8 tipos de margaridas e seus cuidados

Você sabia que existe uma grande variedade de espécies de margaridas? Se você quiser tê-las em seu jardim, saiba quais são as mais populares e como cuidar delas. Contaremos tudo em detalhes a seguir.
8 tipos de margaridas e seus cuidados

Última atualização: 27 Janeiro, 2021

Se você está pensando em plantar margaridas em sua varanda ou jardim, não pode perder este artigo. Hoje, contaremos quais são os diferentes tipos de margaridas e como você deve cuidar de cada uma delas para que suas flores tenham uma vida longa e saudável.

As margaridas e os seus cuidados

A margarida é uma das flores mais populares e famosas do mundo. Em muitas séries e filmes, vimos o personagem principal despetalando uma margarida e repetindo o clássico “bem me quer, mal me quer”. No entanto, você sabia que existem espécies diferentes de margaridas?

Na verdade, há mais de 140 espécies diferentes de margaridas. A mais conhecida tem um centro amarelo cercado por muitas pétalas brancas longas. No entanto, você também pode encontrá-la em várias cores, como amarelo, rosa e laranja, entre outras.

Tipos de margaridas e seus cuidados

1. Margarida de Shasta

Margarida de Shasta
Esse tipo de margarida geralmente floresce entre junho e setembro. Embora seu solo deva permanecer úmido, a água parada deve ser evitada.

Costuma ser grande e tem pétalas delicadas. Sua origem está localizada nos Pirineus, tornando-a muito resistente a climas frios e geadas, embora precise de sol para florescer. O período de floração é entre junho e setembro.

Cuidados necessários

  • Use solo fértil e bem drenado.
  • Mantenha o solo úmido, mas sem rega, para garantir que a flor se desenvolva corretamente. As raízes da margarida de Shasta não suportam água parada.
  • Recomenda-se cortar as flores de vez em quando para incentivar o nascimento de flores maiores.
  • Em setembro, quando o estágio de floração terminar, é aconselhável cortar significativamente a folhagem.

Você pode estar interessado em: Pragas e doenças das plantas

2. Echinacea purpurea

Embora sejam semelhantes à margarida de Shasta, destacam-se pelo intenso centro avermelhado com pétalas roxas. Essa flor é facilmente encontrada na América do Norte e em algumas partes da América do Sul e África, onde é possível vê-la atingir um metro ou até mesmo dois metros de altura.

Além disso, vale ressaltar que a echinacea não só é famosa por seu exterior marcante, mas também tem usos medicinais. De fato, é usada como um complemento para aumentar a imunidade e tratar infecções respiratórias.

Cuidados necessários

  • Requer um solo bem drenado, pois o excesso de água a prejudica.
  • Também é importante remover lesmas e caracóis das proximidades devido aos sérios danos que podem causar à planta.

3. Margarida Gerber

Margarida gerber
Este tipo de margarida costuma ser usado em todos os tipos de arranjos de flores. São flores delicadas que requerem cuidados.

Entre os tipos de margaridas, não podemos deixar de mencionar o conhecido como “gérbera”. Você sabia que, na verdade, trata-se de um tipo de margarida? Se você olhar com cuidado, vai notar a semelhança.

As margaridas Gerber costumam ser usadas em buquês de noiva e em todos os tipos de arranjos de flores. Olhando para elas, é fácil saber o porquê: elas são simplesmente lindas! Naturalmente, estas são flores frágeis que exigem dedicação e trabalho.

Cuidados necessários

  • Recomenda-se aplicar uma cobertura morta de elementos nutritivos ao plantá-la. Além disso, você deve transplantá-la durante a primavera para um vaso maior, pelo menos uma vez a cada dois anos, para que a planta continue seu desenvolvimento.
  • Como os tipos de margaridas mencionados acima, as gérberas não suportam excesso de água, embora exijam um solo úmido e bem drenado.

4. Magarza

A magarza também é conhecida como margarida das Canárias devido à sua origem. De fato, nas Ilhas Canárias elas crescem selvagens, embora, é claro, também sejam cultivadas devido à sua grande beleza.

Suas flores se destacam por suas lindas cores que incluem branco, amarelo e rosa, além de suas linhas de pétalas simples ou duplas. De qualquer forma, todos os tipos de magarza requerem cuidados específicos para evitar que murchem.

Além de seu uso ornamental, é possível encontrar preparações fitoterápicas preparadas com margaridas das Canárias, como tônicos estomacais e até remédios para a asma.

Cuidados necessários

  • Precisa da luz solar direta para crescer e florescer.
  • Se forem utilizados vasos, é melhor optar por tamanhos grandes (mais de 40 centímetros).
  • Embora resista bem ao frio (e até ao gelo), desenvolve-se melhor com temperaturas acima de 20 °C.
  • A irrigação deve ser moderada, sem rega, e o solo bem drenado.

5. Rudbeckia

Tipos de margaridas
A rudbeckia é uma das variedades de margaridas mais bonitas devido às suas cores vivas.

Entre os tipos de margaridas, a rudbeckia é uma das mais impressionantes e, seguramente, uma das mais difíceis de classificar a olho nu como margarida.

Distingue-se do tipo clássico por seu centro abaulado de cor bordô com pequenos detalhes de amarelo ou laranja nas extremidades, além de pétalas largas que se estreitam nas pontas. Sua floração ocorre entre junho e outubro.

Cuidados necessários

  • A rudbeckia tolera bem áreas semi-sombreadas, mas recomenda-se a exposição regular ao sol.
  • Como os tipos já mencionados, requer solos bem drenados e, neste caso, recomenda-se irrigação abundante no verão, sem deixar água estagnada no local.

6. Margarida Thymophylla Tenuiloba

É a margarida amarela que conhecemos tão bem, uma flor bonita que exige um cuidado simples. De fato, deve ser uma das melhores espécies de margarida para começar no mundo da jardinagem.

Cuidados necessários

  • A melhor localização para esta planta é sob o sol pleno.
  • A irrigação deve ser suficiente para manter o solo úmido, sem excessos.
  • Se você precisar, é possível usar fertilizantes naturais, sempre em pequenas doses.

7. Margarida Chrysanthemum furtescens

Tipos de margaridas coloridas
Para manter essas flores em perfeitas condições, é importante regá-las bem e fertilizá-las periodicamente.

Mais conhecida como margarida arbustiva, é a planta que requer mais cuidado comparada com as mencionadas acima, pois cresce de maneira um pouco mais descontrolada, exigindo podas regulares.

Cuidados necessários

  • É aconselhável plantá-la em pleno sol.
  • A irrigação deve ser abundante, sem deixar poças.
  • Precisa de fertilizantes periódicos (embora não no verão) para se desenvolver de maneira saudável.
  • Por fim, para evitar que a ela murche, você deve fazer a poda regularmente.

8. Margarida Bellis perennis

Esse tipo de margarida é delicado e seu cuidado difere um pouco do de suas irmãs. É a variedade que costumamos encontrar nos prados, crescendo de forma natural e descontrolada.

Cuidados necessários

  • Estas flores preferem semi-sombra.
  • A irrigação deve ser abundante, especialmente nos meses quentes. No outono e inverno, a rega deve ser espaçada.
  • É importante proteger a planta do vento, pois ela pode danificá-la seriamente.

Por fim, estes são apenas alguns dos tipos de margaridas que você pode encontrar no mercado para decorar a sua casa. Então, anime-se a plantar margaridas e apreciar essas lindas flores. Lembre-se de levar em conta nossas dicas para obter os melhores resultados no seu jardim.

Pode interessar a você...
Um japonês plantou milhares de flores para que sua esposa cega sentisse seu aroma
Melhor Com SaúdeLeia em Melhor Com Saúde
Um japonês plantou milhares de flores para que sua esposa cega sentisse seu aroma

Após perder a visão, a senhora Kuroki se isolou em casa e não queria sair. Seu marido encheu seu jardim de flores para que ela pudesse sentir o seu aroma.