelimos lentamente, contando até 8. Repetimos novamente.

Estes são dois exercícios fáceis e muito comuns que são feitos na Ioga, além de muitos outros que existem e que incluem diferentes variantes. Praticá-los vai nos proporcionar um grande relaxamento físico e mental.

2. Meditar

Muitas práticas de Ioga incluem meditação no início ou no final de cada aula. Isso é fantástico, já que a meditação nos permite parar e observar nossos pensamentos. Desta forma, conseguimos relaxar e adquirir uma maior consciência emocional.

Quando meditamos, mantemos uma respiração lenta, na qual nos concentramos toda vez que um pensamento se aproxima de nós e faz nossa mente vagar. O ideal é que passemos o máximo de tempo possível atentos ao momento presente, controlando os pensamentos de passado e futuro que podem nos causar tanto estresse.

Podemos meditar sentados em posição de lótus, mas também deitados ou sentados, mas encostados a uma parede. O ideal é que possamos adotar uma posição em que a gente se sinta confortável.

3. Relaxamento progressivo dos músculos

A última das práticas de Ioga que vamos discutir se refere ao relaxamento progressivo dos músculos. Isso é algo que geralmente é colocado em prática antes do relaxamento final, a fim de relaxar completamente o corpo e liberar todo o estresse possível.

O relaxamento progressivo dos músculos consiste em focar em cada parte do corpo e percorrer o corpo de cima a baixo, tencionando e relaxando os músculos. Por exemplo, é normal começar com as pernas tensas durante a inspiração e depois relaxá-las durante a expiração.

Nós faremos isso com o resto do nosso corpo: glúteos, braços, mãos, olhos e até mesmo com nossas bocas, colocando a língua para fora. O relaxamento que observaremos depois de fazer este exercício será tal que nos sentiremos renovados.

As práticas de Ioga que acabamos de mencionar são muito eficazes para lidar com o estresse. Como podemos ver, embora as posturas na Ioga sejam muito necessárias, essa série de práticas é extremamente importante para relaxar não apenas fisicamente, mas também mentalmente.

Praticar esses exercícios quando nos levantamos ou quando estamos tensos, mesmo em uma pausa ativa no trabalho, nos ajudará a aproveitar mais o presente e a ter o nível de estresse mais baixo. Porque, embora às vezes não possamos evitá-lo, está nas nossas mãos limitá-lo ou reduzi-lo.

O estresse não nos beneficia e devemos evitar que ele se torne um estado crônico que faz parte de nós, nos perseguindo onde quer que vamos. Com paciência e incluindo a Ioga como parte de nossa rotina, podemos lidar com o estresse para que ele não direcione nossas vidas.

Recomendados para você