5 alimentos que você não deve dar aos seus filhos no café da manhã

Ainda que muitos costumem consumi-los em jejum e na primeira hora do dia, o melhor momento para assimilar todos os nutrientes dos laticínios é meia hora depois de tomar o café da manhã.

O café da manhã é a refeição mais importante do dia, e por isso é fundamental tomá-lo de forma adequada.

Porém, há alguns alimentos que é melhor evitar se queremos que nossos filhos cresçam saudáveis e fortes.

Há que ter claro que na hora de preparar um bom café da manha é preciso fazê-lo em função de dois aspectos: a fome e a saciedade. Porém, no caso das crianças isso é ainda mais imprescindível.

A criança ainda conserva intacta a sensação de saciedade, por isso quando não sente mais fome, para de comer.

1. Sucos frescos

Sucos no café da manhã

Se consumidos em excesso, os sucos de fruta podem irritar a mucosa do estômago e causar uma produção excessiva de ácido clorídrico.

Além disso, este tipo de bebidas é rica em psoralenos e furanocumarinas, que tornam a pele mais sensível frente aos raios de sol. Portanto, a melhor alternativa será um bom chá.

2. Cereais açucarados

Os cereais açucarados agradam tanto aos grandes quanto aos pequenos, mas não são a solução mais saudável.

Trata-se de um tipo de alimento que tem muito açúcar, nada menos do que 363 calorias para cada 100 gramas, por isso o melhor é buscar por outras opções.

Dentre as alternativas estariam os cerais com fibras, que são saudáveis e alimentam, algo que não acontece com os cereais açucarados.

Não podemos esquecer que estes últimos são cheios de calorias vazias que farão com que tenhamos fome em pouco tempo.

3. Frutas e verduras frescas

Ainda que as frutas e as verduras frescas sejam muito saudáveis, não são nada recomendáveis se a ideia é consumi-las em jejum.

Pense que contêm uma série de ácidos que não assentam nada bem no estômago vazio. Por exemplo, os tomates contêm uma grande quantidade de pectina e ácido tânico, o que pode levar a úlceras gástricas.

Deste modo, a alternativa perfeita (ainda que possa soar estranho) seria um bom caldo de verduras, que não causaria a produção de gases ao longo do dia e nem causaria acidez.

4. Não é a melhor hora do dia para consumir laticínios

Não se deve consumir laticínios no café da manhã

Ainda que ingerir laticínios no café da manhã seja algo muito comum, o certo é que não é o melhor momento do dia para consumir este tipo de produto.

As bebidas lácteas não são nocivas para as crianças, mas em jejum, suas propriedades não são muito eficazes.

  • Tenha em conta que, se temos o estômago vazio, as bactérias lácteas (o lactobacilo como a bactéria bífida) entrarão em contato com um ambiente ácido para acabar morrendo no estômago sem chegar ao intestino. Portanto, é melhor tomá-los meia hora depois do café da manhã.
  • Uma boa alternativa para desfrutar de um café da manhã completo é optar por um bom suco de mirtilos. Este contém a dose diária recomendada de vitaminas C, A, E e K e ao redor de um terço da dose diária das vitaminas do grupo B. Além disso, é uma fonte valiosa de potássio, fósforo e cálcio.

5. Produtos ricos em carboidratos

Os produtos ricos em carboidratos rápidos, como é o caso do pão, fazem com que o nível do açúcar no sangue suba e, portanto, que o pâncreas trabalhe mais e produza uma maior quantidade de insulina.

Como consequência disso e de um possível excesso de insulina, acaba se acumulando mais gordura, inclusive quando se é criança.

Além disso, no caso dos produtos assados que contêm levedura, principalmente nos pães quentes, acaba gerando uma consequência direta em nosso intestino: a produção excessiva de gases.

Outras recomendações para o café da manhã

Recomendações para o café da manhã

Na hora de pensar no que daremos de café da manhã para os pequenos da casa, é importante buscar um equilíbrio.

Assim, devemos ter em conta o restante dos alimentos que vão consumir durante o dia, tanto se comem na escola quanto se o fazem em casa.

Desta forma conseguiremos fazer com que a alimentação no final do mesmo seja o mais equilibrada e completa possível.

Por isso, não é de estranhar que cada vez mais organizações que desenvolvem cardápios para as cantinas escolares contem com a ajuda de nutricionistas.

Estes, por sua vez, incorporam sugestões de jantares, cafés da manhã e lanches.

O equilíbrio sempre será a chave.

Recomendados para você