3 dietas depurativas e com baixo teor de gordura

Estas dietas depurativas ajudam a melhorar a digestão e a reduzir a inflamação. É importante fazê-las apenas pelo tempo recomendado para não sofrer efeitos indesejáveis.

Cada vez mais as pessoas estão interessadas em colocá-las em prática, especialmente depois de cometer algum tipo de excesso ou sentir certos sintomas, como inchaço abdominal, gases e sensação de peso.

Embora os cardápios propostos não devam ser estendidos por muito tempo, seu consumo permite promover a eliminação de toxinas, reduzir constipação, e melhorar as funções do metabolismo para perder peso mais facilmente.

Você se atreve a experimentá-las? Nesta oportunidade, queremos compartilhar 3 tipos de dietas depurativas que podem ser implementadas como um suplemento para perder peso ou melhorar a saúde.

O que você deve saber antes de iniciar qualquer uma das dietas depurativas?

As dietas depurativas expõem um programa de alimentação que possui vários objetivos. Primeiro, elas buscam limpar e depurar os órgãos excretores do corpo (fígado, rins e cólon) para aprimorar suas funções quando há muitas toxinas.

Sendo compostas de alimentos leves e fáceis de digerir, são ideais para regular o processo de digestão e reduzir a inflamação. Entre outras coisas, aumentam a resistência do corpo contra doenças, e produzem uma sensação notável de bem-estar.

Esses modelos de alimentação não são projetados para serem aplicados por toda a vida, pois podem ser um pouco restritivos. O ideal é fazê-lo por no máximo 7 dias, apenas três ou quatro vezes por ano.

Veja também: Como preparar um suco de aloe vera para depurar o fígado e queimar gordura

Alimentos proibidos em dietas depurativas

Alimentos proibidos em dietas depurativas

Muitos dos alimentos de consumo regular têm características que não são adequadas dentro das dietas depurativas. Embora nem todos sejam classificados como alimentos “prejudiciais”, alguns têm propriedades que podem dificultar o processo de depuração.

Os mais comuns são:

  • Salsichas ou carnes curadas
  • Carnes vermelhas
  • Alimentos processados ​​ou pré-fabricados
  • Produtos enlatados
  • Produtos de panificação ou padaria industrial
  • Frituras ou salgadinhos
  • Óleos e manteigas saturadas
  • Comidas rápidas
  • Refrigerantes e refrescos
  • Café e chocolate

As 3 dietas depurativas e com baixo teor de gordura que você deve experimentar

O interesse pelas dietas depurativas cresceu tanto nos últimos anos, que muitos planos alimentares foram projetados com suas características. É comum encontrar muitas alternativas, inclusive adaptadas à certas necessidades.

Abaixo compilamos 3 modelos de dietas de baixo teor de gordura que, além de limpar o corpo, ajudam a “queimar calorias”, para diminuir as medidas com mais facilidade. É claro que, uma vez finalizados os planos, após um máximo de sete dias, deve-se manter uma dieta balanceada.

Dieta depurativa de alcachofra

Alcachofra nas dietas depurativas

Dentro das dietas depurativas, a da alcachofra se destaca como uma das mais eficazes. Melhora a digestão, promove a eliminação de líquidos e ajuda a reduzir quilos em pouco tempo.

  • Café da manhã: uma xícara de infusão de alcachofra com limão, salada de frutas, e duas fatias de pão integral.
  • Meio da manhã: um copo de leite vegetal ou suco de laranja espremido na hora.
  • Almoço: um prato de arroz integral com alcachofras ou salada de alcachofra com tomate e aipo.
  • Lanche: um prato de frutas picadas e duas cápsulas de alcachofra (pode ser encontrado em farmácias ou lojas de ervas).
  • Jantar: alcachofra grelhada acompanhada de uma porção de peito de frango.

Esta dieta não deve ser realizada por mais de três dias. Pode ser levada em conta antes de adotar uma dieta balanceada para perder peso.

Dieta depurativa de aveia

A aveia é um dos cereais mais completos do ponto de vista nutricionalEste cereal sempre foi incluído nas dietas depurativas, uma vez que sua contribuição de fibras e antioxidantes é fundamental para facilitar a eliminação de resíduos retidos no corpo.

  • Café da manhã: três colheres de farinha de aveia com leite, e quatro morangos.
  • Meio da manhã: um pedaço de fruta ou uma tigela de caldo de legumes.
  • Comida: três colheres de sopa de aveia com água ou leite; uma salada mista, e uma porção de peito assado.
  • Lanche: suco de frutas ou infusão.
  • Jantar: três colheres de aveia com água ou leite, e uma salada com aspargos, azeite e uma pitada de sal.

O período para fazer esta dieta é de no máximo cinco dias. Os alimentos de cada refeição principal podem ser variados por alternativas semelhantes, mantendo o consumo de aveia.

Dieta depurativa de tomate

O tomate nas dietas depurativas com baixo teor de gordura

Por suas propriedades nutricionais, o tomate tem sido um dos ingredientes depurativos mais notáveis ​​do plano alimentar. Neste caso, acaba por ser o protagonista de uma das dietas depurativas mais conhecidas do mundo.

  • Jejum: um copo de suco de tomate fresco.
  • Café da manhã: dois tomates cozidos temperados com orégano, azeite e sal.
  • Meio da manhã: um copo de suco de tomate fresco.
  • Almoço: um prato de salada de tomate com brotos de feijão e pimentões. Pode ser acompanhado com uma porção assada de peito de ave, ou salmão assado.
  • Lance: um copo de suco de tomate fresco.
  • Jantar: uma salada de tomate com alcachofras e pimenta vermelha e uma porção de peixe.
  • Antes de dormir: termine o dia com um copo de suco de tomate.

Esta dieta é feita apenas por três dias. Em caso de ansiedade, você pode adicionar ingredientes com baixo teor de gordura e calorias, como frutas ou grãos integrais.

Você sente que sua digestão é lenta? Você percebe seu abdômen inflamado? Caso você se identifique com esses sintomas, talvez seja hora de escolher uma dessas dietas depurativas. Siga as recomendações e tire proveito de suas propriedades.

Recomendados para você