Os 3 passos imprescindíveis para ter um intestino saudável

· 27 de dezembro de 2017
Se queremos ter um intestino saudável é fundamental, além de aumentarmos o consumo de fibras, fazermos o mesmo com a água para não termos efeitos adversos.

Ter um intestino saudável é a chave principal para o nosso bem-estar geral, já que é um órgão relacionado com a eliminação de toxinas, a absorção de nutrientes e um bom sistema imunológico para nos proteger diante de qualquer germe patogênico.

Descubra neste artigo quais são os 3 passos imprescindíveis para ter um intestino saudável de modo natural: uma alimentação integral, uma limpeza esporádica e um suplemento adequado de probióticos.

Benefícios de ter um intestino saudável

O intestino cumpre diferentes funções em nosso organismo:

  • Finaliza o processo de digestão.
  • Se encarrega da absorção de nutrientes através de suas paredes (estes passam para a corrente sanguínea).
  • Armazena e expulsa as fezes para o exterior.
  • Regula o equilíbrio hídrico do organismo.
  • Está relacionado com o sistema imunológico.

Por tudo isso é fundamental ter um intestino saudável, já que, do contrário, nosso organismo não funcionará de maneira correta e sofreremos transtornos a curto e longo prazo.

Três passos imprescindíveis

Para ter um intestino saudável devemos seguir estes 3 passos fundamentais.

1. Alimentação integral

Sementes, oleaginosas e frutas secas

Nossa alimentação deve ser baseada em ingredientes completos ou integrais. Estes não devem ter sido modificados por processos de refinação nos quais se extraem a fibra natural.

Ou seja, devemos renunciar aos cereais, farinhas e açúcares brancos ou refinados.

Nossa dieta deve conter proteína animal (carne, peixe, ovo, laticínios). No entanto, devem estar presentes em grandes quantidades os seguintes grupos de alimentos em cada refeição:

  • Frutas e verduras
  • Leguminosas
  • Cereais integrais
  • Oleaginosas e sementes
  • Cogumelos
  • Algas

Advertência sobre o consumo de fibras

Ao consumir alimentos ricos em fibras naturais também devemos aumentar a ingestão de água, já que, caso contrário, poderemos bloquear o intestino.

Se nossa alimentação se baseia em refinados, ao começar a consumir fibras é possível que soframos alguns dias de prisão de ventre, enquanto nosso corpo se adapta à mudança.

Os alimentos com fibras ou farelo adicionado não são a opção mais adequada para nosso intestino, já que um excesso de fibras pode ser prejudicial para a saúde.

Com uma boa quantidade de frutas e verduras por dia, obteremos toda a fibra de que precisamos de modo natural.

2. Limpeza

Sementes de chia

Nosso intestino é o final do tubo digestivo e é o órgão que se encarrega da eliminação das fezes.

Por isso, é fundamental facilitar sua limpeza natural para evitar o acúmulo de toxinas por um mau funcionamento intestinal.

Podemos recorrer a este remédio de maneira esporádica para limpar o intestino profundamente.

Ingredientes

  • 1 colher de sementes de chia (10 g)
  • 3 ameixas pretas
  • 1 copo de água (200 mL)
  • O suco de meio limão
  • 1 colher de óleo de coco extra virgem ou de azeite de oliva (15 g)

Como fazer?

  • Deixe as sementes de chia e as ameixas pretas de molho no copo de água por uma noite.
  • No dia seguinte, ao acordar, bata a água, as sementes e as ameixas (sem caroço) junto com o suco de limão e o óleo.

Como tomar?

  • Tome esta preparação em jejum, pelo menos meia hora antes do café da manhã.
  • Podemos recorrer a este remédio uma vez por semana ou a cada duas semanas.

3. Probióticos

Probióticos

O terceiro passo fundamental para ter um intestino saudável, uma vez que nossa alimentação seja rica em alimentos completos e procuremos ter este órgão limpo com alguns remédios naturais, consiste em proteger a delicada flora bacteriana.

A flora sofre os efeitos negativos de diferentes fatores:

  • Antibióticos e outros medicamentos
  • Alimentação desequilibrada, rica em refinados e aditivos
  • Transtornos intestinais
  • Estresse e transtornos emocionais e nervosos
  • Sedentarismo

Os probióticos

Para proteger e repopular a flora intestinal podemos recorrer aos suplementos de probióticos, os quais devem ser tomados sempre com o estômago vazio, separados duas horas antes de qualquer refeição.

Este requisito é fundamental para que cumpram a função benéfica sobre a flora, já que se o misturarmos com os alimentos somente nos ajudarão a ter uma melhor digestão.

Existem muitas variedades e qualidades de probióticos. Quanto mais cepas tiverem, mais completos e efetivos serão. Podemos tomá-los por temporadas ou sempre que tivermos a necessidade de regular o trânsito.

Também podemos incorporar a nossa alimentação os alimentos fermentados, que são ricos em probióticos. Entre os mais recomendados encontramos:

  • Kéfir
  • Iogurte natural
  • Chucrute
  • Kombucha
  • Missô