Como fazer um peeling facial com aspirina para ter uma pele bonita

· 8 de setembro de 2015
A recomendação é usar o esfoliante à noite, antes de nos deitarmos. Durante os dias posteriores, iremos aplicar um bom protetor solar no rosto, já que a pele estará muito mais sensível.

O peeling facial é um tratamento de beleza muito popular na atualidade, já que através dele podemos limpar e regenerar a pele para diminuir manchas, sardas, cicatrizes ou qualquer alteração que possa afetar o rosto. Você conhece o peeling de aspirina?

Nos centros de estética ou spas, este tipo de procedimento tem um custo elevado, ficando fora do alcance da maioria.

A boa notícia é que não é preciso ser um especialista de beleza, e podemos obter resultados interessantes com ingredientes muito econômicos e tratamentos caseiros.

Então, o que você deve saber antes de fazer um peeling facial?

Para isso é importante preparar a pele nos dias anteriores, para evitar ressecamento e facilitar, assim, a eliminação de impurezas.

Dependendo do tipo de pele de cada um, é normal que a mesma se resseque um pouco, durante e depois do tratamento, já que é parte do processo mediante o qual se eliminam as células mortas que possivelmente estejam acumuladas na pele.

No começo, o melhor é fazer um teste em alguma área pequena do rosto para ter certeza de que não há efeitos colaterais, como sensação de ardor ou coceira. Se este for o caso, o melhor é evitar a sua aplicação e buscar uma alternativa menos agressiva.

Os resultados variam de pele para pele e também segundo os demais cuidados da rotina de beleza individual.

Fazemos, então, um convite para conhecer o peeling facial de aspirina, que pode restaurar e rejuvenescer a pele.

Peeling facial com aspirina para uma pele bonita

aspirina

A aspirina é um dos analgésicos de venda livre mais populares em todo o mundo, utilizado com frequência para tratar doenças comuns como as dores de cabeça, por exemplo.

Este ingrediente oferece muitos benefícios para a pele, já que tem a capacidade de restaurá-la e diminuir muitas das alterações

Isso porque ela tem um alto teor de beta hidroxiácido, ingrediente lipossolúvel utilizado na indústria cosmética para cremes e esfoliantes para renovar a pele, clarear manchas, melhorar o tom e eliminar as células mortas.

Como se fosse pouco, tem uma ação anti-inflamatória que ajuda a combater a acne e prevenir as cicatrizes.

Sendo assim, se você quiser se surpreender com a capacidade deste peeling, siga as instruções abaixo.

Leia também: Máscara facial para um efeito lifting natural surpreendente

Como fazer este peeling facial?

Mulher em banheira fazendo máscara de aspirina

O melhor é fazê-lo à noite para evitar a exposição ao sol, pois é um tratamento muito forte.

Não é recomendado aplicá-lo com muita frequência, já que ele pode reduzir os óleos naturais da pele e causar ressecamento. Deve-se fazê-lo entre duas e três vezes ao mês, pois isso já será suficiente para aproveitá-lo.

Ingredientes

  • 5 aspirinas
  • 2 colheres de mel de abelha (15g)
  • 1 colher de iogurte natural (15g)

Preparo

Triture as aspirinas em um pilão e, em seguida, misture com o mel e o iogurte até obter uma pasta.

Como usar

  • Antes de aplicá-lo, lave bem o rosto e assegure-se de que ele esteja livre de qualquer resquício de maquiagem;
  • Em seguida, molhe uma toalha pequena em água quente, aqueça-a no micro-ondas durante 30 segundos e coloque-a sobre o rosto durante 10 minutos, com a finalidade de abrir bem os poros e conseguir fazer com que a máscara penetre melhor na pele;
  • Seque o rosto e aplique a máscara fazendo uma camada fina; deixe-a agir entre 20 e 30 minutos;
  • Passado o tempo recomendado, retire o produto com água morna e, para terminar, aplique um creme hidratante de sua preferência.

Leia também: 5 dicas para deixar a pele do rosto perfeita

Recomendações finais

Mulher passando peeling de aspirina no rosto

  • No dia seguinte à aplicação do peeling, lembre-se de que é muito importante usar um protetor solar; isso porque a pele estará mais sensível do que o normal;
  • Desde o fim do tratamento e até que seja o momento de aplicá-lo novamente, devemos utilizar produtos que sejam suaves com a pele e que contribuam para a sua regeneração;
  • Com todos os cuidados necessários, os resultados podem ser notados no primeiro mês, conseguindo uma pele mais radiante e renovada;
  • Por suas propriedades e capacidade para melhorar a aparência da pele, ela também pode ser aplicada em outras áreas do corpo como as axilas, cotovelos e joelhos, por exemplo, que costumam se escurecer devido ao acúmulo de impurezas e células mortas.