10 dicas para ajudar a criança a falar

9 de agosto de 2019
Com músicas, jogos, leituras e conversas diárias podemos ajudar a criança a falar, e a melhorar suas habilidades com a linguagem.

Aprender a falar é um processo natural de nossos filhos, que crescem com um ambiente rico em estímulos.  Elas ouvem seus pais, parentes e outras pessoas ao seu redor, e gradualmente começam a dizer suas primeiras palavras. No entanto, é possível ajudar a criança a falar seguindo algumas estratégias básicas.

As crianças aprendem a falar quando têm entre 1 e 3 anos de idade. É evidente que haverá crianças mais comunicativas do que outras, que poderão falar mais fluentemente diante dos outras da mesma idade. Mas, sem dúvida, qualquer criança pode falar se seus pais criarem um ambiente linguístico que estimule a aquisição da linguagem. Damos aqui 10 dicas para ajudar seu filho a falar.

10 maneiras de ajudar a criança a falar

Ler estimula a fala

Para ajudar seu filho a falar, o que você precisa fazer é conversar diariamente com ele. Quanto mais conversarem juntos, melhor. Crianças entre 12 e 18 meses lidam com cerca de 50 palavras, mas entendem muito mais. É por isso que você pode dar instruções complexas (“pegue seus brinquedos e coloque-os na caixa”) e seu filho pode segui-la.

Converse com seu filho todos os dias. Ao contar ao seu filho sobre suas atividades diárias, você pode incentivá-lo a fazer perguntas, e depois o convida a contar as dele. Também pode seguir estas recomendações ou introduzir alguns dos jogos que  propomos aqui, para motivar a linguagem do seu filho.

Leia este artigo: Por que é importante ensinar o valor da amizade para as crianças

1. Evite completar suas frases

Quando a criança tenta lhe dizer algo, não antecipe dizendo o que ela quer lhe dizer. Dê-lhe o tempo que precisa para encontrar em sua memória a palavra que identifica o que ela está pensando, ou o que  quer dizer ou pedir.

2. Seja paciente e não responda pelo seu filho

Quão difícil é ter paciência nestes dias acelerados em que vivemos! Alguém pergunta algo ao nosso filho e não podemos esperar que ele responda por si mesmo, mas nos apressamos e damos a resposta. Respire, e vá com calma, deixe-o responder por si mesmo!

3. Use a linguagem adequada

Seu filho está em um estágio em que está aprendendo um novo vocabulário. Se, em vez de chamar as coisas pelo nome você usar diminutivo ou encurtar palavras, esta não é a melhor forma de ajudá-lo a falar. Ele não é mais um bebê e precisa conhecer mais palavras. No entanto, não use palavras muito elaboradas. Tudo no devido tempo.

4. Leia histórias e faça pausas

Certamente, ler histórias é uma das melhores estratégias para ajudar seu filho a falar e conversar. Depois de ler os mesmos livros centenas de vezes provavelmente já tenha memorizado algumas linhas. Então, faça uma pausa e convide-o a completar a história.

Descubra também: Nunca se esqueça de despedir-se do seu filho ao sair de casa

5. Adivinhe o que é, e para que serve

Quando estiverem em outros espaços que não seja sua casa, como um restaurante, um parque ou o consultório do pediatra, aponte para objetos e peça ao seu filho para lhe dizer o que é e para que serve. Quando ele lhe der a sua versão, você pode adicionar outras informações que seu filho não mencionou.

6. Crie histórias

Peça ao seu filho para lhe dizer sobre que assunto quer ouvir uma história. Você começa a história e, em certo momento, passa a história para o seu filho. É um jogo ideal não só para ajudar a falar, mas para estimular a criatividade e enriquecer o vocabulário.

7. Para ajudar a criança a falar corrija conjugação e pronúncia

Mãe falando com o filho

Quando as crianças são pequenas, elas têm maneiras de falar que são muito interessantes ​​por causa das construções malucas que fazem com verbos e com a pronúncia das palavras. Mesmo que seja divertido, faça as correções necessárias, sem pretender ser imitado. Pouco a pouco, elas incorporarão as palavras corretas em sua conversa.

8. Cantem juntos

As canções infantis são uma ótima ferramenta para ajudar as crianças a falar. Elas geralmente têm onomatopeias que são muito fáceis de aprender e repetir. Ademais, a música é divertida, e tudo o que lhes diverte é perfeito para a aprendizagem e para ajudar a criança a falar.

9. Inclua seu filho na conversa

Evite assumir que seu filho não está interessado em conversas de adultos. Ele entende mais do que você imagina. Inclua-o em conversas (que são, obviamente, adequadas para a sua idade), fazendo perguntas para obter sua opinião.

10. Convide-o para falar ao telefone

Sem dúvida alguma, as crianças adoram o telefone. Você pode chamá-lo para ter conversas com telefones de brinquedo, ou quando um familiar próximo ligar efetivamente, convide seu filho para cumprimentá-lo e conversar. Além disso, se você tiver a opção de usar o viva voz, ouça a conversa para ajudar o seu filho a dar respostas e fazer perguntas.

Recomendação final

Em conclusão, se, após os 3 anos de idade o seu filho parecer ter dificuldade em compreender instruções simples, ou se as suas habilidades de comunicação estiverem estagnadas, você deve consultar o seu pediatra.

Outros sinais de que a criança pode ter atrasos na linguagem pode acontecer quando as outras pessoas não entendam a maioria das coisas que ela diz, ou quando ainda dependa muito do uso da linguagem corporal (gestos ou  sinais) para se comunicar.