Você sabia que 4 em cada 10 tumores podem ser prevenidos?

30 de janeiro de 2019
É fundamental fazer atividade física, manter uma atitude positiva e uma alimentação saudável, além de fazer consultas periódicas, já que 90% dos casos podem ser curados se tiverem um diagnóstico precoce.

Uma grande quantidade de pesquisas confirmam que pelo menos 4 de cada 10 tumores podem ser prevenidos.

Isso pode ser feito através de uma alimentação saudável, assim como atividade física constante e, o mais importante, visitando o médico e realizando um check-up completo pelo menos a cada 6 meses, além de seguir as recomendações que o especialista propuser.

40% dos tumores podem ser prevenidos simplesmente mantendo hábitos saudáveis. 90% podem ser curados quando detectados a tempo e se o tratamento médico for seguido corretamente.

Por isso, é muito importante fazer regularmente todos os check-ups de rotina, já que mediante estes exames é possível detectar anomalias que serão revisadas mais a fundo. Se algum tumor for encontrado, esse será tratado e curado porque foi encontrado a tempo.

O que algumas pessoas pensam

Muitas pessoas equivocadamente pensam que o câncer não pode ser prevenido, que não é possível, posto que seja hereditário ou que talvez seja provocado por fatores do meio ambiente.

Estas são atitudes que predispõe as pessoas a sofrerem com esse tipo de doença, já que, ao pensarem desse modo, não se previnem de nenhum modo, pois pensam que não servirá de nada.

Mas, o que talvez elas não saibam é que o câncer é uma doença que muito frequentemente é provocada por causas ou comportamentos individuais, segundo o que explica Andreas Ullrich, que pertence ao Controle de Câncer da Organização Mundial de Saúde (OMS) na Suíça.

Mudanças no estilo de vida!

Também é importante realizar algumas mudanças no estilo de vida, como, por exemplo:

  • Parar de fumar
  • Não ficar no mesmo lugar que fumantes
  • Ter uma dieta saudável
  • Manter o peso adequado
  • Realizar atividade física constante
  • Não se expor ao sol sem utilizar devida proteção 

Quando uma pessoa consome muito álcool, tem um risco muito alto de sofrer de câncer. Essa afirmação foi feita depois de um estudo canadense, no qual foi demonstrado que tomar somente uma bebida alcoólica por dia, durante muito tempo, pode aumentar as chances de a pessoa sofrer de câncer.

Além do mais, está plenamente comprovado que o câncer de mama aumenta em até 3% ao consumir 10 gramas de álcool por dia.

Outro fator que pode aumentar o risco de sofrer de câncer depois da menopausa é a obesidade. O índice de massa corporal em qualquer pessoa não deveria passar de 28.5.

Novamente, todos os especialistas concordam sobre importância de adquirir bons hábitos alimentícios, nos quais se aumente o consumo de uma grande variedade de frutas e verduras.

Além disso, é muito importante incluir grãos integrais e reduzir ao máximo a ingestão de carnes vermelhas, assim como o sal.

Por outro lado, é importante aumentar o consumo de peixes, de azeite de oliva virgem, e principalmente, adicionar aos alimentos temperos como o açafrão, o alecrim, o alho e a cebola.

Leia mais: Remédio com açafrão para melhorar a circulação

ser prevenidos

Além disso, fique atento a vírus e algumas bactérias, pois podem aumentar as chances de o organismo contrair algum tipo de câncer.

Esse é o caso do vírus do papiloma humano, que está vinculado diretamente com o câncer de cólon uterino, assim como a bactéria Helicobacter pylori, que aumenta o risco de sofrer câncer de estômago.

Lembre-se!

É importante realizar os exames médicos de rotina e aqueles que o médico recomendar porque, mediante esses exames, pode-se fazer um diagnóstico precoce e começar um tratamento imediato.

Leia mais: 7 sinais precoces de câncer colorretal que não se deve negligenciar

Além do mais, algo que não pode ser menos importante é manter uma atitude positiva perante a vida, não se deixar levar pelos problemas e manter o bom humor sempre.

  • World Cancer Research Fund / American Institute for Cancer Research. (2007). Food, Nutrition, Physical Activity, and the Prevention of Cancer: a gloubal perespective. In: Food, Nutrition, Physical Activity, and the Prevention of Cancer: a Global Perspective. https://doi.org/10.1017/CBO9781107415324.004